Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 23
Filtrar
Adicionar filtros








Tipo de estudo
Intervalo de ano
1.
Fractal rev. psicol ; 31(2): 143-149, maio-ago. 2019.
Artigo em Português | LILACS (Américas), INDEXPSI | ID: biblio-1039900

RESUMO

Neste artigo, apresentamos uma pesquisa cartográfica na qual se articularam modos de vida e modos de consumir. Foram acompanhados quatro grupos com modos de vida e trabalho alternativos aos massificados: um grupo que faz teatro de rua, uma cooperativa de ciclistas que presta serviço de entregas, uma cooperativa de consumo integrada por camponeses assentados e seus parceiros e um grupo que produz comida caseira vegana. Discutimos as posições singulares desses grupos quanto ao consumo, mormente na intersecção com seus trabalhos, constituídas a partir de determinados valores libertários, ou não, de resistência ao consumo, ou não, mas que, fundamentalmente, apontaram para subjetividades que se produzem a partir de reflexões sobre como viver e como se relacionar com o consumo. Ao final, versamos sobre como os modos de consumir são uma expressão dos modos de viver, ao mesmo tempo em que os modos de consumir dão suporte às escolhas sobre o viver.(AU)


This article presents a cartographic survey in which ways of living and ways of consuming are related. Four groups in alternative ways of living and jobs were followed by this study: a group that presents street plays, a cooperative of cyclists that provides delivery services, a cooperative of consumption formed by rural landless workers and their partners, and a group that produces homemade vegan food. We discussed the unique position of these groups in terms of consumption, especially at the intersection with their jobs, comprising certain libertarian values, or not, resistance to consumption, or not, but that primarily pointed to the subjectivities which are produced from reflections on how to live and how to deal with consumption. Finally, we referred about how ways of consuming are an expression of ways of life at the same time as the ways of consuming are the bearer of the choices on living. (AU)


Assuntos
Humanos , Trabalho , Comportamento do Consumidor , Estilo de Vida
2.
Psicol. ciênc. prof ; 39(spe): 53-66, jan./ Mar.2019. ilus
Artigo em Português | LILACS (Américas), INDEXPSI | ID: biblio-1016357

RESUMO

Neste artigo trazemos algumas discussões apresentadas na dissertação "Retomada Mbya-Guarani no Yvyrupá: produção de subjetividade, agenciamentos e criação de estratégias de luta", que teve como objetivo pesquisar processos de subjetivação, produção de composições e estratégias de enfrentamento/resistência em meio ao movimento dos indígenas Myba-Guarani de retomada de área em Maquiné-RS, Brasil. Entendeu-se que, para tanto, o método da cartografia se mostrava interessante, pois propicia traçar os percursos dos atores sociais no terreno da experiência. A partir de análise de materiais como diários de campo, fotos produzidas por indígenas e postadas em um grupo de WhatsApp que agregava apoiadores, audiovisuais de divulgação veiculados na internet, abordamos aqui, um dos pontos desenvolvidos na dissertação: o espaço sociocosmológico Mbya que se atualizou naquela região ­ a tekoá Ka'aguy Porã ­ entendendo-o como espaço ancestral (retomado na Retomada) para a efetuação do modo de vida ­ o tekó ­ Mbya-Guarani. Buscamos traçar aproximações, articulações e torções conceituais para pensar a produção de subjetividade deste povo indígena. Ao final, tecemos considerações sobre o que entendemos ser potentes aberturas e contribuições para a Psicologia Social, assim como para as ciências sociais e para a pesquisa com povos indígenas. Palavras-chave: Tekoá; Tekó, Produção de subjetividade, Mbya-Guarani, Cartografia....(AU)


In this article we present some discussions derived from the dissertation "Mbya-Guarani Retrieval in Yvyrupá: production of subjectivity, agency and creation of strategies of struggle", whose objective was to investigate subjectivation processes, production of coping/resistance strategies of the Myba-Guarani natives in the area of Maquiné/RS, Brazil. It was understood that, for this, the method of cartography was interesting, since it allows tracing the paths of social actors in the field of experience. Based on an analysis of materials such as field diaries, indigenous photos posted in a WhatsApp group that aggregated supporters, broadcasting aids on the Internet, we approach here one of the points developed in the dissertation: the Mbya sociocosmological space that was updated in that region ­ the tekoá Ka'aguy Porã ­ understanding it as ancestral space (taken up in the Retrieval) for the realization of the way of life ­ the tekó ­ Mbya-Guarani. We seek to draw approximations, articulations and conceptual twists to think about the production of subjectivity of this indigenous people. In conclusive terms, we make considerations about what we understand to be potent openings and contributions to social psychology, as well as to the social sciences and to research with indigenous peoples....(AU)


En este artículo traemos algunas discusiones presentadas en la disertación "Retomada Mbya-Guaraní en Yvyrupá: producción de subjetividad, agenciamientos y creación de estrategias de lucha" que tuvo como objetivo investigar procesos de subjetivación, producción de composiciones y estrategias de afrontamiento/resistencia en medio del movimiento de los indígenas Myba-Guarani de retomada de área en Maquiné/RS, Brasil. Se entendió que, para tanto, el método de la cartografía se mostraba interesante, pues propicia trazar los recorridos de los actores sociales en el terreno de la experiencia. A partir de análisis de materiales como diarios de campo, fotos por indígenas y publicadas en un grupo de WhatsApp que agregaba apoyadores, audiovisuales de divulgación vehiculados en internet, abordamos aquí uno de los puntos desarrollados en la disertación: el espacio sociocosmológico Mbya que se actualizó en aquella ­ la tekaá Ka'aguy Porã ­ entendiéndolo como espacio ancestral (retomado en la Retomada) para la realización del modo de vida ­ el tekó ­ Mbya-Guaraní. Buscamos trazar aproximaciones, articulaciones y torsiones conceptuales para pensar la producción de subjetividad de este pueblo indígena. Al final, hacemos consideraciones sobre lo que entendemos ser potentes aperturas y contribuciones a la psicología social, así como a las ciencias sociales ya la investigación con pueblos indígenas....(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Psicologia , Psicologia Social , Grupos Populacionais
3.
Psicol. ciênc. prof ; 39(spe): 53-66, 2019. graf
Artigo em Português | LILACS (Américas), INDEXPSI | ID: biblio-1020203

RESUMO

Neste artigo trazemos algumas discussões apresentadas na dissertação "Retomada Mbya-Guarani no Yvyrupá: produção de subjetividade, agenciamentos e criação de estratégias de luta", que teve como objetivo pesquisar processos de subjetivação, produção de composições e estratégias de enfrentamento/resistência em meio ao movimento dos indígenas Myba-Guarani de retomada de área em Maquiné-RS, Brasil. Entendeu-se que, para tanto, o método da cartografia se mostrava interessante, pois propicia traçar os percursos dos atores sociais no terreno da experiência. A partir de análise de materiais como diários de campo, fotos produzidas por indígenas e postadas em um grupo de WhatsApp que agregava apoiadores, audiovisuais de divulgação veiculados na internet, abordamos aqui, um dos pontos desenvolvidos na dissertação: o espaço sociocosmológico Mbya que se atualizou naquela região - a tekoá Ka'aguy Porã - entendendo-o como espaço ancestral (retomado na Retomada) para a efetuação do modo de vida - o tekó - Mbya-Guarani. Buscamos traçar aproximações, articulações e torções conceituais para pensar a produção de subjetividade deste povo indígena. Ao final, tecemos considerações sobre o que entendemos ser potentes aberturas e contribuições para a Psicologia Social, assim como para as ciências sociais e para a pesquisa com povos indígenas....(AU)


In this article we present some discussions derived from the dissertation "Mbya-Guarani Retrieval in Yvyrupá: production of subjectivity, agency and creation of strategies of struggle", whose objective was to investigate subjectivation processes, production of coping/resistance strategies of the Myba-Guarani natives in the area of Maquiné/RS, Brazil. It was understood that, for this, the method of cartography was interesting, since it allows tracing the paths of social actors in the field of experience. Based on an analysis of materials such as field diaries, indigenous photos posted in a WhatsApp group that aggregated supporters, broadcasting aids on the Internet, we approach here one of the points developed in the dissertation: the Mbya sociocosmological space that was updated in that region - the tekoá Ka'aguy Porã - understanding it as ancestral space (taken up in the Retrieval) for the realization of the way of life - the tekó - Mbya-Guarani. We seek to draw approximations, articulations and conceptual twists to think about the production of subjectivity of this indigenous people. In conclusive terms, we make considerations about what we understand to be potent openings and contributions to social psychology, as well as to the social sciences and to research with indigenous peoples.....(AU)


En este artículo traemos algunas discusiones presentadas en la disertación "Retomada Mbya-Guaraní en Yvyrupá: producción de subjetividad, agenciamientos y creación de estrategias de lucha" que tuvo como objetivo investigar procesos de subjetivación, producción de composiciones y estrategias de afrontamiento/resistencia en medio del movimiento de los indígenas Myba-Guarani de retomada de área en Maquiné/RS, Brasil. Se entendió que, para tanto, el método de la cartografía se mostraba interesante, pues propicia trazar los recorridos de los actores sociales en el terreno de la experiencia. A partir de análisis de materiales como diarios de campo, fotos por indígenas y publicadas en un grupo de WhatsApp que agregaba apoyadores, audiovisuales de divulgación vehiculados en internet, abordamos aquí uno de los puntos desarrollados en la disertación: el espacio sociocosmológico Mbya que se actualizó en aquella - la tekaá Ka'aguy Porã - entendiéndolo como espacio ancestral (retomado en la Retomada) para la realización del modo de vida - el tekó - Mbya-Guaraní. Buscamos trazar aproximaciones, articulaciones y torsiones conceptuales para pensar la producción de subjetividad de este pueblo indígena. Al final, hacemos consideraciones sobre lo que entendemos ser potentes aperturas y contribuciones a la psicología social, así como a las ciencias sociales ya la investigación con pueblos indígenas....(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Psicologia , Psicologia Social , Cultura Indígena
4.
Rev. polis psique ; 9(2): 4-24, 2019.
Artigo em Português | LILACS (Américas), INDEXPSI | ID: biblio-1100041

RESUMO

Apresentamos um recorte de nossa pesquisa de mestrado que focalizou a produção de discursos e de subjetividade relacionada à prática de compartilhar nudes através de mídias digitais, e que teve como corpus materiais (textos, música, vídeos, etc.) coletados na internet. Uma leitura inspirada nas teorizações foucaultianas possibilitou-nos tecer problematizações quanto ao enunciado "Manda nude". Neste artigo, damos ênfase à forma como os pedidos de nudes são propostos, compostos e expressos, discutindo aquilo que é acionado no seu entorno. Assim, trazemos a articulação de alguns campos discursivos que operam sobre o corpo/sujeito quando está em questão fazer produzir e circular nudes: relativos à heterossexualidade masculina, à moralidade, ao humor, ao entretenimento e ao status de amador das fotografias. Ressaltamos que tal prática nada tem de neutra, sendo atravessada por saberes e forças que engendram certas posições subjetivas, coloca-se, portanto, enquanto uma temática pertinente a futuros estudos em Psicologia Social.


We present an article from our master´s research which focused the production of dissertations and the subjectivity related to the practice of sharing nudes through digital media, and which had as corpus materials (texts, music, videos, etc.) collected from the internet. A reading inspired by the Foucault theorizations made it possible to make problematizations about the statement "Send Nudes". In this article, we emphasize how nude's requests are proposed, composed and expressed, discussing what is triggered in their environment. Consequently, we bring the articulation of some discursive fields that operate on the body/subject when it is in question to produce and circulate nudes: related to masculine heterosexuality, to morality, to humor, to entertainment and the amateur status of photographs. We accentuate that this practice has nothing neutral, being crossed by the knowledge and forces that engender certain subjective positions, therefore, it is placed as a pertinent thematic to future studies in Social Psychology.


Presentamos un artículo de nuestra pesquisa de maestría que enfocó la producción de discursos y de subjetividad relacionada a la práctica de compartir nudes a través de medios digitales, y que tuvo como corpus materiales (textos, música, videos, etc) recogidos en internet. Una lectura inspirada en las teorizaciones foucaultianas nos posibilitó entrelazar problematizaciones en cuanto al enunciado "Manda nude". En este artículo, ponemos énfasis en la forma en que los pedidos de nudes son propuestos, compuestos y expresados, discutiendo lo que es accionado en su entorno. Así, traemos la articulación de algunos campos discursivos que operan sobre el cuerpo/sujeto cuando está en cuestión hacer producir y circular nudes: relativos a la heterosexualidad masculina, a la moralidad, al humor, al entretenimiento, al estado de devoción de las fotografías. Resaltamos que tal práctica no tiene nada de neutro, atravesada por saberes y fuerzas que engendran ciertas posiciones subjetivas, se sitúa, por tanto, como una temática pertinente a futuros estudios en Psicología Social.


Assuntos
Psicologia Social , Poder Psicológico , Corpo Humano , Sexualidade , Discurso , Redes Sociais Online , Individualidade
5.
Pesqui. prát. psicossociais ; 13(4): 1-17, out.-dez. 2018. ilus
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: biblio-1002766

RESUMO

Apresentamos uma pesquisa que focalizou o surgimento e desdobramentos do "Movimento Infância Livre de Consumismo" (iniciativa de um grupo de mães ativistas que utilizam as redes digitais para difundir suas posições) cujo objetivo é analisar discursos produzidos quanto à relação criança e consumo. Concepções de Michel Foucault e a abordagem cartográfica (Kastrup, 2007), adequada quando se acompanham processos, foram nossas bases teórico-metodológicas. A análise de postagens em diferentes espaços virtuais nos permitiu identificar e discutir aqui algumas questões e linhas de luta: o alvo maior é a publicidade infantil, que deve ser regulada pelo Estado e não autorregulada pelo mercado; a condição de mães das integrantes, muito ressaltada, a querer denotar uma posição privilegiada de saber-poder em relação ao adequado à infância; e o emprego estratégico dos recursos da comunicação. Fechamos o artigo tecendo considerações sobre sua vontade de conduzir condutas, a não inclusão de outras vozes, e o uso paradoxal das estratégias da comunicação.


We present a research that focused on the emergence and unfolding of the "Consumerism-Free Childhood Movement" (an initiative of a group of activist mothers who use digital networks to disseminate their positions), aiming to analyze discourse produced regarding the relation between child and consumption. Michel Foucault's conceptions and the cartographic approach (Kastrup, 2007), suitable when the purpose is to follow processes, were our theoretical-methodological bases. The analysis of its posts in different virtual spaces made it possible to identify and discuss here some questions and struggle strategies: the biggest target is adverting to children, which the group advocates must be regulated by the State and not self-regulated by the market; the condition of the mothers of its members, strongly highlighted, trying to denote a privileged position of power-knowledge regarding what is suitable to childhood; and the strategic use of communication resources. We conclude the article with comments about their willingness to rule conducts, the non-inclusion of other voices, and the paradoxical use of communication strategies.


Presentamos una investigación que se centra en lo surgimiento y el desdoblamiento del "Movimiento Infancia Libre de Consumismo" (una iniciativa de un grupo de madres activistas que utilizan las redes digitales para difundir posiciones), siendo nuestro objetivo analizar discursos producidos en cuanto a la relación niño y consumo. Las concepciones de Michel Foucault y el abordaje cartográfico (Kastrup, 2007), adecuada cuando se acompañan procesos, fueron nuestras bases teórico-metodológicas. El análisis de las publicaciones en diferentes espacios virtuales nos permitió identificar y discutir aquí algunas cuestiones y líneas de lucha: el más importante objetivo es la publicidad infantil, abogando que ella debe ser regulada por el estado y no auto-regulada por el mercado; la condición de madres de los miembros del grupo, muy destacada, queriendo indicar una posición privilegiada de saber-poder en cuanto el apropiado a la infancia; el uso estratégico de los recursos de comunicación. Cerramos el artículo con consideraciones sobre su voluntad de conducir conductas, la no inclusión de otras voces, y el uso paradójico de las estrategias de comunicación.


Assuntos
Publicidade , Rede Social , Psicologia Social , Comportamento Social , Marketing
6.
Psicol. soc. (Online) ; 30: e174086, 2018.
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: biblio-976656

RESUMO

Resumo O presente artigo tem como objetivo explorar as potencialidades do método da cartografia de Deleuze e Guattari no âmbito das redes digitais, levando em conta o advento das mídias locativas e das tecnologias de geolocalização que fazem surgir os espaços híbridos, nos quais a experiência de se movimentar no espaço geográfico coincide com o movimento pelo ciberespaço. O artigo discute as possibilidades de associação da cartografia com outras estratégias metodológicas, como a flânerie e os diários de bordo, com o intuito de fazer frente à complexidade dos processos de subjetivação que são atravessados hoje pelo acoplamento cada vez mais íntimo com as tecnologias digitais. Exploramos, enfim, estratégias que podem ser pensadas para fugir às estrias de um espaço digital cada vez mais dominado pelo controle e pela vigilância, evidenciando como a atitude cartográfica pode nos auxiliar a desfazer os mapas, em direção a processos de criação e singularização.


Resumen Este artículo tiene como objetivo explorar el potencial del método de la cartografía de Deleuze y Guattari en las redes digitales, teniendo en cuenta la expansión de los medios de comunicación locativos y de las tecnologias de geolocalización que dan lugar a espacios híbridos, en los cuales la experiencia de moverse en espacios geográficos coincide con el movimiento en el ciberespacio. El artículo discute las posibilidades de asociación de la cartografía con otras estrategias metodológicas, como la flânerie y los cuadernos de bitácora, con el fin de hacer frente a la complejidad de los procesos de subjetivación que hoy se acoplan cada vez más estrechamente con las tecnologías digitales. En fin, exploramos estrategias que pueden ser pensadas para huir a las estrías de um espacio digital cada vez más dominado por el control y la vigilancia, evidenciando cómo la actitud cartográfica puede ayudarnos a deshacer los mapas, hacia procesos de creación y singularización.


Abstract The aim of this article is to explore the potential of Deleuze and Guattari's cartography method in the context of digital networks, taking in account the advent of locative media and geolocation technologies that create hybrid spaces in which the experience of moving in the geographical space coincides with the movement through cyberspace. The article discusses the possibilities of associating the cartography method with other methodological strategies, such as the flânerie and the logbooks, to face the complexity of the processes of subjectivation that are currently intersected to intimate assemblages with digital technologies. Finally, we explore strategies that can be devised to escape the striations of a digital space increasingly dominated by control and surveillance, foregrounding how the cartographic attitude can help us to undo the maps, towards processes of creation and singularization.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Tecnologia , Internet/tendências , Mapeamento Geográfico , Análise Espaço-Temporal , Uso do Telefone Celular
7.
Psicol. ciênc. prof ; 37(3): 711-724, jun.- sept.2017.
Artigo em Português | LILACS (Américas), INDEXPSI | ID: biblio-883260

RESUMO

Na conjuntura das discussões pós-estruturalistas acerca dos processos de subjetivação, bem como dos trabalhos de autores como Hannah Arendt, Zygmunt Bauman e Jurandir Freire Costa, é indubitável reconhecer o impacto do consumo, entendido enquanto prática social, na constituição dos sujeitos contemporâneos. Em função disso, realizamos uma pesquisa-intervenção objetivando abrir espaços de discussão e experimentações, e esboçar um quadro analítico sobre posicionamentos e vicissitudes na relação jovens/consumo. A pesquisa desenvolveu-se em duas escolas públicas de Porto Alegre com 35 jovens de 14 a 17 anos. A análise do discurso pautada nas contribuições foucaultianas nos guiou na análise do que foi dito nos encontros. No processo de pesquisa emergiram questões como: estratégias dos jovens para obter dinheiro, diferenciação e status social a partir do consumo, e a internet enquanto necessidade de primeira ordem. Dentre outros, analisamos neste artigo o enunciado "consumir é gastar dinheiro", que se torna dizível a partir de mudanças históricas (como a transformação da nossa relação com os objetos de uso), da posição do jovem enquanto dependente econômico de seus pais e responsáveis, entre outros aspectos. Fechamos o artigo argumentando em favor de iniciativas que visem uma educação quanto ao consumo, sustentada em um compromisso ético-político de possibilitar outros agenciamentos em relação a modos de subjetivação correntes. Neste sentido, pensamos ser um desafio para a Psicologia oferecer contribuições por meio da produção de conhecimentos e de práticas, pois se trata de temática que conta com estudos ainda bem pontuais, ao menos no que concerne à juventude....(AU)


In the context of post-structuralism discussions about the processes of subjectivation, as well as the works of authors such as Hannah Arendt, Zygmunt Bauman and Jurandir Freire Costa, there is no doubt of the impact of consumption, understood as social practice, in the constitution of contemporary subjects. Thus, an intervention research was designed aiming to open up spaces for discussion and experimentation and to develop an analytical framework of the positions and vicissitudes in the relations between the youth and consumption. The research was carried out at two public schools in Porto Alegre with 35 young students from fourteen to seventeen years old. The discourse analysis of what was said in the meetings was based on the contributions of Michel Foucault. Many issues emerged in the research process, such as strategies for young people to get money, differentiation and social status due to consumption practices, and the internet as a basic need. We analyze the enunciation "to consume is to spend money" which has become speakable given some historical changes (such as the transformation of our relationship with objects), the position of the young as financial dependents of their parents, among other aspects. We conclude the article arguing in favor of initiatives aimed at an education concerning consumption, sustained in an ethical and political commitment to enable other forms for subjectivation. Furthermore, we think it is a challenge to psychology to provide input to this subject, through the production of knowledge and practices, as the theme still has few studies, at least with regard to youth....(AU)


En la coyuntura de las discusiones pos-estructuralistas respecto a los procesos de subjetivación, así como de los escritos de autores como Hannah Arendt, Zygmunt Bauman y Jurandir Freire Costa, se reconoce el impacto del consumo, comprendido como práctica social, en la constitución de los sujetos contemporáneos. A causa de ello, realizamos una investigaciónintervención con la finalidad de abrir espacios de discusión y experimentaciones, y esbozar un cuadro analítico sobre los posicionamientos y vicisitudes en la relación jóvenes/consumo. La investigación fue realizada en dos escuelas de Porto Alegre con 35 jóvenes de catorce a diecisiete años. El análisis del discurso relacionado a las contribuciones foucautianas nos ha conducido en el análisis de lo que se ha dicho en los encuentros. En el proceso de investigación surgieron cuestiones como: estrategias de los jóvenes para obtener dinero, diferenciación y status social a partir del consumo, y la internet cuanto una necesidad de primera orden. Entre otros, en ese artigo, analizamos el enunciado "consumir es gastar dinero", que se ha vuelto relevante a partir de los cambios históricos (como la transformación de las nuestras relaciones con los objetos del uso), de la posición del joven cuanto dependiente económico de sus padres y responsables, así como otros aspectos. Cerramos el artículo argumentando a favor de iniciativas destinadas a la educación cuanto al consumo, sostenida en un compromiso ético-político capaz de permitir otros agenciamientos en relación con los actuales modos de subjetividad. Por ello, pensamos que es un desafío para la psicología ofrecer contribuciones por medio de la producción de conocimientos y de prácticas, pues se trata de una temática que tiene estudios muy puntuales, por lo menos a los relacionados a la juventud....(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adolescente , Educação , Emprego , Psicologia , Pesquisa
8.
Psicol. soc. (Online) ; 28(3): 412-422, set.-dez. 2016. graf
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: lil-796913

RESUMO

RESUMO O presente artigo busca debruçar-se sobre o modo como as redes digitais vêm, atreladas a tantos sonhos e expectativas, diluindo-se discursivamente no tecido social a ponto de se constituírem enquanto um possível local de veridicção no contemporâneo. Para tal, uma série de incitamentos publicitários à conexão digital será tomada como campo de investigação empírica. O objetivo desta empreitada é problematizar certa concepção de rede que, ao contrário de teoricamente compor uma zona horizontal, abre-se à materialidade como uma instância atravessada por relações de poder e, portanto, produtora de desnivelamentos e conflitos.


RESUMEN El presente artículo discute el modo como las redes digitales vienen, atrailladas a tantos sueños y expectativas, se diluyendo discursivamente en el tejido social al punto de se constituyeren en cuanto un posible local de veridicción en el contemporáneo. Para tal, una serie de incitamientos publicitarios a la conexión digital será tomada como campo de investigación empírica. El objetivo de este proyecto es problematizar una cierta concepción de red que, al contrario de teóricamente constituir una zona horizontal, abre-se a la materialidad como una instancia atravesada por relaciones de poder e, por lo tanto, productora de desnivelamientos y conflictos.


ABSTRACT This article aims to understand how the digital networks, tied to so many dreams and expectations, have been diluting themselves discursively in the social fabric to the point of constituting themselves as a possible place of veridiction in the contemporary. To this end, a number of advertising incitements to digital connection will be taken as a empirical field of research. The goal of this endeavor is to discuss a certain conception of network that, instead of constituting a theoretically horizontal zone, opens itself to materiality as an instance traversed by power relationships and, thus, as a producer of unevenness and conflicts.


Assuntos
Internet/estatística & dados numéricos , Marketing , Política , Poder Psicológico , Rede Social
9.
Estud. pesqui. psicol. (Impr.) ; 15(2): 465-483, maio-ago. 2015.
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: lil-797266

RESUMO

Este trabalho problematiza discursos midiáticos acerca de duas estratégias que operam na garantia ao direito à convivência familiar e comunitária de crianças e adolescentes: os serviços de acolhimento e a adoção. Com base em referenciais teórico-metodológicos foucaultianos e do campo do jornalismo, analisamos uma série e um programa jornalístico televisivo de modo a investigar como essas estratégias são visibilizadas. Constatamos a produção de regimes de verdade que nos convocam a olhar os sujeitos, os quais passaram pelos serviços de acolhimento, sob a óptica do abandono e da perda da infância, e mostramos como tal construção se articula e contribui para compor o incitamento a uma vontade de família. Discutimos as formas como se operam proposições de verdades no território midiático e seus efeitos subjetivos, e colocamos em questão o que se enuncia a luz da concepção foucaultiana de governamentalidade.


This paper discusses media discourses about two strategies that operate guaranteeing the right to family and community life of children and adolescents: childcare services and adoption. Based on Foucault's theoretical and methodological references and on the field of journalism, we analyze a series and a television news programs in order to investigate how these strategies are visualized. We verified the production of truth that call up our look at the subject passing through the abandonment and loss of childhood services schemes, and we show how such a construction is articulated and contributes to incite a desire for family. We discuss the ways propositions of truth operates in media territory and its subjective effects, and bring into question what is enunciated in the light of Foucault's concept of governmentality.


Este documento problematiza a los discursos mediáticos sobre dos estrategias que operan en la garantía del derecho a la familia y a la vida comunitaria de niños y adolescentes: los servicios de cuidado de niños y la adopción. Con base en las referencias teóricas y metodológicas de Michel Foucault y del campo del periodismo, se analizan a una serie y a un periódico televisivo con el fin de investigar cómo se visualizan a estas estrategias. Hemos verificado a la producción de regímenes de verdad que nos hacen mirar a los sujetos que pasan por los servicios de cuidado por la óptica del abandono y de la pérdida de la infancia, y hemos mostrado cómo dicha producción articulase y contribuye a la incitación de la voluntad de la familia. Aún, discutimos también las maneras como se operan propuestas de la verdad en el territorio mediático y sus efectos subjetivos, y ponemos en cuestión lo que se enunció a la luz del concepto de gubernamentalidad de Foucault.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Adoção/psicologia , Criança , Família/psicologia , Psicologia Social , Jornalismo
10.
Psicol. soc. (Online) ; 27(2): 246-255, May-Aug/2015.
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: lil-746574

RESUMO

Neste artigo discutimos a importância da ambiência midiática e publicitária para a composição de sentidos em torno do corpo. Tal atividade simbólica evidencia-se enquanto um lugar privilegiado de construção do sujeito moderno, ao dispor seus traços significantes relacionados à corporeidade, em convidativas negociações dos limites na constituição, reativa, dos sentidos relacionados ao corpo: disposições que orientam os processos de subjetivação, em ciclos de caracterizações provisórias. Articulamos questões em torno da relação corpo/discurso/subjetividade, tramando um diálogo entre pensadores oriundos de diferentes campos, partindo deste lugar ocupado pelo corpo como convocado para consumos, nas emanações sutis do discurso publicitário. Nesse sentido, refletimos sobre a dinâmica dos jogos de verdade, das técnicas de si contemporâneas, enquanto propõem a experiência de um cuidado e de uma liberdade de escolhas relacionados à segurança ontológica, muitas vezes em vista da coerência e aceitabilidade social...


En este articulo hablamos de la importancia de los medios y el ambiente de la publicidad para la composición de los sentidos del cuerpo. Dicha actividad simbólica aparece como un lugar privilegiado de la construcción del sujeto moderno, a tener sus rasgos significativos relacionados con la corporeidad , al invitar las negociaciones en los limites de la constitución, relativa, de los sentidos relacionados al cuerpo: las disposiciones aplicables para dar forma a los procesos de subjetividad en los ciclos de caracterizaciones provisionales. Cuestiones articuladas alrededor de la relación cuerpo/ discurso/subjetividad , trazando un diálogo entre pensadores de diferentes ámbitos , a partir de este lugar ocupado por el cuerpo como invitado para el consumo, en las emanaciones sutiles del discurso publicitario. En este sentido reflexionamos sobre la dinamica del juego de la verdad, y las tecnicas contemporaneas como propone la experiencia de la atención y la libertad de opciones relacionadas con la seguridad ontológica a menudo en vista de la coherencia y la aceptación social...


This paper discusses the importance of media context and advertising for composition of meanings around the body. This symbolic activity shows up as a privileged place of modern subject construction by evidencing significant traits related to corporeality and limits in the reactive formation of meanings related to body: dispositions that guide processes of subjectivity in cycles of provisional characterizations. This paper articulates issues around body/discourse/subjectivity relation. We build a dialogue between thinkers of different fields to analyze the body's role when it is invited to consume in subtle emanations of advertising discourse. In that sense, this paper reflects on the dynamics of truth games and contemporary techniques of self awareness, while proposing an experience of care and freedom of choice related to ontological security, often in view of coherence and social acceptability...


Assuntos
Humanos , Corpo Humano , Publicidade
11.
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: lil-778122

RESUMO

Apresentamos uma pesquisa sobre a publicidade do crédito que discute seus efeitos na constituição subjetiva, em especial no que concerne às práticas de consumo e endividamento. Analisamos 67 comerciais veiculados na televisão utilizando duas abordagens: adequação ao disposto pelo Código de Defesa do Consumidor e análise do discurso, articulada à semiótica. A maioria das peças pôde ser qualificada como enganosa face às supressões - o que leva a efeitos a partir do desconhecimento. Contudo, estratégias discursivas e semióticas de captura via persuasão, fartamente utilizadas, nos pareceram até mais problemáticas, pois geram efeitos positivos: fazem saber, ser, adotar certas práticas. Diferente do que é enunciado, o crédito não é mero meio, mas um produto. E, como medicações, dependendo da forma e quantidade do seu uso, pode se tornar muito prejudicial. Então, pontuamos a necessidade de regulação específica, atenta à dimensão ética do que é proposto.


We present a research on credit advertising that discusses its effects on subjective constitution, in particular with regard to consumption and indebtedness practices. We analyzed 67 television commercials using two approaches: regulated adequacy by the Consumer Rights Code; and discourse analysis, associate with semiotic analysis. Most commercials could be qualified as misleading because there were suppressions - which leads to effects caused by unawareness. However, discursive and semiotic strategies to capture by persuasion, broadly used, seemed to us even more problematic because they generate positive effects: they create knowledge and ways of being, and make people adopt certain practices. Different from what is stated, credit is not a mere means, but a product. As medications, depending on form and amount of use, it can become very harmful. Thus, we pointed out the need for a specific regulation, attentive to the ethical dimension of what is proposed.


Se presenta un estudio sobre la publicidad de crédito que discute sus efectos en la constitución subjetiva, en particular con respecto a las prácticas de consumo y endeudamiento. Analizamos 67 anuncios de televisión utilizando dos enfoques: adecuación de las disposiciones por el Código de Defensa del Consumidor y el análisis del discurso, articulado a la semiótica. La mayoría de las piezas las consideramos engañosas dada las supresiones - que conducen a efectos producidos por lo desconocimiento. Sin embargo, las estrategias discursivas y semióticas que capturan por la persuasión, muy utilizadas, nos parecieron aún más problemáticas ya que generan efectos positivos: hacen saber, ser y adoptar ciertas prácticas. Diferente de lo afirmado, el crédito no es simple medio, sino un producto. Y así como los medicamentos, dependiendo de la forma y la cantidad de su uso, puede llegar a ser muy perjudicial. Así, señalamos la necesidad de una regulación específica, atenta a la dimensión ética de lo que se propone.


Assuntos
Publicidade , Defesa do Consumidor
12.
Barbarói ; (40): 222-245, jan.-jun. 2014.
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: lil-750396

RESUMO

O consumo de produtos é, latu sensu, inerente à própria vida. Como a expansão do crédito no Brasil tem se acentuado nos últimos anos, e diante da instauração de uma sociedade do endividamento, deve-se atentar para os efeitos dessa no crescente fenômeno do superendividamento. Ainda, tendo em vista que a publicidade constituiu um importante campo de embate entre discursos, é inegável sua contribuição para a produção dos modos de subjetivação na contemporaneidade. Assim, esta pesquisa se debruça sobre material impresso de publicidade do crédito, cujo corpo consiste em 46 fôlderes e cinco cartilhas coletados em instituições financeiras. A partir do que preconiza o Código de Defesa do Consumidor (CDC) e seguindo a perspectiva de análise de discurso foucaultiana, atenta-se aos enunciados publicitários objetivando mapear o que vem sendo propagado e que lugares os sujeitos ocupam por meio de sua interpelação. Os resultados apontam para uma produção subjetiva no sentido de um incitamento contínuo à situação de endividamento, a qual é investida de uma moralização e de uma culpabilização que passam a fazer parte da constituição de um sujeito devedor. Discute-se a função política de assujeitamento que esta posição acaba por assumir, propondo então a hipótese de considerar abusiva a publicidade – e a prática – que oferta crédito mesmo para aqueles que já estão endividados. Indica-se a necessidade de maior discussão acerca dessa esfera publicitária, quiçá sua regulação...


The consumption of products is, latu sensu, inherent to life itself. As the expansion of creditin Brazil is increasing especially in the last years, and considering the instauration of anindebtedness society, we must look for these effects on the growing phenomena of overindebtedness. Being advertising an important discursive arena, is undeniable its contribution for the constitution of modes of subjectivation on contemporaneity. Therefore, this research looks up impress material of credit advertising, consisting in 46 folders and 5 booklets collected on finance institutions. According to what is endorsed on the Code of Consumer Protection (CDC) and using Foucaultian discourse analysis perspective we analyzed advertising aiming to map the statements that have been spread and the places that the subjects occupy through its interpellation. The results point to a subjective production in the sense of a continuous incitement to an indebt situation, which is invested of a moralization and a guiltiness that becomes part of the constitution of a debtor subject. It is discussed the subjectivation political function that this position assumes, and it is proposed the hypothesis to consider this advertising– that offer credit even for those that indebted – abusive. We indicate the necessity for more discussion about this advertising sphere, and perhaps its regulation...


El consumo de los productos es, latu sensu, inherente a vida - ya del crédito una prácticareciente. Como su expansión en Brasil se ha acentuado en los últimos años, y ante lainstauración de una sociedad de endeudamiento, se debe atentar a los efectos del creciente fenómeno de sobreendeudamiento. Sin embargo, dado que la publicidad es un importante campo de conflicto entre los discursos es innegable su contribución a la producción de los modos de subjetivación en el contemporáneo. Así, esta investigación se centra en el materialpublicitario impreso acerca del crédito, cuyo cuerpo se compone de 46 carpetas y 5 folletosrecogidos en instituciones financieras. A partir de lo que profesa el Código de Protección alConsumidor (CDC) y siguiendo la perspectiva del análisis del discurso según Foucault, seenfocan a las enunciaciones de la publicidad con el objetivo de trazar lo que se estápropagando y los lugares que los sujetos ocupan en vista de su interpelación. Los resultados apuntan una producción subjetiva hacia una incitación constante a la situación deendeudamiento, que invierte en una moralización y culpa que forman parte de la constitución de un deudor individual. Se discute el papel de la sujeción política asumida en esa posición, y se propone la hipótesis de considerar abusiva la publicidad - y la práctica - que ofrecen crédito, incluso a aquellos que ya están en deuda. Se indica la necesidad de un debate sobre esto aspecto de la publicidad, y tal vez su regulación...


Assuntos
Publicidade
13.
Estud. pesqui. psicol. (Impr.) ; 14(1): 214-238, jan.-abr.2014.
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: lil-750310

RESUMO

Em face da ausência de estudos no campo da Psicologia Social sobre o tema, desenvolvemos uma pesquisa exploratória que objetivou conhecer asimplicações subjetivas da situação de superendividamento do consumidor.Entrevistamos 24 consumidores que, estando nessa condição, aderiram aum projeto do judiciário gaúcho que propõe a conciliação paraprocessualcom os credores; realizamos a análise do material obtido nas entrevistas emconsonância com a metodologia da análise de discurso. Dois aspectosinterligados que se evidenciaram – a individualização e a dimensão moralizante do superendividamento, que acarretam considerável sofrimentopsíquico aos sujeitos – são discutidos e problematizados aqui a luz da perspectiva foucaultiana e das proposições de Nietzsche sobre a moral.Indicamos a necessidade de políticas públicas e estratégias de enfrentamento que considerem a complexidade da situação...


Given the lack of studies in the field of Social Psychology on this topic, wedeveloped an exploratory research aiming to know the subjectiveimplications of consumer’s overindebtedness. We interviewed 24 consumers who, being in this condition, joined a project developed by the southern Brazil Judiciary, which proposes legal paraprocedural conciliation with creditors. We analyzed the material obtained in interviews according to the methodology of discourse analysis. Two interrelated aspects that were revealed – individualization and the moralizing dimension of overindebtedness, which cause considerable psychological distress to the subjects – are discussed and problematized here in the light of Foucault’s perspective, and Nietzsche’s propositions about morality. We indicate the need for public policies and facing-up strategies that take into account thecomplexity of this situation...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Economia Comportamental , Moral , Psicologia Social , Sujeitos da Pesquisa/psicologia , Pesquisa , Relações Pesquisador-Sujeito/psicologia
14.
Psicol. argum ; 32(76): 93-103, jan.-mar. 2014.
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: lil-754659

RESUMO

Este trabalho propõe visibilizar aspectos históricos e movimentos recentes da política de adoção de nosso país a partir de articulações tecidas em uma pesquisa que, por meio de referenciais teórico-metodológicos relacionados aos estudos foucaultianos e ao campo do jornalismo,buscou problematizar o direito à convivência familiar e comunitária de crianças e adolescentes. Tecemos nossas discussões trazendo, pontualmente, algumas cenas da edição do programa Profissão Repórter, que colocou em pauta essa temática após a Nova Lei de Adoção ter completado um ano, e problematizamos a proposição de um Projeto de Lei (em tramitação na Câmara) que visa incentivar a prática da adoção de determinadas crianças e adolescentes a partir de um aumento na dedução do imposto de renda dos adotantes. Interrogamos que modos de pensar produzimos e que práticas sociais sobre a adoção desejamos promover ao atualizarmos a estratégia da adoção como “salvação” da garantia do referido direito e ao colocar um auxílio financeiro como respaldo à sua efetivação.


This paper has the purpose to expose historical aspects and recent movements of the Brazilian adoption policy. We started with articulations in a research that – through theoretical and methodological issues related to Foucaultian studies and journalism – wanted to problematize the right of children and teenagers of living in a family and a community. We made our discussions punctually using some scenes from a Brazilian television program called Profissão Repórter which talked about the New Adoption Bill (that has one year of existence). This study questions the proposition of the bill (in progress in Chamber of parliamentarians), which aims to encourage the practice of adoption of certain children and adolescents with an increase of the citizen’s tax deduction. We question the ways of thinking we produce and which social practices we desire to promote when society update the strategy of adoption as a “salvation” to guarantee the right, putting, even, a financial assistance to support their effectiveness.


Assuntos
Humanos , Criança , Adolescente , Adolescente , Adoção , Defesa da Criança e do Adolescente , Criança Abandonada , Jornalismo , Política Pública
15.
Psicol. educ ; (33): 49-75, dez. 2011.
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: lil-692838

RESUMO

A psicologia escolar tem conhecido desafios diante das críticas aos saberes e práticas ditos tradicionais e às novas questões educacionais. Buscando abrir espaço para reflexões e mapear as práticas atuais, desenvolvi uma pesquisa-intervenção, na forma de curso virtual, da qual participaram 23 psicólogas que atuam na área. No marco da análise institucional, criou-se um campo de problematização acerca de concepções e modos de trabalhar. Aqui abordo cinco questões, interconectadas: valor atribuído à área, busca/recusa de identidade, condições de produção da atual conformação, postura do psicólogo e direções desejáveis para as intervenções. Evidenciou-se que o que se apresenta como impasse pode abrir novos possíveis e que, para além da herança recebida, existe um patrimônio construído. Indico a necessidade de se atentar para as implicações recíprocas na interface psicologia/educação.


School psychology has been challenged by the criticism of the so-called traditional knowledge and practices and by the new educational issues. Seeking to open space for reflections and to map current practices, I developed a research-intervention, in form of a virtual course, which included 23 psychologists working in the area. Within the framework of institutional analysis, it was created a field investigation concerning conceptions and ways to work. Here I discuss five questions, interconnected: the value attributed to the area, search/refusal of the identity, conditions of the production of the current conformation and attitudes of the psychologist, and desirable directions for interventions. It was evident that what is presented as impasse could open new possibilities and that, in addition to the legacy received, there is a constructed patrimony. I indicate the need to pay attention to the reciprocal implications on the interface psychology/education.


La psicología escolar ha experimentado desafíos en vista de las críticas de los conocimientos y prácticas llamadas tradicionales y de los nuevos temas educacionales. Tratando de hacer espacio para la reflexión y buscando elaborar un mapa de las prácticas actuales, desarrollé una investigación-intervención, en forma de un curso virtual, que incluyó 23 psicólogos que trabajaban en el área. En el marco del análisis institucional, fue creado un campo de interrogación a respecto a los conceptos y formas de trabajar. Aquí mostró cinco temas, relacionados entre sí: el valor atribuido al área, la búsqueda/denegación de la identidad, las condiciones de la producción de la actual conformación, la postura del psicólogo, y las direcciones deseables para las intervenciones. Se hizo evidente que lo que se presenta como estancamiento podría abrir nuevas posibilidades y que, además de la herencia recibida, hay un patrimonio construido. Indico la necesidad atentar a las implicaciones recíprocas en la interfaz psicología/educación.


Assuntos
Humanos , Psicologia Educacional
16.
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: lil-647051

RESUMO

A partir do campo saber-poder dos estudos foucaultianos, interrogamos a produção da verdade no território jornalístico e sua implicação nas subjetividades contemporâneas. Em um trabalho de reflexão teórica, abordamos noções como veracidade e perícia no tratamento das informações, e recursos como novelização e dramatização de histórias da vida real para discutir seus efeitos na instauração do que é dito e aceito como verdadeiro. Constatamos que tais características e recursos jornalísticos atuais constituem estratégias que buscam certificar e emocionar, capturando pela sedução à vontade de verdade. Assim, as histórias visibilizadas pelo jornalismo oferecem possibilidades de reconhecimento e identificação aos sujeitos, produzindo certos modos de ser.


From a knowledge-power field of Foucaultian studies, we question the production of truth in journalism and its implications for the contemporary subjectivity process. In a theoretical reflection, we deal with notions such as veracity and expertise in media data processing, and current journalistic resources, such as the 'novelization´ and dramatization of real life stories, to discuss their effects on the establishment of what is said and accepted as truth. We find out that such features and current journalistic resources constitute strategies that seek to certify and thrill, capturing subjects by seduction to the will to truth. Therefore, stories made visible through journalism offer subjects the possibility of recognition and identification, creating certain ways of being.


Partiendo del campo del saber-poder de los estudios foucaultianos, interrogamos acerca de la producción de la verdad en el campo del periodismo y su implicación en las subjetividades contemporáneas. En un trabajo de reflexión teórica, abordamos nociones como veracidad y pericia en el tratamiento de las informaciones, y de recursos como novelización y dramatización de historias reales, para discutir sus efectos en la instauración de lo que se dice y se acepta como verdadero. Verificamos que tales características y recursos periodísticos actuales constituyen estrategias que buscan certificar y emocionar, capturando por la seducción al deseo de la verdad. Así, las historias visibilizadas por el periodismo ofrecen posibilidades de reconocimiento e identificación a los sujetos, produciendo modos de ser.


Assuntos
Jornalismo , Poder Psicológico
17.
Rev. mal-estar subj ; 10(4): 1173-1202, dez. 2010.
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: lil-603427

RESUMO

O superendividamento dos consumidores constitui um fenômeno social tão relevante que muitos países já contam com legislações específicas para seu tratamento. Contudo, esta questão não diz respeito somente ao campo jurídico, visto configurar-se como um grave e crescente problema social que necessita, para sua compreensão e enfrentamento, da articulação de diferentes disciplinas. No presente artigo, discuto, sob a ótica da Psicologia Social, suas condições de produção a fim de iniciar uma abordagem das implicações subjetivas do superendividamento e do papel da mídia e da publicidade no seu engendramento. Para tanto, primeiro discorro sobre a constituição da cultura do consumo e da sociedade do endividamento e aponto o papel da Psicologia, quando a serviço do marketing, no processo de construção do sujeito consumidor. A seguir, contesto a concepção de sujeito que se baseia na noção de essência interior e as perspectivas que entendem o endividamento excessivo a partir de um viés individualizante. Contraponho a essas uma compreensão processual da subjetivação que a considera efeito das configurações sócio-culturais, das práticas discursivas tomadas como regimes de verdade em certo tempo e espaço social. Em função disso, ressalto a importância de se atentar para o papel das narrativas midiáticas na constituição dos modos de subjetivação na sociedade contemporânea. Discutindo o superendividamento, assinalo a urgência de se estudar e problematizar a publicidade do crédito e a incorporação, pelo mercado financeiro, de segmentos sociais potencialmente mais vulneráveis como os idosos/aposentados e a população de baixa renda. Por fim, apresento um projeto-piloto do judiciário gaúcho para o tratamento das situações de superendividamento e retomo as questões que, no meu ponto de vista, precisam ser contempladas pelo campo da Psicologia Social.


The overindebtedness of the consumers is such an important social phenomenon that many countries already have specific laws for its treatment. However, this issue concerns not only the legal field since it configure itself as a serious and increasing social problem that requires for its understanding and confrontation the articulation of different disciplines. In this article I discuss, from the perspective of Social Psychology, its conditions of production in order to approach the subjective implications of overindebtedness and the role of media and advertising in its development. At first I discuss the constitution of the consumption culture and indebtedness society and point the role of psychology, when in the service of marketing, in the process of construction of the consumer subject. Then, I contest the conception of subject based on the notion of inner essence and the perspectives that understand the excessive indebtedness from an individual point of view. I oppose to these with a procedural understanding of subjectivation that considers subjetictivacion an effect of socio-cultural configurations, of discursive practices taken as truth in a certain time and social space. Because of this, I emphasize the importance to be aware of the role of media narratives in the constitution of subjectivation in the contemporary society. Arguing the overindebtness, I point out the need to study and question the credit advertising and incorporation, in the financial market, of the potentially more vulnerable social groups such as seniors/pensioners and the low income population. Finally, I present a pilot project of the Rio Grande do Sul judiciary for the treatment of overindebtedness situations and resume the questions that, in my point of view, need to be contemplated by Social Psychology field.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Comportamento do Consumidor
18.
Psico (Porto Alegre) ; 41(3): 406-413, jul.-set. 2010.
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: lil-643529

RESUMO

Este artigo analisa os processos de subjetivação engendrados pelos discursos e práticas de uma política de defesa do consumidor. A partir de uma pesquisa exploratória realizada nos PROCONs situados na cidade de Porto Alegre, buscamos aqui compreender os lugares sociais, expressos por essa política, que são disponibilizados para os sujeitos na sua condição de consumidor e cidadão. Foram conduzidas entrevistas com coordenadores, colaboradores e parceiros do órgão, e coletados seus documentos de orientação e divulgação. Os dados foram analisados utilizando análise do discurso. Os resultados mostraram o acento na fragilidade dos consumidores e a aposta em ações educativas desses e dos fornecedores. Discutimos, transcendendo a noção de vulnerabilidade, as possibilidades do trabalho em prol da defesa do consumidor buscando seu empoderamento, que poderia levar a outra posição cidadã.


This article examines the processes of subjectivation engendered by the discourses and practices of a consumer protection policy. A research conducted in the PROCONs of Porto Alegre, aimed specifically to understand the social places, expressed by this policy, that are available for the subjects as citizen and consumer. Interviews were conducted with coordinators, coworkers and partners of the institution and analysis of its documents were performed. Data was analyzed using discourse analysis. The results showed the emphasis on the fragility of consumers and the focus on educational activities for them and for the traders. Discussion points to the possibilities of working for the consumer looking for their empowerment, which could lead to another posture as citizens, overcoming the notion of vulnerability.


En este artículo se estudian los procesos de subjetivacion generados por los discursos y las prácticas de una política de protección del consumidor. De una pesquisa realizada en los PROCONs de Porto Alegre, se trató específicamente de investigar los lugares sociales, expresados por esa política, que están disponibles para los sujetos en su calidad de ciudadanos y consumidores. Se realizaron entrevistas con los coordinadores, colaboradores y compañeros de trabajo, y el análisis de documentos de la institución. Los resultados mostraron el énfasis en la fragilidad de los consumidores y un enfoque en las actividades educativas a ellos a los proveedores. Discutimos, para más allá de la noción de vulnerabilidad, las posibilidades de trabajar con el consumidor en busca de su emancipación, lo que podría dar lugar a otra postura ciudadana.


Assuntos
Humanos , Defesa do Consumidor , Psicologia Social , Política Pública
19.
Fractal rev. psicol ; 22(1): 169-184, enero-abr. 2010.
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: lil-548875

RESUMO

Discuto resultados de pesquisa que buscou conhecer os discursos da mídia sobre paternidade e seus efeitos nos modos de subjetivação. Aqui abordo um dos enunciados identificados: a criança é um ser em desenvolvimento e por isto precisa de seu pai. Focalizo quatro aspectos: a importância da noção de desenvolvimento para a codificação da infância e o controle social de crianças e adultos; a forma como as posições de pais e mães foram sendo construídas como lugares distintos e hierarquicamente díspares; as transformações nas posições sociais de crianças e pais; a crescente primazia do saber/poder dos especialistas frente ao saber parental.


I discuss the results from the research that sought to know the media discourses on paternity and its effects on subjectivation ways. Here I approach one of the identified statements: the child is a person in development and therefore needs his father. I focus in four aspects: the importance of the concept of development for the codification of childhood and children and adult's social control; the way the fathers and mothers positions were being constructed as distinct and hierarchically unlike places; the changes in the status of children and parents; the growing primacy of knowledge/power of experts opposing parental knowledge.


Assuntos
Humanos , Criança , Desenvolvimento Infantil , Meios de Comunicação , Identidade de Gênero , Relações Pais-Filho , Paternidade
20.
Interam. j. psychol ; 42(1): 81-90, abr. 2008.
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: lil-505736

RESUMO

Este artículo discute la construcción de los puestos sociales de padres y madres a partir de dos ideas orientadoras. La primera está relacionada con la comprensión de la media como un espacio que produce y hace circular discursos que contribuyen de forma decisiva para la subjetivación. La segunda idea es la de que las relaciones de género traspasan el tejido social de punta a punta. Fueran analizados productos de la media con el objetivo de conocer los discursos que están construyendo las formas de ser padre y madre en nuestra sociedad. El análisis, en la perspectiva foucaultiana, señaló dos resultados principales: la asociación entre la significación sobre masculinidad y paternidad y entre la feminidad y la maternidad, por épocas esta última despunta como esencia de la mujer; y la referencia a un conflicto constante entre los padres y las madres, siendo los hijos e las hijas referidos como personas deseadas, pero también como objetos del negocio. En la discusión, dirigida por lo concepto de relaciones de género, si preguntó la naturalización de estas significaciones, demostrando los juegos de poder/saber implicados en su constitución.


This paper aims to discuss the construction of social places of fathers and mothers from two guidelines. The first one considers media as a space that produces and circulates discourses that have decisively contributed towards our subjectivation. The second idea is that gender relations are widely spread through the social field. An analysis of products of media has been carried out in order to know the discourses that have been constructing ways of being a father and a mother in our society. The analysis, in a foucaultian perspective, pointed out two main findings. The association between significations of masculinity and paternity and between feminility and maternity, usually appearing as an essence of the woman; also the reference to a constant dispute between fathers and mothers, being sons and daughters often placed as desired beings or as bargain objects. The discussion, guided by the conception of gender relations, questioned the naturalization of these significations, showing the dispute of power/knowlege implied in its constitution.


Assuntos
Identidade de Gênero , Idioma , Meios de Comunicação de Massa , Mães , Paternidade , Poder Psicológico
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA