Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 306
Filter
1.
Arq. ciências saúde UNIPAR ; 26(1): 33-45, Jan-Abr. 2022.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1362669

ABSTRACT

Objetivo: Investigar a relação entre o perfil de adesão e barreiras percebidas por estudantes universitários para permanência no Programa de Extensão "Yoga: Awaken ONE". Métodos: Foram realizados dois cortes transversais com universitários da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. O primeiro foi composto por 16 indivíduos e investigou o perfil demográfico, socioeconômico, antropométrico, da aptidão física e da qualidade de vida dos universitários que ingressaram no Programa de Extensão. O segundo visou identificar as barreiras para permanência de 13 estudantes (dentre os 16 iniciais) que haviam se afastado do Programa após quatro meses do início. Resultados: Houve predominância de indivíduos do sexo feminino, dos cursos de graduação em Educação Física e Pedagogia e da classe socioeconômica C. A maioria dos participantes estava com indicadores adequados de gordura corporal. Observou-se grande proporção de indivíduos com indicadores baixos de flexibilidade e força muscular. Para a qualidade de vida, a menor mediana foi observada para o domínio meio ambiente e a maior para o domínio relações sociais. As principais barreiras percebidas para a prática de yoga pelos universitários foram "jornada de estudos extensa" e "jornada de trabalho extensa". Observou-se correlação do perfil sociodemográfico, indicadores de obesidade, variáveis hemodinâmicas, flexibilidade, força muscular e qualidade de vida com barreiras percebidas para permanência no Programa de Extensão universitária "Yoga: Awaken ONE". Conclusões: Estes achados sugerem que o perfil do público universitário pode ser determinante para a permanência ou evasão de programas de promoção de exercícios físicos e precisa ser considerado em propostas de programas de extensão universitária.


Objective: Investigate the relationship between the member adherence profile and barriers perceived by university students to remain in the "Yoga: Awaken ONE" Extension Program. Methods: Two cross-sections were carried out with university students from the Federal University of Recôncavo da Bahia. The first was composed of 16 individuals and investigated the demographic, socioeconomic, anthropometric, physical fitness, and quality of life profile of university students joining the Extension Program. The second aimed at identifying the barriers to remain in the program faced by 13 students (out of the initial 16) who had withdrawn from the Program four months after the beginning. Results: There was a predominance of female individuals, from undergraduate courses in Physical Education and Pedagogy, and from the C socioeconomic class. Most participants had adequate body fat indexes. There was a large proportion of individuals with low flexibility and muscle strength. For quality of life, the lowest median was observed for the environment domain, while the highest could be noted for the social relationship domain. The main barriers perceived for the practice of yoga by university students were "long study hours" and "long work hours". There was a correlation between sociodemographic profile, obesity indicators, hemodynamic variables, flexibility, muscle strength, and QOL with the perceived barriers to stay in the "Yoga: Awaken ONE" university extension program. Conclusions: These findings suggest that the profile of the university audience can be a determinant for the permanence or dropout of programs that promote physical exercise and therefore, it should be taken into consideration in proposals for university extension programs.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Students , Universities/organization & administration , Yoga , Program Evaluation , Quality of Life/psychology , Work Hours , Exercise , Body Mass Index , Adipose Tissue , Student Health , Health Status Indicators , Range of Motion, Articular , Abdominal Fat , Adiposity , Muscle Strength , Arterial Pressure , Obesity/prevention & control
2.
Psicol. USP ; 332022.
Article in Portuguese | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1367239

ABSTRACT

Este estudo de caso mediado pela internet objetivou avaliar possíveis relações entre contação de histórias associada a exercícios de yoga e autorregulação de crianças com transtorno do espectro autista. Para tanto, pais e cuidadores foram instruídos a utilizar vídeos de contação de histórias, vídeos com demonstração de rotinas de exercícios de yoga e formulários de avaliação, totalizando três encontros. Relações entre controle por contingências e governo por regras foram investigadas. Verificamos resultados positivos nos dois casos estudados, um deles mediado pelos pais da criança e outro pela acompanhante terapêutica. Em conclusão, o envolvimento de pessoas de referência no treino de autorregulação demonstrou gerar efeitos positivos no comportamento das crianças e nas relações interpessoais estabelecidas. Estudos futuros poderão se valer do delineamento testado e do material interventivo para alcançar um maior número de crianças com desenvolvimento atípico e típico


This internet-mediated case study aimed to evaluate possible relationships between storytelling associated with yoga exercises and self-regulation of children with Autism Spectrum Disorder. To this end, parents and caregivers were instructed to use storytelling videos, videos with demonstration of yoga exercise routines and evaluation forms in a total of three meetings. Relationships between contingency-shaped and rule-governed behavior were investigated. We found positive results in the two cases studied, one mediated by the child's parents and the other by the therapeutic companion. In conclusion, the involvement of relevant people in self-regulation training has been shown to generate positive effects on children's behavior and also on established interpersonal relationships. Future studies may use the tested design and intervention material to reach a greater number of children with atypical and typical development


Cette étude de cas médiatisée par Internet visait à évaluer les relations possibles entre la narration associée aux exercices de yoga et l'autorégulation d'enfants atteints de troubles du spectre autistique. À cette fin, les parents et les soignants ont été invités à utiliser des vidéos de narration, des vidéos avec démonstration de routines d'exercices de yoga et des formulaires d'évaluation dans un total de trois réunions. Les relations entre les comportements contingents et régis par des règles ont été étudiées. Nous avons trouvé des résultats positifs dans les deux cas étudiés, l'un médiatisé par les parents de l'enfant et l'autre par le compagnon thérapeutique. En conclusion, il a été démontré que l'implication des personnes concernées dans la formation à l'autorégulation a des effets positifs sur le comportement des enfants et sur les relations interpersonnelles établies. Les études futures peuvent utiliser la conception testée et le matériel d'intervention pour atteindre un plus grand nombre d'enfants au développement atypique et typique


Este estudio de caso mediado por Internet tuvo como objetivo evaluar las posibles relaciones entre la narración asociada con los ejercicios de yoga y la autorregulación de los niños con trastorno del espectro autista. Con este fin, se instruyó a los padres y cuidadores a utilizar videos narrativos, videos con demostración de rutinas de ejercicios de yoga y formularios de evaluación en un total de tres reuniones. Se investigaron las relaciones entre el comportamiento en forma de contingencia y el regido por reglas. Encontramos resultados positivos en los dos casos estudiados, uno mediado por los padres del niño y otro por el acompañante terapéutico. En conclusión, se ha demostrado que la participación de personas relevantes en la formación de autorregulación genera efectos positivos en el comportamiento de los niños y también en las relaciones interpersonales establecidas. Los estudios futuros pueden utilizar el diseño probado y el material de intervención para llegar a un mayor número de niños con un desarrollo típico y atípico


Subject(s)
Humans , Male , Female , Child , Yoga , Social Skills , Autism Spectrum Disorder/therapy , Emotional Regulation , Internet-Based Intervention , Literature , Family , Caregivers , Interpersonal Relations
3.
Fisioter. Mov. (Online) ; 35: e35201, 2022. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-1364859

ABSTRACT

Abstract Introduction: Studies have shown the importance of healthy habits in older adults, emphasizing physical activity or mobility for a better quality of life and to delay physical degeneration in this population. Yoga is one of several exercises recommended for therapeutic purposes to reduce the risk of falls, a common occurrence in this age group. Objective: To synthesize the existing evidence regarding the effects of yoga on quality of life and physical-functional capacity and its contribution to fall prevention in older people. Methods: This systematic review was conducted in August 2020 on the Medline/Pubmed, LILACS, SCOPUS, Web of Science and PEDro databases, with no restrictions for language or year of publication. In line with the eligibility criteria, randomized or quasi-randomized clinical trials were included. Results: A total of 1,190 articles were found, 18 of which were included for data collection. The average sample size was between 16 and 120 participants, consisting of older individuals of both sexes ranging in age from 62 to 85 years. Conclusion: Regular yoga practice has a beneficial effect on the quality of life and physical-functional capacity of older adults, thereby contributing to fall prevention. However, evidence is still limited and further studies are suggested to better elucidate the scope of the effects of yoga as a therapeutic resource.


Resumo Introdução: Estudos têm demonstrado a importância dos hábitos saudáveis em idosos, enfatizando a atividade física ou mobilidade como categoria para uma melhor qualidade de vida nas condições orgânicas e retardo da degeneração física nesse grupo populacional. Dentre diversas atividades físicas, o yoga é conhecido como um dos exercícios indicados e utilizados de forma terapêutica, que pode reduzir o risco de quedas, sendo este um evento prevalente nessa faixa etária. Objetivo: Sintetizar as evidências existentes quanto aos efeitos da prática de yoga na qualidade de vida e capacidade físico-funcional que possam contribuir para a prevenção de quedas em idosos. Métodos: Trata-se de uma revisão sistemática, cujas buscas foram realizadas em agosto de 2020 nas bases de dados Medline/Pubmed, LILACS, SCOPUS, Web of Science e PEDro, sem restrições linguísticas ou de ano de publicação. Seguindo os critérios de elegibilidade, foram incluídos estudos do tipo ensaio clínico randomizado ou quase randomizado. Resultados: Foram encontrados 1190 artigos, sendo incluídos 18 para a coleta dos dados, os quais tinham como amostra uma média de 16 a 120 participantes, sendo esses idosos de 62 a 85 anos e de ambos os sexos. Conclusão: A prática regular de yoga promove benefícios sobre a qualidade de vida e capacidade físico-funcional de idosos que contribuem para a prevenção de quedas. No entanto as evidências ainda são limitadas e sugerem-se novos estudos para melhor elucidação da abrangência dos efeitos do yoga como recurso terapêutico.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Middle Aged , Aged , Yoga , Accidental Falls , Healthy Aging , Quality of Life , Exercise
4.
Pensar Prát. (Online) ; 24dez. 2021. Ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1363483

ABSTRACT

O objetivo deste estudo foi avaliar a percepção de crianças e de seus responsáveis quanto aos efeitos de uma prática regular de Yoga realizada na escola. Os resultados foram analisados através da metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC) que construiu, a partir dos depoimentos coletados, grupos de discursos que representaram as experiências vivenciadas pelo coletivo. Segundo os relatos das crianças e dos seus responsáveis, foram percebidas melhoras na calma, na concentração e aumento na qualidade das interações sociais das crianças após as 12 semanas de prática regular de Yoga na escola, porém, consideraram a intervenção de curta duração (AU).


The aim of this study was to assess the perception of children and their guardians regarding the effects of a regular Yoga practice performed at school. The results were analyzed using the Collective Subject Discourse (DSC) methodology that built, from the collected statements, groups of discourses that represented the experiences lived by the collective. According to the reports of the children and their guardians, improvements in calmness, concentration and an increase in the quality of social interactions in the children were noticed after the 12 weeks of regular Yoga practice at school, but considered the intervention to be of short duration (AU).


El objetivo de este estudio fue evaluar la percepción de los niños y sus tutores sobre los efectos de una práctica regular de Yoga realizada en la escuela. Los resultados fueron analizados utilizando la metodología del Discurso Colectivo del Sujeto (DSC) que construyó, a partir de los enunciados recopilados, grupos de discursos que representaron las experiencias vividas por el colectivo. Según los informes de los niños y sus tutores, se notaron mejoras en la calma, concentración y un aumento en la calidad de las interacciones sociales en los niños después de las 12 semanas de práctica regular de Yoga en la escuela, pero consideraron la intervención ser de corta duración (AU).


Subject(s)
Humans , Male , Female , Child , Perception , Schools , Yoga , Social Interaction , Emotions
5.
Enferm. foco (Brasília) ; 12(2): 237-243, set. 2021.
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1291240

ABSTRACT

Objetivo: descrever a utilização da Yoga no apoio ao aleitamento materno, a partir do olhar das nutrizes. Método: trata-se de um estudo exploratório, descritivo com abordagem qualitativa, com dez mulheres lactantes, do município de Niterói - RJ, no período entre maio e setembro de 2018, utilizando-se como ferramenta de produção dos dados a entrevista estruturada, oficina de Yoga e diário de campo. Os dados foram submetidos à análise de discurso na modalidade temática. Resultados: Foram identificadas três categorias: A Yoga como apoio emocional e físico para as mães; A assistência da equipe de saúde, e os significados da vivência durante o processo de parturição e amamentação; e A relação mãe-bebê como base para o bem-estar e segurança materna e continuidade da amamentação. Conclusão: identifica-se a convergência entre Yoga e aleitamento materno, uma vez que os processos fisiológicos e psíquicos se manifestam na saúde do corpo físico, interligados holisticamente. Os sentidos e emoções negativos, relatados no processo de aleitamento, foram minimizados com a utilização da Yoga como recurso terapêutico. (AU)


Objective: Describe the use of Yoga in breastfeeding support, from the perspective of nursing mothers. Methods: This is an exploratory, descriptive study with a qualitative approach, with ten lactating women, from the municipality of Niterói - RJ, in the period between May and September 2018, using the structured interview, workshop as data production tool Yoga and field diary. The data were submitted to discourse analysis in the thematic modality. Results: Three categories were identified: Yoga as emotional and physical support for mothers; The assistance of the health team, and the meanings of the experience during the parturition and breastfeeding process; and The mother-baby relationship as a basis for maternal well-being and continuity of breastfeeding. Conclusion: The convergence between Yoga and breastfeeding is identified, since the physiological and psychic processes are manifested in the health of the physical body, holistically interconnected. The senses and negative emotions, reported in the breastfeeding process were minimized with the use of yoga as a therapeutic resource. (AU)


Objetivo: Describir el uso del Yoga en apoyo de la lactancia materna, desde la perspectiva de las madres lactantes. Métodos: Se trata de un estudio exploratorio descriptivo con enfoque cualitativo, con diez mujeres lactantes, del municipio de Niterói - RJ, en el período comprendido entre mayo y septiembre de 2018, utilizando la entrevista estructurada, el taller como herramienta de producción de datos. Yoga y diario de campo. Los datos fueron sometidos a análisis del discurso en la modalidad temática. Resultados: Se identificaron tres categorías: Yoga como apoyo emocional y físico para las madres; La asistencia del equipo de salud y los significados de la experiencia durante el parto y el proceso de lactancia materna; y La relación madre-bebé como base para el bienestar materno y la seguridad y continuidad de la lactancia materna. Conclusión: Se identifica la convergencia entre el yoga y la lactancia, ya que los procesos fisiológicos y psíquicos se manifiestan en la salud del cuerpo físico, interconectados holísticamente. Los sentidos y las emociones negativas, informados en el proceso de lactancia, se redujeron al mínimo con el uso del yoga como recurso terapéutico. (AU)


Subject(s)
Nursing , Therapeutics , Yoga , Complementary Therapies , Breast Feeding
6.
Ciênc. Saúde Colet ; 26(2): 711-720, fev. 2021.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1153791

ABSTRACT

Resumo O presente artigo tem como objetivo interpretar valores e princípios éticos da tradição do yoga e discuti-los visando possíveis contribuições para a atenção psicossocial na Atenção Primária à Saúde (APS). Foi realizado um estudo teórico-hermenêutico, em que conceitos presentes na escritura Yoga Sutra de Patañjali foram interpretados sob o enquadramento da saúde mental. Constatou-se que os valores encontrados na escritura podem enriquecer as práticas de yoga atualmente existentes voltadas para os usuários da APS (que sofrem com aflições inerentes à vida) ao fornecerem ideias e diretrizes que favorecem um sentido de libertação do sofrimento. Tais valores e princípios éticos podem ser incorporados às discussões presentes na APS e na atenção psicossocial, como redução da iatrogenia e da medicalização desnecessária (prevenção quaternária), relativização do poder biomédico, estímulo ao exercício da empatia e da participação dos usuários nos cuidados, com seu reposicionamento subjetivo, pluralizando formas autônomas de manejo do sofrimento e construindo redes de apoio psicossocial. Concluiu-se que os valores do Yoga Sutra podem estar presentes em diversos âmbitos da APS, o que daria um entendimento expandido sobre o que significa uma "prática de yoga".


Abstract The scope of this article is to interpret ethical values and principles of the yoga tradition and discuss them with a view to possible contributions to psychosocial care in Primary Health Care (PHC). A theoretical-hermeneutic study was conducted, in which concepts contained in the Yoga Sutras of Patañjali were interpreted from the standpoint of mental health. It was revealed that the values found in the texts can enrich the existing practices of yoga for PHC users (who suffer from afflictions inherent to life) by providing ideas and guidelines that promote a sense of liberation from suffering. Such values and ethical principles can be incorporated into the discussions in PHC and psychosocial care, such as the reduction of iatrogenic disorders and unnecessary medication (quaternary prevention). It can also contribute to the relativization of biomedical power, stimulation of empathy and participation of users in care, with their subjective repositioning, multiplying autonomous ways of managing suffering and building networks of psychosocial support. The conclusion drawn was that the values of the Yoga Sutras may be present in various domains of PHC, which might provide a broader understanding of what 'the practice of yoga' means.


Subject(s)
Humans , Yoga , Psychiatric Rehabilitation , Primary Health Care , Mental Health , Hermeneutics
7.
In. Sousa, Islândia Carvalho; Guimarães, Maria Beatriz; Gallego Pérez, Daniel F. Experiências e reflexões sobre medicinas tradicionais, complementares e integrativas em sistemas de saúde nas Américas / Experiencias y reflexiones sobre medicinas tradicionales, complementarias e integradoras en los sistemas de salud de las Américas. Recife, Fiocruz/PE;ObservaPICS, 2021. p.129-146, tab.
Monography in Portuguese | MTYCI, LILACS, MTYCI | ID: biblio-1151984

ABSTRACT

Trata-se de um estudo exploratório e analítico de abordagem quantitativa, realizado no Serviço Integrado de Saúde (SIS), no período de junho a novembro de 2014. O SIS é um serviço público de saúde que funciona como Unidade de Referência em Práticas Integrativas e Complementares, como Programa de Extensão da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e como Núcleo Comunitário de Cultura, Comunicação e Saúde, uma parceria entre UFPE e a Secretaria Municipal de Saúde do Recife. Foi implantado no início de 2013 e é referência em Práticas Integrativas para a rede de saúde do município de Recife-PE, principalmente para as Unidades de Saúde da Família. O serviço conta com aproximadamente 23 profissionais de diversas áreas: Terapia Comunitária, Tai Chi Chuan, Lian Gong, Automassagem, Aromoterapia, Flexibilidade, Bioenergética, Yoga, Biodança, Dança Circular, Psicomotricidade Relacional para jovens, Constelação Familiar e Arte Terapia para mulheres; Terapias individuais (Nutrição em alimentação saudável, Auriculoacupuntura, Osteopatia e Terapia do crânio­sacral) e outros programas terapêuticos (Programa Saúde da Coluna, Programa Saúde da Voz e Programa de Arte Terapia para problemas de obesidade).


Subject(s)
Quality of Life , Yoga , Tai Ji , Complementary Therapies , Brazil , Health Policy
8.
Movimento (Porto Alegre) ; 27: e27062, 2021. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1356526

ABSTRACT

Resumo Apesar da relativa relevância social da ioga no Brasil, há poucos trabalhos acadêmicos sobre a sua história. A maior parte do material disponível sobre o assunto foi produzido por praticantes, com caráter memorialístico, em fontes frequentemente dispersas. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho foi analisar a história da ioga no Brasil por meio de jornais e revistas disponíveis no acervo digital da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. Essas fontes indicam que a difusão e a prática da ioga no país se iniciaram antes de 1950, período geralmente apontado como marco para esse processo. Além disso, as ambiguidades que marcam os significados dessa prática no Brasil, tal como acontece em vários outros países, são produtos da própria maneira como evoluiu historicamente seu processo de difusão e recepção.


Abstract Despite the relative social relevance of yoga in Brazil, there are few academic works on its history. Most of the material available was produced by practitioners, often dispersed and from a memorialistic approach. In this context, this work analyzes the history of yoga in Brazil through newspapers and magazines available in the collection of Rio de Janeiro's National Library. These sources indicate that the spread and practice of yoga in the country began before 1950, a period often seen as a milestone in that process. In addition, the ambiguities that mark the meanings of this practice in Brazil, as happens in several other countries, are products of the way in which the process of spread and reception evolved historically.


Resumen A pesar de la relativa relevancia social del yoga en Brasil, existen pocos trabajos académicos sobre su historia. La mayor parte del material disponible sobre el tema fue elaborado por personas que lo practican, con un carácter memorialístico, en fuentes frecuentemente dispersas. En ese contexto, el objetivo de este trabajo fue analizar la historia del yoga en Brasil a través de periódicos y revistas disponibles en el acervo digital de la Biblioteca Nacional de Río de Janeiro. Esas fuentes indican que la difusión y la práctica del yoga en el país se iniciaron antes de 1950, periodo generalmente identificado como marco de este proceso. Además, las ambigüedades que marcan los significados de esta práctica en Brasil, tal como ocurre en varios otros países, son producto de la forma misma en que históricamente ha evolucionado su proceso de difusión y recepción.


Subject(s)
Humans , Male , Female , History, 20th Century , Yoga , Brazil , History
9.
Horiz. enferm ; 32(1): 15-27, 2021. tab, ilus
Article in Spanish | LILACS, BDENF | ID: biblio-1224692

ABSTRACT

OBJETIVO: Determinar la efectividad de un programa de yoga sobre la flexibilidad y el equilibrio de la población adulta mayor de la fundación EMTEL, centro vida sur de Popayán Colombia. METODOLOGÍA: Estudio de Enfoque cuantitativo, de diseño cuasi-experimental, de corte longitudinal y de tipo prospectivo. El estudio se realizó con 18 adultos mayores a quienes se evaluó la flexibilidad y el equilibrio antes y después del programa de yoga ejecutado durante 10 semanas. Para el análisis de datos se utilizó SPSS 23.0. Se aplicó estadística descriptiva e inferencial por medio de las pruebas de Wilcoxon y t-students según resultado de la prueba de normalidad Shapiro Wilks. RESULTADOS: Las pruebas que demostraron significancia estadística fueron chair-sit and reach-test (p=0.005) y foot up-and-go test (p=0,000). CONCLUSIÓN: Este estudio comprobó que el programa de yoga es efectivo para la mejora de la flexibilidad del miembro inferior y el equilibrio dinámico, permitiendo un mejoramiento en la funcionalidad del adulto mayor.


INTRODUCTION: The eldest adult is a vulnerable population whose functionalityis affected, largely by the aging process and lifestyles, so it is necessary to generate programs that improve the physical condition of this population, such as yoga. OBJECTIVE: To determine the effectiveness of a yoga program on the flexibility and balance of the eldest adult population of the Foundation of the Telecommunications Company of Popayán Centro Vida Sur, Colombia. METHODOLOGY: Study of quantitative approach, quasi-experimental design, longitudinal cutting and prospective type. The study universe consisted of 86 older adults, of whom a non-probablist sample was determined at convenience with 18 older adults who were assessed for flexibility and balance before and after the yoga program executed for 10 weeks. SPSS 23.0 was used for data analysis. Descriptive and inferential statistics were applied through Wilcoxon and t-students tests as a result of the Shapiro Wilks normality test. RESULTS: Tests that demonstrated statistical significance were chair-sit and reach-test (p=0.005) and foot up-and-go test (p=0.000). CONCLUSION: It was found in the study that the yoga program is effective for improving lower limb flexibility and dynamic balance, allowing an improvement in the functionality of the older adult.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Middle Aged , Aged , Aged, 80 and over , Yoga , Range of Motion, Articular/physiology , Postural Balance/physiology , Exercise Therapy/methods , Quality of Life , Aging/physiology , Longitudinal Studies , Colombia
10.
Evid. actual. práct. ambul ; 24(2): e002071, 2021. tab
Article in Spanish | LILACS | ID: biblio-1254939

ABSTRACT

Ante un escenario clínico de coxalgia por artrosis de cadera se planteó la necesidad de conocer los tratamientos con-servadores más seguros y efectivos para el manejo del dolor. El tratamiento de la artrosis requiere un enfoque integral e individualizado en función de las preferencias del paciente para lograr el máximo beneficio clínico. Existen numerosas estrategias útiles para el manejo del dolor en pacientes con artrosis de cadera siendo fuertemente recomendados de inicio la actividad física, los antiinflamatorios no esteroideos (AINE) orales y en ciertos casos los corticoides intraarticulares, tramadol o duloxetina, siempre asociado con la actividad física. Los ejercicios más recomendados son los aeróbicos y el Tai Chi o yoga. (AU)


Faced with a clinical scenario of coxalgia due to hip osteoarthritis, the need to know the safest and most effective conservative treatments for pain management arose. The treatment of osteoarthritis requires a comprehensive and individualised approach based on the patient's preferences to achieve maximum clinical benefit. There are numerous useful strategies for pain management in patients with hip osteoarthritis being strongly recommended from the beginning such as physical activity, oral non-steroidal anti-inflammatory drugs (NSAID) and in certain cases intra-articular corticosteroids, tramadol or duloxetine, always associated with physical activity. The most recommended exercises are aerobics and Tai Chi or yoga. (AU)


Subject(s)
Humans , Female , Aged, 80 and over , Osteoarthritis, Hip/drug therapy , Osteoarthritis, Hip/therapy , Conservative Treatment/methods , Pain , Tramadol/therapeutic use , Yoga , Exercise , Osteoarthritis, Hip/diagnostic imaging , Anti-Inflammatory Agents, Non-Steroidal/therapeutic use , Adrenal Cortex Hormones/therapeutic use , Tai Ji , Pain Management/methods , Duloxetine Hydrochloride/therapeutic use , Muscle Rigidity
11.
Braz. dent. sci ; 24(4): 1-8, 2021. tab, ilus
Article in English | LILACS, BBO | ID: biblio-1337541

ABSTRACT

Objective: Sustained practice of Yoga leads to self-awareness, physical strength and high sense of energy. Yoga stimulates antioxidant levels in the body and reduces likelihood of dental disorders. No research has been undertaken connecting perception on yoga and oral health behaviors. The present study is an attempt to develop a psychometric scale entitled Perceived Benefits on Yoga Scale (PBYS) to measure individuals' perception on Yoga in relation to oral health behaviors. Material and methods: The psychometric tool was developed based on the concepts of Health Benefit Model (HBM). Among the four components of the model, the present study considered "perceived benefits" component. A total of 206 individuals participated in the study. To analyze the scale theoretically, face and content validity were assessed. Reliability of the scale was tested using Cronbach's alpha and Spearman-Brown coefficient. Using exploratory and confirmatory factor analysis, construct validity was tested. Cronbach alpha and Spearman- Brown coefficient were applied to test the reliability of scale. Results: There were six items in the final scale, with a Spearman- Brown coefficient of 0.92 and Cronbach's alpha of 0.91. Statistically significant (p < 0.001) positive correlation was found between POBYS scores and Yoga Self-Efficacy Scale (YSES). Validity of scale is within accepted range as indicated by Goodness of Fit indices. Conclusion: POBYS is a reliable and valid measure of perception on yoga outcomes with specific reference to oral health behavior. (AU)


Objetivo: A prática continua de Yoga leva ao autoconhecimento, força física e a sensação de energia elevada. O yoga estimula os níveis de antioxidantes no corpo e reduz a probabilidade de desordens dentais. Nenhuma pesquisa foi realizada conectando a percepção sobre o yoga e os comportamentos da saúde bucal. O presente estudo é uma tentativa de desenvolver uma escala psicométrica intitulada Escala de Benefícios Percebidos no Yoga (PBYS) para medir a percepção dos indivíduos sobre o Yoga em relação aos comportamentos da saúde bucal. Material e Métodos: A ferramenta psicométrica foi desenvolvida com base nos conceitos do Modelo de Benefícios à Saúde (HBM). Dentre os quatro componentes do modelo, o presente estudo considerou o componente "benefícios percebidos". Participaram do estudo 206 indivíduos. Para analisar teoricamente a escala, foram avaliadas a validade de face e de conteúdo. A confiabilidade da escala foi testada usando o alfa de Cronbach e o coeficiente de Spearman-Brown. Usando análise fatorial exploratória e confirmatória, a validade do construto foi testada. O alfa de Cronbach e o coeficiente de Spearman-Brown foram aplicados para testar a confiabilidade da escala. Resultados: Havia seis itens na escala final, com coeficiente de Spearman-Brown de 0,92 e alfa de Cronbach de 0,91. Estatisticamente significativo (p <0,001) foi encontrada correlação positiva entre os escores do PBYS e a Escala de Autoeficácia do Yoga (YSES). A validade da escala está dentro da faixa de aceitabilidade conforme indicado pelos índices de Goodness of Fit. Conclusão: PBYS é uma medida confiável e válida de percepção sobre os resultados do yoga com referência específica ao comportamento de saúde bucal. (AU)


Subject(s)
Humans , Yoga , Oral Health , Factor Analysis, Statistical
13.
Rev. Psicol., Divers. Saúde ; 9(3): 374-387, Nov. 2020. tab
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1255288

ABSTRACT

Na gestação, a mulher está suscetível a diversos fatores que geram estresse recorrente. Tais fatores, descritos como estressores, são considerados disparadores de sintomas de angústia que, eventualmente, evoluem para quadros de ansiedade e depressão (pré e pós-parto), e mesmo respostas orgânicas, como a elevação das taxas de biomarcadores do estresse como o cortisol, o de maior abundância. O yoga foi apontado como benéfico para o sistema hipotálamo-pituitária-adrenal (HPA), repercutindo no Sistema Nervoso Autônomo (SNA), com consequente melhora na saúde física e mental. Assim, o objetivo deste estudo foi identificar e sistematizar o conhecimento produzido pela literatura científica acerca dos efeitos do yoga sobre o estresse em mulheres grávidas. Para tanto, foi desenvolvida uma revisão integrativa de conteúdos, em artigos da base de dados do Sistema Online de Busca e Análise de Literatura Médica (MEDLINE), no período de 2012 a 2019. Mediante a busca em descritores ­ yoga; gravidez; pregnancy; stress ­ chegou-se a 124 estudos, entre os quais, 13 deles obedeciam aos critérios de inclusão para serem revisados. Depois das análises, os desfechos das intervenções com yoga foram categorizados enquanto efeitos primários e secundários, os primeiros refletindo os sintomas do estresse na gestação e os secundários representando os seus efeitos no que tange a dor e desconforto na gestação e parto e marcadores de saúde do recém-nascido. Conclusão: o yoga no pré-natal de gestantes foi considerado eficaz e os benefícios levantados colocam-na como uma estratégia que pode ser prescrita, tanto de forma preventiva como complementar no tratamento dos sintomas do estresse na gestação. Acrescenta-se que, tendo em vista os impactos psicológicos do surto pandêmico do Covid-19, na atualidade, a prática de yoga pode ser uma importante ferramenta para o cuidado da saúde mental de gestantes neste período.


During pregnancy, women are susceptible to several factors that generate recurrent stress. Such factors, described as stressors, are considered triggers of distress symptoms that eventually develop into anxiety and depression (pre and postpartum) and even organic responses, such as increased rates of stress biomarkers like cortisol, the most abundant. Yoga was indicated as beneficial to the hypothalamus-pituitary-adrenal system (HPA), affecting the Autonomic Nervous System (ANS), with consequent improvement in physical and mental health. Thereby, the aim of this study was to identify and systematize the knowledge produced by literature on the effects of yoga practice by pregnant women on prenatal stress. To this end, an integrative content review was developed in articles from the database of the Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE), from 2012 to 2019. Through the search on descriptors - yoga; pregnancy; pregnancy; stress - 124 studies were obtained, among which, 13 of them met the inclusion criteria to be reviewed. After the analyzes, the outcomes of the yoga interventions were categorized as primary and secondary effects, the primary reflecting the symptoms of stress during pregnancy and the secondary representing their effects with respect to pain and discomfort during pregnancy and childbirth and health markers of the newborn. Conclusion: prenatal yoga for pregnant women is considered effective and its benefits place it as an strategy that can be prescribed, both in a preventive and complementary way in the treatment of symptoms and mood disorders during pregnancy. It should be added that, in view of the psychological impacts of the Covid-19 pandemic outbreak, today, the practice of yoga can be an important tool for the mental health care of pregnant women.


Subject(s)
Yoga , Stress, Psychological , Pregnancy
14.
An. Fac. Cienc. Méd. (Asunción) ; 53(2): 137-144, 20200800.
Article in Spanish | LILACS | ID: biblio-1119618

ABSTRACT

El Yoga es una forma de ejercicio físico no convencional, es una técnica milenaria que posee tres componentes esenciales: elongaciones musculares, ejercicios para el control de la respiración y meditación para una intervención mente-cuerpo. Esta modalidad de ejercicio físico tiene una particularidad, que, por su mirada holística, hace interesante y llamativa. El objetivo de esta revisión fue buscar evidencia que apoye al Yoga para su utilidad en beneficio de la salud de las personas. Esta fue una revisión narrativa, no sistemática, centrada en literatura primaria, seleccionada de una búsqueda en las bases de datos PubMed y SciELO. Los términos clave que se utilizaron para la búsqueda y selección fueron: "Yoga y ejercicio físico", "Yoga y salud física", "Yoga y salud mental". Se extrajo literatura secundaria (libros y capitulo de libros, hecho por expertos) para complementar a la literatura primaria y contribuir aún más para la investigación. Todos los autores participaron de la investigación y revisión de la literatura. Concluyeron que existe evidencia que apoya la utilidad del Yoga para el beneficio de la salud de las personas, aunque aún es limitada, debido a paradigmas aún existentes sobre conceptos de salud que limitan el diseño metodológico de muchos estudios referentes al tema.


Yoga is an unconventional form of physical exercise, it is an ancient technique that has three essential components: muscle stretching, exercises to control breathing and meditation for a mind-body intervention. This type of physical exercise has a particularity for its holistic look which makes it interesting and striking. The objective of this review was to search for evidence that supports Yoga for its usefulness for the benefit of people's health. This was a narrative, non-systematic review, focused on primary literature, selected from a search of the PubMed and SciELO databases. The key terms used for the search and selection were: "Yoga and physical exercise", "Yoga and physical health", "Yoga and mental health". Secondary literature (books and book chapter, made by experts) was extracted to complement the primary literature and further contribute to the research. All authors participated in the research and literature review. They concluded that there is evidence that supports the usefulness of Yoga for the benefit of people's health, although it is still limited, due to still existing paradigms on health concepts that limit the methodological design of many studies on the subject.


Subject(s)
Yoga , Yoga/history
15.
Brasília; Fiocruz Brasília;Instituto de Saúde de São Paulo; jun. 16, 2020. 15 p.
Non-conventional in Portuguese | ColecionaSUS, LILACS, ColecionaSUS, MTYCI, PIE | ID: biblio-1118205

ABSTRACT

O yoga caracteriza-se como uma prática integrativa de origem oriental que combina posições corporais, técnicas de respiração, meditação e relaxamento. É indicada no tratamento de sistemas musculoesquelético, endócrino, respiratório, além de outros agravos à saúde, e estimula as funções cognitivas. Há evidências de que o yoga pode ser uma alternativa para auxiliar na cessação do tabagismo. Qual a eficácia e a segurança do yoga no controle do tabagismo em adultos e/ou idosos? As buscas foram realizadas em sete base de dados sem restrição de ano de publicação. Foram incluídas revisões sistemáticas em inglês, português e espanhol que avaliaram os efeitos da tecnologia no tratamento do tabagismo em população adulta e idosa. A avaliação da qualidade metodológica foi realizada por uma profissional e revisada por outra, utilizando-se a ferramenta AMSTAR 2. Nesta revisão rápida, produzida em três dias, foram utilizados atalhos metodológicos, de maneira que apenas o processo de seleção foi realizado em duplicidade e de forma independente. De 33 revisões sistemáticas recuperadas nas bases de dados, três atenderam aos critérios de elegibilidade e foram incluídas. A avaliação da qualidade metodológica indica que essas revisões são de qualidade criticamente baixa. As revisões apresentaram resultados sobre o uso de yoga no controle do tabagismo, incluindo as categorias hatha yoga e yoga vinyasa. O uso de hatha yoga e yoga vinyasa como método único ou associado a Terapia Cognitivo-Comportamental mostrou efeito na redução e cessação do desejo de fumar, na abstinência de fumar, no estágio de prontidão para mudanças e no estado de humor dos participantes dos estudos. No entanto, esses resultados têm como base ensaios clínicos únicos e com número reduzido de participantes. Uma revisão relatou sobre a segurança daprática de yoga, mostrando a não ocorrência de eventos adversos. As modalidades de hatha yoga e yoga vinyasa mostraram efeitos positivos para o controle do tabagismo com relação ao desejo de fumar, abstinência, estágio de prontidão para mudanças e humor. Os resultados são baseados em poucos ensaios clínicos. A segurança da prática de yoga foi pouco investigada. Além disso, esses achados devem ser interpretados com cautela, visto que a confiança nos resultados das revisões foi considerada criticamente baixa na avaliação da qualidade metodológica. Há necessidade de mais estudos, com qualidade metodológica adequada, para afirmar sobre a eficácia da prática de yoga no controle do tabagismo.


Subject(s)
Humans , Adult , Middle Aged , Aged , Tobacco Use Disorder/prevention & control , Yoga , Treatment Outcome , Smoking Cessation
16.
Brasília; Fiocruz Brasília;Instituto de Saúde de São Paulo; maio 12, 2020. 12 p.
Non-conventional in Portuguese | ColecionaSUS, LILACS, ColecionaSUS, MTYCI, PIE | ID: biblio-1118204

ABSTRACT

O yoga caracteriza-se como uma prática integrativa de origem oriental que combina posições corporais, técnicas de respiração, meditação e relaxamento. É indicada no tratamento de sistemas musculoesquelético, endócrino, respiratório, além de outros agravos à saúde, e estimula as funções cognitivas. Qual é a eficácia/efetividade e a segurança do yoga para tratamento da obesidade em adultos e/ou idosos? As buscas foram realizadas em sete bases de dados sem restrição de ano de publicação. Foram incluídas revisões sistemáticas em inglês, português e espanhol que avaliaram o efeito da tecnologia no tratamento da obesidade na população adulta e idosa. A avaliação da qualidade metodológica foi realizada por meio do AMSTAR 2, feita por uma pesquisadora e revisada por outra. Nesta revisão rápida, produzida em três dias, foram utilizados atalhos metodológicos, de maneira que apenas o processo de seleção foi realizado em duplicidade e de forma independente. Dos 56 relatos encontrados nas bases, foi incluída apenas uma revisão sistemática com metanálise que atendeu aos critérios de elegibilidade. A avaliação da qualidade indicou que a revisão é de qualidade metodológica moderada. A revisão apresentou resultados sobre o uso de yoga no controle peso, gordura corporal, e redução de Índice de Massa Corporal (IMC) e circunferência de cintura em pessoas com sobrepeso ou obesidade. Houve falta de informação sobre a segurança da prática de yoga. O yoga mostrou efeito somente na redução do IMC. Os resultados encontrados foram favoráveis à prática de yoga para redução do IMC. Cabe ressaltar que os resultados foram baseados em uma única revisão sistemática que foi avaliada como de qualidade metodológica moderada. Não houve relatos sobre eventos adversos, o que não permite tecer considerações sobre a segurança do uso dessa tecnologia em pacientes obesos e com sobrepeso.


Subject(s)
Humans , Adult , Middle Aged , Aged , Yoga , Treatment Outcome , Overweight/therapy , Obesity Management
17.
Pensar Prát. (Online) ; 2317/04/2020.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1141577

ABSTRACT

Este artigo pretende analisar a presença da religiosidade em aulas de yoga ofertadas pelo serviço público de saúde na cidade de Vitória. O trabalho de campo teve duração de um ano e sete meses e acompanhou duas turmas, constituindo-se por uma pesquisa qualitativa em que foram utilizados os seguintes instrumentos metodológicos: ob- servação participante, entrevistas semiestruturadas, aplicação de ques- tionário e formulação de diários de campo. Assim, identificamos que as aulas de yoga tinham uma conotação em que os aspectos religiosos eram sua marca identitária, conformando-se em uma ascese contem- porânea própria de processos ambivalentes e mostrando-se como uma prática exemplar dos processos de hibridização cultural.


This paper intends to analyze the presence of religiosity discourses in yoga classes at the public health service in Vitória/ES (Brazil). Field research lasted a year and seven months and followed two yoga groups, constituting a qualitative research in which are used the following methodological instruments: semi-structured interviews, participant observation, surveys and formulation of field diaries. It was identified a particular connotation on yoga classes, where religious aspects were their identity mark, conforming a contemporary ascetism which is part of an ambivalent processes and showing this corporal practice as an example of a cultural hybridization processes.


Este artículo pretende analizar la presencia de la religiosidad en clases de yoga ofrecidas por el servicio público de salud en la ciudad de Vitória/ES (Brasil). El trabajo de campo tuvo una duración de un año y siete meses y acompañó a dos grupos, constituyéndose de una investigación cualitativa en que fueron utilizados los siguientes instrumentos metodológicos: observaciones participantes, entrevistas semiestructuradas, aplicación de encuestas y formulación de diarios de campo. Identificamos que las clases de yoga tenían una connotación en que los aspectos religiosos eran su marca identitaria, conformándose en un ascetismo contemporáneo propio de procesos ambivalentes y mostrándose como una práctica ejemplar de los procesos de hibridación cultural.


Subject(s)
Humans , Female , Adult , Middle Aged , Physical Education and Training , Yoga , Religious Personnel , Health Services , Exercise , Human Body
18.
Interface (Botucatu, Online) ; 24: e200180, 2020.
Article in Portuguese | SES-SP, LILACS, SES-SP | ID: biblio-1143125

ABSTRACT

O yoga partiu do Oriente e foi apropriado pelo Ocidente, transita entre a tradição e a pesquisa, intersecta a Ciência e a Religião, oscilando entre o profano e o sagrado. Vem deixando para trás a invisibilidade social para se tornar uma prática comum. Pode ser compreendido como escola filosófica e, ao mesmo tempo, uma prática mente-corpo reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) delineando, assim, zonas de contato e fronteiras simbólicas com vários campos do saber. Na contemporaneidade vem sendo discutido nas áreas das Ciências Sociais e Humanas. Este artigo ensaístico traz reflexões sobre como o yoga vem sendo abordado pelos campos da Saúde, Religião, Filosofia, Arte, Educação, Antropologia e Sociologia, e discute o desenvolvimento do yoga como objeto de fronteiras.(AU)


El yoga partió de Oriente y fue apropiado por Occidente, transita entre la tradición y la investigación, realiza una intersección entre la ciencia y la religión, oscilando entre lo profano y lo sagrado. Ha dejado para atrás la invisibilidad social para convertirse en una práctica común. Puede comprenderse como escuela filosófica y, al mismo tiempo, una práctica mente-cuerpo reconocida por la Organización Mundial de la Salud, delineando de esa forma zonas de contacto y fronteras simbólicas con varios campos del saber. En la contemporaneidad se ha discutido en las áreas de las ciencias sociales y humanas. Este artículo ensayístico brinda reflexiones sobre cómo el yoga ha sido abordado por los campos de la salud, religión, filosofía, arte, educación, antropología y sociología y discute el desarrollo del yoga como objeto de fronteras.(AU)


Yoga originated in the East and was appropriated by the West. It transits between tradition and research, intersects science and religion, oscillating among the profane and the sacred. It has morphed from social invisibility into a mainstream practice. It can be comprehended as a philosophical school, as well as a mind-body practice recognized by the World Health Organization, generating contact zones and symbolic frontiers with different fields of knowledge. In contemporary times it is discussed by the social and human sciences. This essay offers reflections on how yoga has been approached by the fields of health, religion, philosophy, art, education, anthropology and sociology, and discusses the development of yoga as an object of boundaries.(AU)


Subject(s)
Humans , Yoga , Health Knowledge, Attitudes, Practice , Education , Complementary Therapies/trends
19.
Brasília; Ministério da Saúde; 2020. 14 p. (Informe sobre evidências clínicas das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, 2020, 01).
Monography in Portuguese | MTYCI, LILACS, MTYCI | ID: biblio-1103488

ABSTRACT

As Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS), denominadas como Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas (MTCI) pela Organização Mundial de Saúde (OMS), foram instituídas por meio da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS (PNPIC), em maio de 2006. Estas práticas são transversais em suas ações no Sistema Único de Saúde (SUS) e estão presentes em todos os pontos da Rede de Atenção à Saúde (RAS), prioritariamente na Atenção Primária à Saúde (APS), com grande potencial de atuação em rede. As PICS são ferramentas terapêuticas potentes quando aliadas ao tratamento complementar de diversas condições crônicas. Além disso, são abordagens que ampliam o olhar dos profissionais sobre o processo saúde e doença e sobre as ofertas terapêuticas de cuidado à população. Nesse contexto, as PICS são importantes aliadas, contribuindo para a promoção, prevenção e reabilitação da saúde e manejo clínico das doenças crônicas, potencializando o projeto terapêutico singular por meio de seus benefícios. Considerando a necessidade de ampliar a resolutividade do cuidado a partir de práticas seguras, eficazes e socialmente sustentáveis, este documento tem por objetivo divulgar as evidências científicas no campo das PICS de forma a apoiar os gestores na tomada de decisão, para as condições de obesidade e diabetes mellitus. Neste contexto, evidências científicas de alto grau metodológico apontam que as PICS possuem eficácia no tratamento de indivíduos com DM. A prática do yoga auxilia na melhora dos resultados glicêmicos e de outros fatores de risco da DM. A meditação tem efeito indireto sobre a redução da hemoglobina glicada (HbA1c), além de melhorar os efeitos psicológicos que perpassam as várias condições crônicas de saúde, incluindo a DM.


Subject(s)
Humans , Complementary Therapies , Mind-Body Therapies , Diabetes Mellitus/prevention & control , Obesity/prevention & control , Obesity/therapy , Yoga , Meditation , Tai Ji , Acupuncture , Diabetes Mellitus/therapy , Obesity Management , Medicine, Chinese Traditional
20.
São Paulo; s.n; 2020. 24 p.
Monography in Portuguese | MTYCI, LILACS, MTYCI | ID: biblio-1117431

ABSTRACT

O Mapa sobre a efetividade clínica da prática do Yoga é parte de uma série de Mapas de Evidências sobre aplicação clínica das Práticas Integrativas e Complementares da Saúde (PICS) que estão na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), e tem como objetivo fornecer uma visualização fácil de informações valiosas para pacientes, profissionais de saúde e gerentes, a fim de promover PICS baseadas em evidências. Método: a partir de uma ampla busca bibliográfica nas bases de dados da BVS e PubMed de estudos publicados de janeiro de 2005 até novembro de 2019 e, com expressões de busca pré-definidas, foram incluídas no mapa revisões sistemáticas e metanálises de ensaios clínicos e estudos observacionais, que foram devidamente avaliados, caracterizados e categorizados. Principais Achados: ● O mapa é baseado em 149 estudos. Oitenta e dois estudos são revisões sistemáticas e 58 são metanálises. A maioria das revisões foi publicada nos anos 2016 a 2019. ● A maioria dos estudos primários incluídos nas revisões está concentrada nos seguintes países: Índia (82), Estados Unidos (78) e Austrália (33). ● A intervenção mais pesquisada foi Ashtanga Yoga (93) e em seguida a intervenção Hatha Yoga (77), Iyengar Yoga (72) e Yoga não especificado (64) sendo investigadas como intervenções para vários desfechos em saúde. ● Os estudos foram analisados com base no AMSTAR, resultando nos seguintes níveis de confiança: alto (24), moderado (69) e baixo (56). ● Os efeitos foram classificados em: positivos (90); potencial positivo (19) inconclusivos/misturados (23); sem efeitos (17). Não foram encontrados efeitos negativos. ● Os resultados foram divididos em 3 grupos principais: Vitalidade, Bem-Estar e Qualidade de Vida; Indicadores Metabólicos e Fisiológicos; Transtornos Mentais; ● Os desfechos mais comuns foram: qualidade de vida (24); depressão (22), transtornos de ansiedade (16) e pressão arterial (13). Implicações para a prática e pesquisa: ● Efeitos positivos apresentados foram relacionados principalmente a prática de Hatha Yoga, Iyengar Yoga, Yoga não especificado e Pranayama associado a outras Práticas, destacando como desfechos principais qualidade de vida, depressão e pressão arterial; ● Efeitos do tipo inconclusivo/misturado merecem mais pesquisas, principalmente para os seguintes desfechos: hiperglicemia, função social, hipertensão, humor, esquizofrenia.


Subject(s)
Yoga , Treatment Outcome , Mind-Body Therapies , Complementary Therapies , Holistic Health
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL