Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 1.129
Filtrar
1.
J. Hum. Growth Dev. (Impr.) ; 30(2): 311-325, May-Aug. 2020. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS (Américas), INDEXPSI | ID: biblio-1114940

RESUMO

INTRODUCTION: Epidemiological data allow to know the needs of the communities and can provide subsidies for planning and actions in the health services, hence, it is necessary to investigate illness and chronic non-communicable diseases in the population of interestOBJECTIVE: The objectives of this study are to describe and verify the association between the most prevalent self-reported morbidities in adults regarding the characteristics: socioeconomic, demographic and lifestyleMETHODS: This is a population-based survey conducted with adults (≥18 years of age), living in Rio Branco, Acre State, Brazil, during the period 2007/2008. The sample consisted of 1516 individuals, from a probabilistic sampling in two stages of a drawRESULTS: The most prevalent self-reported morbidity was spine/back disease with a percentage of 30.8%, followed by hypertension (28.3%), malaria (28.3%) and depression (18.7%). Regarding socioeconomic and demographic aspects, the most prevalent characteristics were: female gender and low level of formal education, with statistical significance. As for life habits, the most common characteristics with statistical significance were: smoking and physical inactivityCONCLUSION: In view of the scarcity of studies of this nature in the North region of Brazil, and especially in the State of Acre, the results regarding the most prevalent self-reported morbidities in the adult population of Rio Branco are of fundamental importance, to alert researchers and health professionals. This contributes to a better adaptation and/or implementation of public strategies for promotion, protection and health assistance


INTRODUÇÃO: Dados epidemiológicos permitem conhecer as necessidades das comunidades e podem fornecer subsídios para planejamento e ações nos serviços de saúde. Para este norte, faz-se necessário a investigação das doenças e agravos crônicos não transmissíveis na população de interesseOBJETIVO: Os objetivos deste foram descrever e verificar associação entre as morbidades autorreferidas mais prevalentes identificadas no estudo quanto às características: socioeconômicas, demográficas e de hábitos de vidaMÉTODO: Trata-se de um inquérito populacional, realizado com adultos (≥18 anos de idade), residentes em Rio Branco/AC entre 2007/2008. A amostra constituiu-se de 1516 indivíduos, a partir de uma amostragem probabilística em duas etapas de sorteioRESULTADOS: A morbidade autorreferida mais prevalente foi a doença de coluna/costas com o percentual de 30,8%, seguida da hipertensão (28,3%), malária (28,3%) e depressão (18,7%). Quanto aos aspectos socioeconômicos e demográficos as características mais prevalentes nas morbidades pesquisadas foram: sexo feminino, faixa etária mais elevada e menor escolaridade, com significância estatística. Quanto aos hábitos de vida, as características mais prevalentes com significância estatística nas morbidades foram: tabagismo e inatividade físicaCONCLUSÃO: Tendo em vista a escassez de estudos desta natureza na região Norte, e principalmente no Estado do Acre, os resultados referentes às morbidades autorreferidas mais prevalentes a população adulta de Rio Branco, são de fundamental importância, uma vez que possibilita alertar os pesquisadores e profissionais de saúde e contribui para uma melhor adequação ou implantação de estratégias públicas de promoção, proteção e de assistência à saúde


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Política Pública , Perfil de Saúde , Epidemiologia , Inquéritos de Morbidade , Planejamento em Saúde , Promoção da Saúde , Estilo de Vida
2.
J. Health NPEPS ; 5(1): 20-37, jan.-jun. 2020.
Artigo em Português | LILACS (Américas), BDENF | ID: biblio-1095989

RESUMO

Objetivo: analisar o perfil epidemiológico das doenças respiratórias e os indicadores socioeconômicos e de assistência em saúde da região Norte do Brasil durante a pandemia de COVID-19. Método: estudo epidemiológico, de caráter descritivo e quantitativo, em relação ao período de janeiro de 2010 a fevereiro de 2020. Os dados foram coletados no DATASUS e no boletim epidemiológico sobre a COVID-19 do Ministério da Saúde. Os resultados foram dispostos em números absolutos, frequência relativa e medidas de tendência central. Resultados: no período houve 1.163.303 internações, consumindo 891.494.215,40 reais. Pará e Amazonas somam 66% desses gastos. Os meses de abril, maio e junho apresentaram médias maiores de hospitalizações durante todos os anos. A faixa etária mais onerosa foi entre 60 e 69 anos. A região Norte é menos provida de médicos, leitos de UTI e respiradores. Amazonas, Amapá e Roraima têm os maiores coeficientes de incidência de COVID-19 por 1.000.000 de habitantes. Conclusão: a pandemia aumenta a vulnerabilidade socioeconômica e assistencial do sistema de saúde do Norte brasileiro, com sobrecarga e número de óbitos crescente. Portanto, há necessidade urgente de realocar recursos e reorganizar a rede de atenção à saúde.


Objective: to analyze the epidemiological profile of respiratory diseases and the socioeconomic and health care indicators of northern Brazil during the COVID-19 pandemic. Methods: epidemiological study, of a descriptive and quantitative character, in relation to the period from January 2010 to February 2020. Data were collected in DATASUS and in the epidemiological bulletin on COVID-19 of the Ministry of Health. The results were displayed in absolute numbers, relative frequency and measures of central tendency. Results: in the period there were 1,163,303 hospitalizations, consuming 891,494,215.40 reais. Pará and Amazonas account for 66% of these expenses. The months of April, May and June showed higher averages of hospitalizations during all years. The most expensive age group was between 60 and 69 years. The northern region is less equipped with doctors, ICU beds and respirators. Amazonas, Amapá and Roraima have the highest incidence coefficients of COVID-19 per 1,000,000 inhabitants. Conclusion: the pandemic increases the socioeconomic and assistance vulnerability of the health system in northern Brazil, with an overload and an increasing number of deaths. Therefore, there is an urgent need to reallocate resources and reorganize the health care network.


Objetivo: analizar el perfil epidemiológi co de las enfermedades respiratorias y los indicadores socioeconómicos y de salud del Norte de Brasil durante la pandemia COVID- 19. Método: estudio epidemiológico, de carácter descriptivo y cuantitativo, en relación con el período comprendido entre enero de 2010 y febrero de 2020. Los datos se recopilaron en DATASUS y en el boletín epidemiológico sobre COVID-19 del Ministerio de Salud. Los resultados se mostraron en números absolutos. frecuencia relativa y medidas de tendencia central. Resultados: en el período hubo 1.163.303 hospitalizaciones, que consumieron 891.494.215,40 reales. Pará y Amazonas representan el 66% de estos gastos. Los meses de abril, mayo y junio mostraron promedios más altos de hospitalizaciones durante todos los años. El grupo de edad más caro fue entre 60 y 69 años. La región Norte está menos equipada con médicos, camas de UCI y respiradores. Amazonas, Amapá y Roraima tienen las tasas más altas de incidencia de COVID-19 por cada 1,000,000 de habitantes. Conclusión: la pandemia aumenta la vulnerabilidad socioeconómica y asistencial del sistema de salud en el Norte de Brasil, con una sobrecarga y un número creciente de muertes. Por lo tanto, existe una necesidad urgente de reasignar recursos y reorganizar la red de atención médica.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral , Perfil de Saúde , Epidemiologia , Infecções por Coronavirus , Pandemias/economia , Pesquisa sobre Serviços de Saúde , Fatores Socioeconômicos , Betacoronavirus
3.
ABCS health sci ; 45: [1-6], 02 jun 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS (Américas) | ID: biblio-1097558

RESUMO

INTRODUCTION: Pregnancy-related diseases have aggravated the situation of postpartum women, who end up using Mechanical Ventilation (MV) when admitted to Intensive Care Units (ICU). Although MV has benefits, it is associated with deleterious effects that can be minimized with the use of Electrical Impedance Tomography (EIT). OBJECTIVE: The aim was to analyze the epidemiological profile and ventilatory parameters of mothers, which developed HELLP Syndrome, sepsis and/or Acute Respiratory Distress Syndrome (ARDS), under MV and monitored with EIT. METHODS: The study was observational, cross-sectional, retrospective and prospective conducted between March and September 2018, using data collection forms filled from the database and sociodemographic, obstetric and ventilatory records of postpartum women admitted to adult ICU. RESULTS: The sample consisted of 13 postpartum women, 8 with sepsis (61.5%), 7 with HELLP syndrome (53.8%) and 4 with ARDS (30.8%). Five patients (38.5%) evolved with more than one of these conditions. Regarding the ventilatory parameters evaluated, VT 378.9 (±103.9) mL were observed and mean values found for PEEP 9.8 (±1.9) cmH2O and driving pressure 11.1 (±1.4) cmH2O are below recommendations in the literature, predicting lower mortality and morbidity index. CONCLUSION: The relevance of the driving pressure assessment in the MV setting was demonstrated, a parameter assessed by the EIT and directly related to static lung compliance (Cstat), PEEP, VT and optimization of regional pulmonary ventilation. It is highlighted the need for future research with greater clinical significance regarding the profile of postpartum women about the increasingly frequent diseases in this population.


INTRODUÇÃO: As doenças relacionadas à gravidez tem agravado o quadro de puérperas, que acabam fazendo uso de Ventilação Mecânica (VM) quando internadas em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). A VM, apesar de trazer benefícios, está associada a efeitos deletérios que podem ser minimizados com o uso da Tomografia por Impedância Elétrica (TIE). OBJETIVO: Analisar o perfil epidemiológico e parâmetros ventilatórios de puérperas que evoluíram com Síndrome HELLP, Sepse e/ou Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo (SDRA), sob VM e monitoradas com a TIE. MÉTODOS: Estudo observacional, transversal retrospectivo e prospectivo, realizado entre março e setembro de 2018, por meio de fichas de coletas preenchidas a partir de banco de dados/prontuários sociodemográficos, obstétricos e ventilatórios de puérperas internadas em UTI. RESULTADOS: Amostra composta por 13 puérperas, oito com Sepse (61,5%), sete com Síndrome HELLP (53,8%) e quatro com SDRA (30,8%), demonstrando que cinco (38,5%) pacientes evoluíram com mais de uma dessas patologias. Acerca dos parâmetros ventilatórios avaliados, observou-se VT 378.9 (± 103.9) e que valores médios encontrados para PEEP 9.8 (±1.9) e driving pressure 11.1 (±1.4) estão abaixo dos preconizados pela literatura, predizendo menores índices de mortalidade e morbidade. CONCLUSÃO: Demonstrou-se relevância da avaliação de driving pressure no cenário da VM, parâmetro avaliado por meio da TIE e diretamente relacionado à Cst, PEEP, VT e otimização da ventilação pulmonar regional. Destaca-se a necessidade de pesquisas futuras que apresentem maiores significâncias clínicas voltadas ao perfil de puérperas em relação às doenças cada vez mais frequentes nesta população.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Complicações Infecciosas na Gravidez , Síndrome do Desconforto Respiratório do Adulto , Síndrome HELLP , Período Pós-Parto , Respiração Artificial , Perfil de Saúde , Impedância Elétrica , Unidades de Terapia Intensiva
4.
ABCS health sci ; 45: [1-5], 02 jun 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS (Américas) | ID: biblio-1097538

RESUMO

INTRODUCTION: The current context of multiprofessional approach in health is based on quality of care and patient safety, with the key contribution of the dentist in the hospital team to improve the health of hospitalized patients. OBJECTIVE: To characterize the systemic and buccal profile of patients treated in a medical clinic of a University Hospital from the Brazilian Public Health System, aiming to provide information for guiding dental care in the multidisciplinary attendance in the hospital setting. METHODS: Retrospective observational study carried out on 104 clinical records with data collection about general characteristics, systemic alterations, habits, oral situation and dental treatments of hospitalized patients attended by the dentist. RESULTS: There was a high frequency of hypertensive patients (36.5%) and with cardiac problems (33.6%). A significant association between diabetes (60%) and hypertension (50%) in the age group from 60 to 75 years of age was observed. For most patients, the frequency of oral hygiene was less than three times a day (54.3%), without flossing (85.7%). Biofilm (73.3%), dental calculus (70.5%), prosthesis use (25.7%), with poor hygiene (14.3%) and prosthetic stomatitis (8.6%) were recorded. Among the treatments performed by dentist, basic periodontal therapy (71.4%) and exodontia (39%) were noteworthy. CONCLUSION: The high frequency of biofilm presence, dental calculus, prosthesis with poor hygiene and basic periodontal therapy performed during the hospitalization denote the need for dental care with preventive activities.


INTRODUÇÃO: O contexto atual de abordagem multiprofissional em saúde fundamenta-se na qualidade do atendimento e segurança ao paciente, com contribuição importante do cirurgião-dentista na equipe hospitalar para melhoria de saúde dos hospitalizados. OBJETIVO: Caracterizar o perfil sistêmico e bucal de pacientes atendidos em clínica médica de um Hospital Universitário do Sistema de Saúde Pública do Brasil, visando fornecer subsídios no direcionamento da assistência odontológica ao atendimento multidisciplinar em âmbito hospitalar. MÉTODOS: Foi realizado estudo observacional retrospectivo em 104 fichas clínicas com coleta de dados sobre características gerais, alterações sistêmicas, hábitos, situação bucal e tratamentos odontológicos de pacientes internados, atendidos pelo odontólogo. RESULTADOS: Verificou-se alta frequência de pacientes hipertensos (36,5%) e com problemas cardíacos (33,6%). Observou-se associação significativa de diabetes (60%) e hipertensão (50%) na faixa etária de 60 a 75 anos de idade. Para a maioria dos pacientes, a higiene bucal foi realizada menos que três vezes ao dia (54,3%), sem uso de fio dental (85,7%). Biofilme (73,3%), cálculo dental (70,5%), uso de próteses (25,7%), com higiene deficiente (14,3%), e estomatite protética (8,6%) foram registradas. Dentre os tratamentos realizados, destacam-se a terapia básica periodontal (71,4%) e exodontias (39%). CONCLUSÃO: A alta frequência de presença de biofilme, cálculo dental, próteses com higiene deficiente e a terapia básica periodontal executada durante o período de internação denotam a necessidade de atuação odontológica com atividades preventivas.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Perfil de Saúde , Saúde Bucal , Assistência Odontológica Integral , Hospitalização , Hospitais Universitários
5.
Rev. salud pública ; 22(2): e387373, mar.-abr. 2020. tab, graf
Artigo em Espanhol | LILACS (Américas) | ID: biblio-1115878

RESUMO

RESUMEN Objetivo El trabajo tiene como objetivo analizar la dinámica del comportamiento de la COVID-19 en el Perú, estimar y evaluar el impacto de la política pública de supresión (cuarentena). Métodos El modelo epidemiológico SIR y la estimación con el método de Mínimos Cuadrados Ordinarios (MCO). Resultados Se encontró que el número básico de propagación (Ro) cayó de 6,0 a 3,2 habiéndose reducido en 54% por efecto de la estrategia de supresión, y dos meses después cayó a 1,7. Sin embargo, sigue siendo alto y evidencia que aún continúa en expansión el nivel de infectados, con los efectos sociales y económicos adversos que esta medida implica. Conclusión La COVID-19 es una enfermedad que crece exponencialmente, por lo cual, la política de salud basada en la estrategia de supresión ha permitido aplanar la curva de contagio, evitando el colapso del Sistema de Salud.(AU)


ABSTRACT Objective The objective of the study is to analyze the behavior dynamics of COVID-19 in Peru, estimate and evaluate the impact of the suppression public policy (quarantine). Methods The SIR epidemiological model and the estimation with the ordinary Least Squares (OLS) method. Results It was found that the basic number of propagation (Ro) fell from 6,0 to 3,2 having been reduced by 54% due to the suppression strategy; and two months later it falls to 1,7. However, it remains high and evidence that the level of those infected continues to expand with its adverse social and economic effects. Conclusion: COVID-19 is a disease that grows exponentially, and that the health policy based on the suppression strategy has allowed to flatten the contagion curve, thus avoiding the collapse of the Health System.(AU)


Assuntos
Humanos , Política Pública , Economia da Saúde , Quarentena/organização & administração , Infecções por Coronavirus/epidemiologia , Peru/epidemiologia , Perfil de Saúde , Dinâmica não Linear
6.
Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) ; 33: 1-12, 03/01/2020.
Artigo em Inglês, Português | LILACS (Américas) | ID: biblio-1117636

RESUMO

Objetivo: Descrever o serviço de referência de doença de Chagas e o perfil clínico e epidemiológico dos usuários. Métodos: Estudo transversal de dados secundários realizado no serviço de referência dos casos crônicos de doença de Chagas, localizado em uma região endêmica do estado de Pernambuco, no período de 2017 a 2018. Obtiveram-se dados provenientes de dezenove usuários com sorologia reagente por meio de dois métodos de princípios distintos ou com diferentes preparações antigênicas. Analisaram-se variáveis sociodemográficas, clínicas, diagnósticas e terapêuticas, além de fluxo de atendimento e oferta assistencial. A análise descritiva utilizou média, desvio padrão e frequência absoluta. Resultados: A média de idade dos casos é de 55 anos, com desvio padrão de ±14, sexo feminino, procedente da zona urbana. Todos os usuários residem ou residiram em casa de taipa. A hipertensão arterial sistêmica caracterizou-se como sendo a comorbidade prevalente, assim como o estágio B1 da forma cardíaca. Os usuários apresentaram megaesôfago, fatores predisponentes à insuficiência cardíaca e familiares com doença de Chagas. Apenas um caso fez tratamento com o benznidazol, com uma média de 2,7±2,2 de medicações para as comorbidades por usuário. Conclusão: Os usuários estiveram inseridos em um contexto de vulnerabilidade socioambiental por residirem em casas de taipa, pela predominância do comprometimento cardíaco e agravamento das condições clínicas pela presença das comorbidades e uso de tabaco. Além disso, os usuários enfrentam dificuldade na marcação de consultas e exames, bem como no acesso a medicações.


Objective: To describe a reference center for Chagas disease and the clinical and epidemiological profile of users. Methods: A cross-sectional study of secondary data was conducted at a reference center for chronic cases of Chagas disease located in an endemic region of the state of Pernambuco from 2017 to 2018. Data were collected from nineteen users with reactive serology obtained by two methods of different principles or with different antigenic preparations. Sociodemographic, clinical, diagnostic and therapeutic variables were analyzed. Care flow and care offer were also analyzed. Descriptive analysis used mean, standard deviation and absolute frequency. Results: The mean age of the cases was 55 years with a standard deviation of ±14. Most users were women and lived in urban areas. All the users currently live or have lived in wattle and daub houses. Systemic arterial hypertension and stage B1 heart disease were the most prevalent comorbidities. The users had megaesophagus, predisposing factors for heart failure and family members with Chagas disease. Only one case was treated with benznidazole and the mean number of medications for comorbidities was 2.7±2.2 per user. Conclusion: The users were inserted in a context of socioenvironmental vulnerability because they lived in wattle and daub houses, presented a predominance of heart failure and worsening of clinical conditions due to the presence of comorbidities and tobacco use. In addition, the users face difficulties in making appointments and exams and accessing medications.


Objetivo: Describir el servicio de referencia de la enfermedad de Chagas y el perfil clínico y epidemiológico de los usuarios. Métodos: Estudio transversal de datos secundarios realizado en el servicio de referencia de los casos crónicos de la enfermedad de Chagas localizado en una región endémica del estado de Pernambuco en el periodo entre 2017 y 2018. Se obtuvieron los datos de diecinueve usuarios de serología reactiva a través de dos métodos de principios distintos o con distintas preparaciones antigénicas. Se analizaron las variables sociodemográficas, las clínicas, las diagnósticas y las terapéuticas además del flujo de la atención y la oferta de la asistencia. Para el análisis descriptivo se utilizó la media, la desviación típica y la frecuencia absoluta. Resultados: La media de edad de los casos es de 55 años con desviación típica de ±14, sexo femenino y de la zona urbana. Todos los usuarios viven o han vivido en casa de tapia. La hipertensión arterial sistémica se caracterizó como la comorbilidad más prevalente así como la fase B1 de la forma cardíaca. Los usuarios presentaron el mega esófago, los factores predisponentes para la insuficiencia cardíaca y familiares con enfermedad de Chagas. Solamente un caso ha realizado el tratamiento con el benznidazol, con una media de 2,7±2,2 de medicaciones para las comorbilidades por usuario. Conclusión: Los usuarios se han inseridos en un contexto de vulnerabilidad socio ambiental por el hecho de vivir en casas de tapia, por el predominio del comprometimiento cardiaco y el empeoramiento de las condiciones clínicas por la presencia de las comorbilidades y el uso del tabaco. Además de eso, los usuarios afrontan la dificultad para la marcación de las consultas y pruebas así como para el acceso a las medicaciones.


Assuntos
Perfil de Saúde , Doença Crônica , Doença de Chagas , Atenção à Saúde , Monitoramento Epidemiológico , Pesquisa sobre Serviços de Saúde
7.
J. Health Biol. Sci. (Online) ; 8(1)01/01/2020. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: biblio-1095352

RESUMO

Objetivos: investigar as internações por doenças respiratórias no Triângulo Mineiro (Minas Gerais, Brasil), discutindo-as no contexto da atenção em saúde, e a pandemia de COVID-19. Métodos: estudo epidemiológico, descritivo e quantitativo sobre as doenças do aparelho respiratório nas macrorregiões de saúde Triângulo do Norte e Triângulo do Sul, de janeiro de 2014 a dezembro de 2019. Foram utilizados dados provenientes do Sistema de Informação Hospitalar do Sistema Único de Saúde (SIH/SUS), disponíveis no endereço eletrônico do Departamento de Informática do SUS (DATASUS). Os dados foram apresentados por números absolutos, frequência relativa e medidas de tendência central. Resultados: nesse período, houve 76.745 internações por doenças do aparelho respiratório no Sistema Único de Saúde (SUS), com aspecto crescente desde 2018. As cidades de Uberlândia e Uberaba somam juntas quase metade desse total. Com os serviços hospitalares e profissionais foram gastos, aproximadamente, 90 milhões de reais. As faixas etárias cuja internação foi mais frequente foram a de 1 a 4 anos e a de 80 anos ou mais. As maiores frequências de óbitos concentraram-se no segundo e terceiro trimestre do ano e entre os indivíduos acima de 60 anos. Conclusões: O contexto caótico e oneroso ao SUS, decorrente das internações por doenças respiratórias, agravar-se-á ao se somar ao cenário de pandemia por COVID-19. Por isso, é imperiosa a prevenção dos fatores de risco e a promoção de saúde por meio da melhora na atenção primária em saúde, bem como a ampliação e a reorganização da rede hospitalar.(AU)


Objective: to investigate the hospitalizations for respiratory diseases in the Triângulo Mineiro (Minas Gerais, Brazil), and discuss them in the context of health care and the COVID-19 pandemic. Methods: epidemiologic, descriptive, and quantitative study on Respiratory Tract Diseases in Triângulo do Norte and Triângulo do Sul health macroregions, from January 2014 to December 2019. It was used data from the Informational Hospital System of the Unified Health System (SIH/SUS), available at the electronic address of the Information Technology Department of Unified Health System (DATASUS). Data were presented by absolute numbers, relative frequency, and central tendency measures. Results: in this period, there were 76.745 hospitalizations for Respiratory Tract Diseases at SUS, with a growing aspect since 2018. Uberlandia and Uberaba cities together add up to half of that amount. It was spent approximately 90 million of Brazilian Reals currency on hospital and professional services. The age groups whose hospitalization was more frequent were from 1 to 4 years and 80 years or more. Most deaths were concentrated in the second and third trimesters of the year and among individuals over 60 years of age. Conclusions: the chaotic and onerous context to SUS resulting from hospitalizations for respiratory tract diseases will become more severe by adding the COVID-19 pandemic scenario. Therefore, it is imperative to prevent risk factors and promote health by improving primary health care, as well as the hospital network ampliation and reorganization.(AU)


Assuntos
Humanos , Sistema Único de Saúde , Perfil de Saúde , Infecções por Coronavirus/epidemiologia , Atenção à Saúde , Doenças Respiratórias/epidemiologia , Estudos Epidemiológicos , Epidemiologia Descritiva
8.
J. Health Biol. Sci. (Online) ; 8(1): 1-5, 01/01/2020. ilus
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: biblio-1100457

RESUMO

Objetivo: traçar o perfil e a capacidade funcional de sujeitos com Doença de Huntington (DH) atendidos em um ambulatório de fisioterapia do Distrito Federal. Método: trata-se de um estudo transversal em que foram aplicados um questionário para coletar informações gerais para traçar o perfil, além do índice de Barthel, escala Lawton para medir grau de independência para as atividades de vida diária, força de preensão palmar por meio do dinamômetro JAMAR®, equilíbrio por meio da escala de equilíbrio de Berg, declínio cognitivo por meio da Montreal Cognitive Assessment (MoCA), e risco de disfagia utilizando a Eating assessment tool (EAT-10). Resultados: foram avaliados sete sujeitos, 58% homens e 42% mulheres com média de idade de 45,8±10,5 anos e tempo médio de diagnóstico de 7,5±4,2 anos. Todos apresentam redução da força de preensão palmar (21,1±7,3 Kg/F) e declínio cognitivo (13,1±4,2 pontos) no MoCA. Sobre o risco de cair, este se fez presente em todos os participantes com o risco de disfagia. Conclusão: os indivíduos com Doença de Huntington apresentaram déficit cognitivo, diminuição da força de preensão palmar e alterações de marcha; porém, ainda mantêm independência para as atividades básicas de vida diária , além de risco para a disfagia.


Objective: to outline the profile and functional capacity of subjects with Huntington's disease (HD) attended at a physiotherapy clinic in the Federal District. Methods: This is a cross-sectional study in which a questionnaire was used to collect general information to profile, besides Barthel index, Lawton scale to measure the degree of independence for the activities of daily life, palmar grip strength using the JAMAR® dynamometer, balance by means of Berg balance scale, cognitive decline by means of the Montreal Cognitive Assessment (MoCA), and risk of dysphagia using the Eating assessment tool (EAT-10). Results: Seven subjects were evaluated, 58% male and 42% female with mean age of 45.8 ± 10.5 years and mean diagnosis time of 7.5 ± 4.2 years. All presented reduced palmar grip strength (21.1 ± 7.3 Kg / F) and cognitive decline (13.1 ± 4.2 points) in MoCA. About the risk of falling this was present in all partcipants as well as the risk of dysphagia. Conclusion: The individuals with Huntington's disease presented cognitive deficit, decreased palmar grip strength and gait alterations, however still maintains independence for the basic activities of daily life, besides risk for dysphagia.


Assuntos
Doença de Huntington , Perfil de Saúde , Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde
9.
Rev Rene (Online) ; 21: 42145, 2020.
Artigo em Português | LILACS (Américas), BDENF | ID: biblio-1053126

RESUMO

Objetivo: caracterizar o perfil socioclínico epidemiológico da população com estomia atendida em um centro de referência. Métodos: estudo transversal com 255 prontuários do Serviço de Atenção Básica à Pessoa Ostomizada submetidos a uma análise descritiva e estatística (teste qui-quadrado e teste exato de Fisher). Resultados: 54,1% eram homens, 56,5% idosos, 50,2% brancos, 46,7% tinham companheiro, 59,2% com até o ensino fundamental e 34,5% aposentados. Pessoas com colostomia, 71,4%, sendo 33,7% temporárias, 69,4% por neoplasias e 17,3% apresentaram dermatite. Somente uma correlação entre presença de complicações e sexo dos pacientes foi observada (p=0,037). Conclusão: os dados indicam predominância de idosos, do sexo masculino, brancos, com companheiro, aposentados e de baixa escolaridade. Pessoas com colostomia temporárias por neoplasia, com dermatite como principal complicação prevaleceram, tendo uma correlação entre o sexo e a complicação apresentada.(AU)


Assuntos
Perfil de Saúde , Estomia , Cuidados de Enfermagem
10.
Nursing (Säo Paulo) ; 23(262): 3633-3637, mar.2020.
Artigo em Português | LILACS (Américas), BDENF | ID: biblio-1100050

RESUMO

Objetivo: Realizar levantamento epidemiológico das psicopatologias mais frequentemente atendidas em um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) II no município do entorno do Distrito Federal. Método: Estudo transversal descritivo com coleta de dados por análise documental realizada com 2848 registros de atendimento de um CAPS II do município de Valparaíso de Goiás. Resultados: O maior número de atendimentos foi relacionado transtorno de pânico (20,5%). Os menores números de atendimento foram para o episódio depressivo moderado (1,8%). Conclusão: Com relação à cobertura de contingente populacional, a atenção em saúde mental da região estudada é adequada. Em relação ao seu perfil, atendimentos a pacientes com transtorno de pânico foram predominantes. Conhecer o perfil epidemiológico dos atendimentos permite melhor direcionar o cuidado, mas é preciso também traçar estratégias que visem à prevenção do adoecimento quando possível e a promoção da saúde mental.(AU)


Objective: To conduct an epidemiological survey of the psychopathologies most frequently attended at a Psychosocial Care Center (CAPS) II in the city around the Federal District. Method: Descriptive cross-sectional study with data collection by document analysis performed with 2848 records of attendance of a CAPS II of the city of Valparaíso de Goiás. Results: The largest number of visits was related to panic disorder (20.5%). The lowest attendance numbers were for the moderate depressive episode (1.8%). Conclusion: With regard to population contingent coverage, mental health care in the studied region is adequate. Regarding their profile, attendance to patients with panic disorder was predominant. Knowing the epidemiological profile of care allows better directing care, but it is also necessary to outline strategies aimed at preventing illness when possible and promoting mental health.(AU)


Objetivo: Realizar una encuesta epidemiológica de las psicopatologías más frecuentemente atendidas en un Centro de Atención Psicosocial (CAPS) II en la ciudad alrededor del Distrito Federal. Método: Estudio transversal descriptivo con recolección de datos mediante análisis documental realizado con 2848 registros de asistencia de un CAPS II de la ciudad de Valparaíso de Goiás. Resultados: El mayor número de visitas estuvo relacionado con el trastorno de pánico (20.5%). Los números de asistencia más bajos fueron para el episodio depresivo moderado (1.8%). Conclusión: Con respecto a la cobertura contingente de la población, la atención de salud mental en la región estudiada es adecuada. En cuanto a su perfil, predominó la asistencia a pacientes con trastorno de pánico. Conocer el perfil epidemiológico de la atención permite dirigir mejor la atención, pero también es necesario delinear estrategias destinadas a prevenir enfermedades cuando sea posible y promover la salud mental.(AU)


Assuntos
Humanos , Psicopatologia , Saúde Mental , Assistência à Saúde Mental , Serviços de Saúde Mental , Perfil de Saúde , Promoção da Saúde
11.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 12: 257-262, jan.-dez. 2020. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS (Américas), BDENF | ID: biblio-1047911

RESUMO

Objetivo: identificar o perfil epidemiológico dos usuários atendidos em ação de saúde na Baixada Litorânea do Rio de Janeiro. Método: trata-se de um estudo descritivo, retrospectivo, exploratório de natureza quantitativa que utilizou como delineamento a pesquisa documental por meio da análise de dados secundários. Resultados: foram avaliados 746 registros, com prevalência do sexo feminino (69,7%), idade entre 20 e 29 anos (41,6%), ensino superior incompleto (63,9%) e estado civil solteiro (69,4%). O sexo masculino apresentou uma média mais elevada de níveis pressóricos quando comparado com as mulheres. Evidenciou-se que com o avançar da idade e baixa escolaridade, maiores são os níveis de pressão arterial e glicêmicos. Conclusão: estudos que ampliam o conhecimento sobre o perfil epidemiológico de uma população representam uma ferramenta importante para subsidiar o cuidado em saúde


Objective: to reveal the epidemiological profile of the users met in health action in the Coastal Lowlands of Rio de Janeiro. Method: this is a descriptive study, retrospective, exploratory quantitative in nature used as documentary research design through the analysis of secondary data. Results: 746 records were evaluated, with female prevalence (69.7%), age between 20 and 29 years (41.6%), incomplete higher education (63.9%) and marital status single (69.4%). Males showed an average blood pressure higher when compared with the female. It was evidenced that with advancing age and lower educational level, the greater the blood pressure and blood glucose levels. Conclusion: it is considered that studies about the knowledge of the epidemiological profile of a population becomes an important tool to support health actions


Objetivo: identificar el perfil epidemiológico de los usuarios se reunieron en la acción sanitaria en las tierras bajas costeras de Río de Janeiro. Método: se trata de un estudio descriptivo, retrospectivo, utilizado cuantitativo en naturaleza exploratoria como diseño de investigación documental a través del análisis de datos secundarios. Resultados: se evaluaron registros de 746, con predominio femenino (69.7%), edad entre 20 y 29 años (41.6%), educación superior incompleta (63.9%) y el estado civil solo (69,4%). Los varones mostraron mayor los niveles de presión arterial media en comparación con las mujeres. Se evidenció que con el avance de edad y menor nivel educativo, mayor será los niveles de glucosa en sangre y presión arterial. Conclusión: estudios que amplían el conocimiento sobre el perfil epidemiológico de una población representan una herramienta importante para apoyar la atención de la salud


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Doença Crônica/epidemiologia , Estudos Retrospectivos , Doenças não Transmissíveis/epidemiologia , Fatores Socioeconômicos , Perfil de Saúde , Brasil/epidemiologia , Diabetes Mellitus , Hipertensão
12.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 12: 946-952, jan.-dez. 2020. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS (Américas), BDENF | ID: biblio-1117008

RESUMO

Objetivo: Identificar o perfil dos pacientes acometidos com traumatismo cranioencefálico atendidas em um hospital público de Teresina. Método: Estudo descritivo, exploratório, retrospectivo, documental de abordagem quantitativa realizado em um hospital público de Teresina-PI. Os dados foram coletados no período set/out/ de 2016 e janeiro de 2017 por meio de pesquisa nos prontuários através do formulário elaborado pelas pesquisadoras. Resultados: Registraram-se 1603 internações com o diagnóstico de traumatismo cranioencefálico destes, 5,67% tiveram traumatismo cranioencefálico leve, 92,67% moderado e 1,67% grave. Houve predomínio da faixa etária de 18 a 29 anos, sexo masculino, solteiro e o ensino fundamental. Nesta busca, 19,33% dos pacientes foram a óbito. Conclusão: Conclui-se que o perfil do paciente acometido por trauma cranioencefálico, no hospital estudado, é caracterizado por um predomínio do sexo masculino com uma faixa etária de 19 a 29 anos, solteiros e com escolaridade de até o ensino fundamental


Objective: This study meant to identifying the traumatic brain injury patients' profile in a public hospital of Teresina city, Piauí State, Brazil. Methods: It is a descriptive-exploratory, retrospective and documental study with a quantitative approach, which was performed in a public hospital from Teresina city. Data collection took place from September 2016 to January 2017 by researching medical records based on a developed form. Results: Considering the total number of traumatic brain injury hospitalizations, 5.67% were mild, 92.67% were moderate, and 1.67% were severe injuries. There was a predominance of single males within the age group from 19 to 29 years old, holding at most elementary school education. According to the study results, 19.33% of the patients died. Conclusion: It was concluded that the traumatic brain injury patients' profile is characterized by a predominance of single males within the age group from 19 to 29 years old, holding at most elementary school education


Objetivo: identificar el perfil de los pacientes acometidos con traumatismo craneoencefálico atendidos en un hospital público de Teresina. Método: Estudio descriptivo, exploratorio, retrospectivo, documental de abordaje cuantitativo realizado en un hospital público de Teresina-PI. Los datos fueron recolectados en el período set / out / de 2016 y enero de 2017 por medio de investigación en los prontuarios a través del formulario elaborado por las investigadoras. Resultados: Se registraron 1603 internaciones con el diagnóstico de traumatismo craneoencefálico de éstos, 5,67% tuvieron traumatismo craneoencefálico leve, 92,67% moderado y 1,67% grave. Se observó predominio del grupo de edad de 18 a 29 años, sexo masculino, soltero y la enseñanza fundamental. En esta búsqueda, el 19,33% de los pacientes fueron a muerte. Conclusión: Se concluye que el perfil del paciente acometido por trauma craneoencefálico, en el hospital estudiado, se caracteriza por un predominio del sexo masculino con una franja etaria de 19 a 29 años, solteros y con escolaridad de hasta la enseñanza fundamental


Assuntos
Humanos , Masculino , Adolescente , Adulto , Perfil de Saúde , Acidentes de Trânsito/prevenção & controle , Traumatismos Craniocerebrais/mortalidade
13.
Rev Rene (Online) ; 21: e43618, 2020. tab
Artigo em Português | LILACS (Américas), BDENF | ID: biblio-1115151

RESUMO

RESUMO Objetivo caracterizar população atendida em Programa de Assistência a Estomizados. Métodos estudo transversal, com base nos dados do Programa de Assistência a Estomizados. População de 852 pacientes cadastrados. Utilizou-se de formulário contendo variáveis sociodemográficas e clínicas. Dados analisados por comparação de médias, empregando-se o teste t de Student e a análise de variância. Resultados a faixa etária mais exposta ao procedimento cirúrgico investigado foi a de adultos/ idosos (93,0%), do sexo masculino (52,5%). As malformações congênitas e neoplasias foram as principais causas de estomias para o grupo de crianças e adultos/idosos, respectivamente. Conclusão a faixa etária mais exposta ao procedimento estudado foi a de adultos/idosos, do sexo masculino e oriundos da região metropolitana do estado investigado. Entre crianças, as malformações congênitas requereram confecção de ileostomia temporária; entre adultos/idosos, a neoplasia correspondeu à indicação mais frequente de colostomias permanentes.


ABSTRACT Objective to characterize the population served by the Assistance Program for Ostomy Patients. Methods cross-sectional study, based on data from the Assistance Program for Ostomy Patients. Population of 852 registered patients. A form containing sociodemographic and clinical variables was used. Data analyzed by average comparison, using Student's 't' test and analysis of variance. Results the age group most exposed to the investigated surgical procedure was adult/elderly (93.0%), male (52.5%). Congenital malformations and neoplasms were the main causes of ostomy for the group of children and adults/elderly, respectively. Conclusion the age group most exposed to the studied procedure was adult/elderly, male and from the metropolitan region of the investigated state. Among children, congenital malformations required the making of a temporary ileostomy; among adults/elderly, the neoplasm corresponded to the most frequent indication of permanent colostomies.


Assuntos
Perfil de Saúde , Estomas Cirúrgicos , Cuidados de Enfermagem
14.
São Paulo; s.n; 2020. 77 p. ilus.
Tese em Português | LILACS (Américas), Inca | ID: biblio-1116247

RESUMO

Introdução: O Câncer de Pênis configura-se como uma neoplasia maligna do sistema urogenital, diretamente associado ao desenvolvimento socioeconômico de uma população, refletindo dificuldades no acesso ao sistema de saúde e falta de medidas preventivas. Traz consigo sérias implicações de ordem física, emocional, social e familiar. Apresenta desproporcional distribuição geográfica mundial, nacional e regional, com maior magnitude em regiões economicamente desfavorecidas. Sua incidência é maior em homens com idade acima de 50 anos. No Brasil concentra 2% de todos os tipos de câncer masculino, sendo mais frequente nas regiões norte e nordeste. Desta forma, é uma questão de interesse para a saúde pública pelo seu potencial de prevenção por meio de medidas, comportamentais, assistenciais. Seu prognóstico favorável depende da precocidade do diagnóstico em função da estreita relação das características histopatológicas para o adequado tratamento. O conhecimento das características epidemiológicas nacionais, regionais deste câncer é primordial para a proposição de políticas de saúde pública para o seu controle. Objetivos: Conhecer o perfil epidemiológico do Câncer de Pênis no estado de Mato Grosso e os seus aspectos histopatológicos nos pacientes diagnosticados em Mato Grosso e no Hospital do Câncer de Mato Grosso na série histórica de 2010 a 2015 (janeiro a dezembro), estabelecendo associações entre as variáveis analisadas: variáveis demográficas; hábitos de vida e variáveis referentes ao tumor; tratamento, seguimento dos casos e mortalidade por Câncer de Pênis. Materiais e Métodos: Estudo observacional, longitudinal, analítico de caso-controle (série histórica de 2010 a 2015) com a utilização de dados do Registro Hospitalar de Câncer (RHC), prontuários, laudos histopatológicos. A amostra foi composta por homens com Câncer de Pênis diagnosticados em Mato Grosso e especificamente na Fundação Hospital do Câncer de Mato Grosso. A análise dos dados foi por meio do Teste χ2 com significância de 5% (p < 0,05). Resultados: Os resultados da análise dos dados do RHC, revelaram que no período em análise houve o registro de 61 casos de Câncer de Pênis em Mato Grosso sendo 0,68% do total das neoplasias entre os homens, estando aquém dos resultados divulgados pelo INCA que apresenta o Câncer de Pênis com 2,0% do total de câncer entre os homens. Os indígenas no Mato Grosso foram representados por 1,64% dos casos de Câncer de Pênis, resultado superior ao encontrado em vários outros estudos. Os resultados demostraram que 91,8% dos casos foram classificados como Câncer de Pênis SOE, portanto acima do recomendado (< 3,0%). Houve diagnóstico microscópico, em 100%, dos diagnósticos, sendo um indicador positivo (≥ 95,0) pautado nas padronizações nacionais e internacionais do INCA e da Candian Cancer Surveillance. Em relação à mortalidade por Câncer de Pênis em homens residentes em Mato Grosso, o ano de 2012 foi o que apresentou a maior taxa bruta de mortalidade 0,43/100.000 homens), estando acima da taxa bruta de mortalidade por Câncer de Pênis no Brasil no ano de 2018 com 0,33/100.000 homens, caracterizando-se como situação preocupante, por ser um tipo raro de câncer. Os resultados obtidos demonstram que a Fundação Hospital do Câncer de Mato Grosso foi a responsável por atender 71,44% dos casos de Câncer de Pênis ocorridos em Mato Grosso, sendo a localização primária SOE registrada em 92,50% dos casos. Quanto ao tipo histológico 70,0% dos casos era Carcinoma Epidermóide. Os indígenas representaram 2,5%. Quanto à procedência dos pacientes 77,50% era proveniente de regiões do interior do estado. Conclusão: O Câncer de Pênis relaciona-se ao autocuidado, por meio da higiene intima, busca rotineira pelos serviços de saúde, entre outros fatores. Seu prognóstico depende da precocidade do diagnóstico. É reconhecido que o homem utiliza menos os serviços disponíveis na Atenção Básica à Saúde, se comparado com o segmento feminino, o que determina, entre outros fatores o diagnóstico tardio do Câncer de Pênis. Os resultados apresentados, reforçam as razões para exploração dos aspectos epidemiológicos, e proposições políticas para efetivar a prevenção e diagnóstico precoce desta neoplasia na Atenção Básica.


Introduction: Penile Cancer is a malignant neoplasm of the urogenital system, directly associated with the socioeconomic development of a population, reflecting difficulties in accessing the health system and lack of preventive measures. It has serious physical, emotional, social and family implications. It presents a disproportionate geographical distribution worldwide, nationally and regionally, with greater magnitude in economically disadvantaged regions. Its incidence is higher in men over 50 years of age. In Brazil it concentrates 2% of all types of male cancer, being more frequent in the north and northeast regions. Thus, it is a matter of interest to public health because of its potential for prevention through measures, behavioral, assistance. Its favorable prognosis depends on the early diagnosis due to the close relationship of histopathological characteristics for adequate treatment. Knowledge of the national and regional epidemiological characteristics of this cancer is essential for proposing public health policies for its control. Objectives: To know the epidemiological profile of Penile Cancer in the state of Mato Grosso and its histopathological aspects in patients diagnosed in Mato Grosso and at the Cancer Hospital of Mato Grosso (HC) in the historical series from 2010 to 2015 (January to December), establishing associations between the variables analyzed: demographic variables; lifestyle and variables related to the tumor; treatment, follow-up of cases and mortality from Penile Cancer. Materials and Methods: Observational, longitudinal, analytical case-control study (historical series from 2010 to 2015) using data from the Hospital Cancer Registry (RHC), medical records, histopathological reports. The sample consisted of men with Penile Cancer diagnosed in Mato Grosso and specifically at the Cancer Hospital Foundation of Mato Grosso. Data analysis was performed using the χ2 test with a 5% significance level (p <0.05). Results: The results of the analysis of the RHC data revealed that in the period under analysis there was a record of 61 cases of Penile Cancer in Mato Grosso, being 0.68% of the total neoplasms among men, being below the results published by the INCA that presents Penile Cancer with 2.0% of the total cancer among men. The indigenous people in Mato Grosso were represented by 1.64% of the cases of Penile Cancer, a result superior to that found in several other studies. The results showed that 91.8% of the cases were classified as WOS Penile Cancer, therefore above the recommended (<3.0%). There was a microscopic diagnosis, in 100% of the diagnoses, being a positive indicator (≥ 95.0) based on the national and international standards of INCA and Candian Cancer Surveillance. Regarding mortality from Penile Cancer in men living in Mato Grosso, 2012 was the year with the highest gross mortality rate of 0.43 / 100,000 men), being above the crude mortality rate from Penile Cancer in Brazil in 2018 with 0.33 / 100,000 men, characterized as a worrying situation, as it is a rare type of cancer. The results obtained demonstrate that the Hospital do Câncer de Mato Grosso Foundation was responsible for attending 71.44% of the Penile Cancer cases that occurred in Mato Grosso, with the primary WOS location being registered in 92.50% of the cases. As for the histological type, 70.0% of the cases were squamous cell carcinoma. The indigenous represented 2.5%. Regarding the origin of the patients, 77.50% came from the interior of the state. Conclusion: Penile Cancer is related to self-care, through intimate hygiene, routine search for health services, among other factors. Its prognosis depends on the early diagnosis. It is recognized that men use less of the services available in Primary Health Care, when compared to the female segment, which determines, among other factors, the late diagnosis of Penile Cancer. The results presented, reinforce the reasons for exploring the epidemiological aspects, and political proposals to effectively prevent this neoplasia in Primary Care.


Assuntos
Humanos , Masculino , Neoplasias Penianas , Perfil de Saúde , Inquéritos e Questionários , Saúde do Homem , Estudo Observacional
15.
Rev. Ciênc. Plur ; 6(1): 119-136, 2020. tab
Artigo em Português | LILACS (Américas), BBO | ID: biblio-1052872

RESUMO

Introdução: A Organização Mundial de Saúde avalia que aproximadamente 28% a 42% das pessoas acima de 65 anos sofrem quedas anualmente, e 5 a 10% destas evoluem para óbito. Objetivo: Verificar o perfil epidemiológico de óbitos por quedas em idosos entre 2007 e 2016. Método: Busca de artigos com descritores: Idoso; Óbito; Envelhecimento; Perfil de Saúde; Acidentes por Quedas; nas bases de dados CAPES, SciELO, BVS; entre 2007 e 2016; utilizando Idiomas: Inglês, português, espanhol; Incluídos artigos cujo objetivo avaliou os óbitos por quedas em idosos excluindo os que não possuíam informações sobre quedas ou continham a informação queda como fator de risco para mortalidade sem o desfecho óbito. Resultados: Triados oito artigos, seis utilizaram estudos retrospectivos entre 1996 a 2011 tendo o Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) como base. Foram encontrados percentuais gerais de óbitos por quedas em idosos entre 0,61% e 0,69% e 7,15% das causas externas. A Mortalidade Específica por quedas variou entre 15 a 29%. O Coeficiente de Mortalidade Específico variou de 24,06 a 35,83/100000hab. Gênero, raça, estado civil e escolaridade não apresentaram avaliações que permitissem análise mais efetiva. Todos os estudos apontaram que quanto maior a idade, maior o risco de óbito por queda. Os estudos baseados no SIM apontaram para a limitação da qualidade do dado coletado, onde o óbito por queda pode estar mascarado por outras causas. Conclusões: Encontradas informações insuficientes para traçar o perfil epidemiológico da populaçãoidosa que vem a óbito por quedas, assim como disparidades entre taxas gerais e específicas de mortalidade. Mostra-se importante a qualificação da causa básica do óbito no preenchimento das informações do SIM, uma vez que o preenchimento incorreto pode mascarar a magnitude deste agravo, suas proporções e coeficientes, prejudicando a avaliação e alocação de políticas públicas que possam reduzir esta mortalidade (AU).


Introduction:The World Health Organization estimates that approximately 28% to 42% of people over 65 suffer falls annually, and 5 to 10% of them die. Objective: To verify the epidemiological profile of deaths due to falls in the elderly between 2007 and 2016. Method: Search for articles with descriptors: Elderly; Death; Aging; Health Profile; Falls Accidents; in the CAPES, SciELO, BVS databases; between 2007 and 2016; using Languages: English, Portuguese, Spanish; Included were articles whose objective evaluated deathsfrom falls in the elderly, excluding those who did not have information about falls or contained information about falls as a risk factor for mortality without the outcome of death. Results: Screened eight articles, six used retrospective studies between 1996 to 2011 using the Mortality Information System (SIM) as a database. General percentages of deaths from falls were found in the elderly between 0.61% and 0.69% and 7.15% of external causes. Specific mortality from falls ranged from 15 to 29%. The Specific Mortality Coefficient ranged from 24.06 to 35.83 / 100000hab. Gender, race, marital status and education did not present evaluations that would allow more effective analysis. All studies pointed out that the older the age, the greater the risk of deathfrom falls. Studies based on SIM pointed to the limitation of the quality of the data collected, where death from falls may be masked by other causes. Conclusions: Insufficient information was found to trace the epidemiological profile of the elderly population that dies from falls, as well as disparities between general and specific mortality rates. It is important to qualify the basic cause of death when filling out SIM information, since incorrect filling can mask the magnitude of this condition, its proportions and coefficients, impairing the evaluation and allocation of public policies that can reduce this mortality (AU).


Introducción:la Organización Mundial de la Saludestima que aproximadamente 28% al 42% de las personas mayores de 65 años sufren caídas anuales, y del 5 al 10% de ellas mueren. Objetivo: verificar el perfil epidemiológico de las muertes por caídas en los ancianos entre 2007-2016. Método: buscar artículos con descriptores: ancianos; Muerte; Envejecimiento Perfil de salud; Accidentes de caídas; en las bases de datos CAPES, SciELO, BVS; entre 2007 y 2016; idiomas: inglés, portugués, español; Se incluyeron artículos cuyo objetivo evaluó las muertes por caídas en los ancianos, excluyendo a aquellos que no tenían información sobre caídas o que contenían información sobre caídas como factor de riesgo de mortalidad sin el resultado de la muerte. Resultados: Ocho artículosencontrados, seis utilizaron estudios retrospectivos entre 1996 y 2011 utilizando el Sistema de Información de Mortalidad (SIM). Porcentajes generales de muertes entre 0,61% y 0,69% y 7,15% de causas externas. La mortalidad específica por caídas osciló entre 15 y 29%. El coeficiente de mortalidadespecífico varió de 24.06 a 35.83 / 100000hab. El género, la raza, el estado civil y la educación no presentaron evaluaciones que permitieran un análisis más efectivo. Todos los estudios señalaron que cuanto mayor es la edad, mayor es el riesgo de muerte por caídas. Los estudios basados en SIM señalaron la limitación de la calidad de los datos, donde la muerte por caídas puede estar enmascarada por otras causas. Conclusiones: se encontró información insuficiente para rastrear el perfil epidemiológico de la población anciana que muere por caídas, edisparidades entre las tasas de mortalidad general y específica. Es importante calificar la causa básica de muerte en laSIM, ya que un llenado incorrecto puede enmascarar la magnitud de esta condición, perjudicando la evaluación y asignación de políticas públicas que puden reducir esta mortalidad (AU).


Assuntos
Perfil de Saúde , Acidentes por Quedas/mortalidade , Saúde do Idoso , Mortalidade , Brasil
16.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 12: 833-839, jan.-dez. 2020. 30
Artigo em Inglês, Português | LILACS (Américas), BDENF | ID: biblio-1102794

RESUMO

Objetivo:Analisar o perfil sociodemográfico e epidemiológico das mulheres com transtornos mentais, com ênfase aos aspectos ginecológicos, reprodutivos e sexuais. Método: Estudo transversal, realizado no Centro de Atenção Psicossocial, com 31 mulheres, com idade igual ou superior a 18 anos e em tratamento regular. Utilizou-se instrumento de coleta estruturado, os dados foram analisados no SPSS versão 18.0. Esse protocolo foi aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa sob o CAAE 56546216.0.0000.5195. Resultados: Houve predominância de mulheres em terapia medicamentosa (96,8%), baixa atividade sexual (61,3%), alta adesão ao exame preventivo de câncer de colo do útero (74,2%) e baixa adesão ao planejamento familiar (77,4%). Conclusão: Para a integralidade do cuidado prestado às mulheres com transtorno mental, usuárias do Centro de Atenção Psicossocial, é necessário um alinhamento entre as políticas de atenção integral a saúde da mulher e saúde mental, via apoio matricial com a atenção primária de saúde


Objective: This study aimed to analyze the sociodemographic and epidemiological profile of women with mental disorders, emphasizing the gynecological, reproductive and sexual aspects. Method: A cross-sectional study, carried out at the Psychosocial Attention Center, with 31 women, aged 18 years or more, undergoing regular treatment. A data collection instrument in a structured format was used and data were analyzed using the SPSS software, version 18.0. This project was approved by one Research Ethics Committee under registration CAAE 56546216.0.0000.5195. Results: There was a predominance of women in drug therapy (96.8%), low sexual activity (61.3%), high adherence to cervical cancer screening test (74.2%) and low adherence to family planning (77.4%). Conclusion: An integral care provided to women with mental disorders, users of the Psychosocial Attention Care, requires an alignment among the policies of integral attention to women's health and mental health, through matrix support with primary health care


Objetivo: Analizar el perfil sociodemografico y epidemiológico de las mujeres con trastornos mentales, con enfasis en los aspectos ginecologicos, reproductivos y sexuales. Método: Estudio transversal, realizado en el Centro de Atencion Psicosocial, con 31 mujeres, con edad igual o superior a 18 anos y en tratamiento regular. Se utilizo instrumento de recoleccion estructurado, los datos fueron analizados en el SPSS version 18.0. Esta investigacion fue aprobada en el Comite de Etica bajo el CAAE 56546216.0.00.00.5195. Resultados: Hubo predominio de mujeres en terapia medicamentosa (96,8%), baja actividad sexual (61,3%), alta adhesion al examen preventivo de cancer de cuello de utero (74,2%) y baja adhesion a la planificacion familiar (74,2%) 77,4%). Conclusión: Para la integralidad del cuidado prestado a las mujeres con trastorno mental usuarias del Centro de Atencion Psicosocial es necesario un alineamiento entre las politicas de atencion integral a la salud de la mujer y de salud mental, a traves del apoyo matricial con la atencion primaria de salud


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Perfil de Saúde , Saúde da Mulher , Serviços de Saúde Comunitária , Transtornos Mentais
17.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 12: 779-785, jan.-dez. 2020. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS (Américas), BDENF | ID: biblio-1102782

RESUMO

Objetivo: Caracterizar, comparar e associar o perfil sociodemográfico e econômico, bem como o comportamento sexual e o conhecimento e presença de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) entre universitários brasileiros e estrangeiros recém-ingressos a uma universidade pública. Métodos: Pesquisa exploratória, descritiva e quantitativa, conduzida com 131 estudantes. Resultados: Houve o predomínio de participantes do sexo masculino, brasileiros e guineenses, solteiros, com parceria eventual e renda familiar de até um salário mínimo. Mais da metade dos participantes brasileiros e estrangeiros tinha iniciado a vida sexual antes dos 18 anos e tinha tido, no mínimo, 2 parceiros. A maior parte dos estudantes sabia o conceito de IST e não tinha contraído qualquer uma delas. Foi observada associação entre ser estrangeiro, ter tido a 1ª relação sexual e conhecer IST. Conclusão: Percebe-se que a realidade dos universitários estrangeiros se assemelha à realidade dos brasileiros, sendo ambos vulneráveis às IST


Objective: To characterize, compare and associate the sociodemographic and economic profile, as well as the sexual behavior and the knowledge and presence of Sexually Transmissible Infections (STI) among Brazilian university students and foreigners recently admitted to an public university. Method: Exploratory, descriptive and quantitative research was conducted with 131 students. Results: There was a predominance of male participants, Brazilian and Guinean, single, with eventual partnership and family income of up to one minimum wage. More than half of the Brazilian and foreign participants had started their sexual life before the age of 18 and had had at least 2 partners. Most students knew the concept of STI and hadn't contracted any of them. An association was observed between being a foreigner, having had the first intercourse and knowing STI. Conclusion: It's perceived that the reality of foreign university students is similar to the reality of Brazilians


Objetivo: Caracterizar, comparar y asociar el perfil sociodemográfico y económico, así como el comportamiento sexual y el conocimiento y presencia de Infecciones Sexualmente Transmisibles (IST) entre universitarios brasileños y extranjeros recién ingresados a uma universidad pública. Métodos: Investigación exploratoria, descriptiva y cuantitativa, conducida con 131 estudiantes. Resultados: Hubo el predominio de participantes del sexo masculino, brasileños y guineanos, solteros, con asociación eventual y renta familiar de hasta un salario mínimo. Más de la mitad de los participantes brasileños y extranjeros había iniciado la vida sexual antes de los 18 años y había tenido al menos 2 socios. La mayoría de los estudiantes sabía el concepto de IST y no había contraído ninguna de ellas. Se observó asociación entre ser extranjero, haber tenido la 1ª relación sexual y conocer IST. Conclusión: La realidade de los universitarios extranjeros se asemeja a la realidad de los brasileños, siendo ambos vulnerables a las IST


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Comportamento Sexual , Estudantes/estatística & dados numéricos , Doenças Sexualmente Transmissíveis/epidemiologia , Fatores Socioeconômicos , Perfil de Saúde , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
18.
Rev. bras. cir. plást ; 34(4): 504-508, oct.-dec. 2019. ilus, tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS (Américas) | ID: biblio-1047913

RESUMO

Introdução: Lesões geradas por queimaduras representam um importante problema de saúde pública, constituindo a quarta causa de morte na infância no Brasil e Estados Unidos. Além disso, poucas são as doenças que trazem prejuízos tão importantes, com considerável morbidade pelo desenvolvimento de sequelas físicas e psicossociais. Diante disso, o objetivo deste estudo é traçar o perfil epidemiológico de crianças de 0-18 anos atendidas em um hospital escola de Curitiba, Paraná. Métodos: Estudo transversal e retrospectivo realizado através da análise de 625 prontuários de internação de crianças de 0-18 anos vítimas de queimaduras, entre janeiro de 2010 a dezembro de 2017. Foram coletadas informações sobre idade, sexo, tempo de internação, óbito, região corporal atingida, extensão da superfície corporal, grau de profundidade, agente etiológico e abordagem terapêutica. Resultados: A maior parte da amostra era composta por lactentes (43%), com média de idade de 12,6 anos. O sexo mais afetado foi o masculino e os pacientes permaneceram cerca de 14,5 dias internados. No estudo, 98% das queimaduras apresentaram como etiologia o agente térmico, principalmente por líquido quente. Em relação ao grau de profundidade, a maioria das queimaduras foram de 2º grau (61,3%), atingindo até 25% de superfície corporal queimada (SCQ), sendo o tronco o mais afetado. Dentre as modalidades de tratamento, 44% dos pacientes necessitaram de intervenção cirúrgica com debridamento e enxertia. Conclusão: Crianças mais novas são mais propensas a sofrerem queimaduras principalmente no ambiente domiciliar e, além disso, uma equipe preparada e capacitada é de crucial importância no prognóstico destes doentes.


Introduction: Injuries caused by burns represent a significant public health problem, constituting the fourth leading cause of childhood death in Brazil and the United States. In addition, few diseases carry such substantial losses as burns, with considerable morbidity due to the development of physical and psychosocial sequelae. This study aimed to outline the epidemiological profile of 0­18-year-old children treated for burns at a teaching hospital in Curitiba, Paraná. Methods: This cross-sectional, retrospective study involved analysis of 625 medical records of 0­18-year-old children who were victims of burns from January 2010 to December 2017. Information was collected on age, sex, length of hospitalization, death, body region affected, burned body surface area (BSA), depth, etiologic agent, and therapeutic approach. Results: A plurality of the sample were infants (43%), and the average age of the sample was 12.6 years. Most of the sample was comprised males, and the patients remained hospitalized for an average of 14.5 days. Of the burns, 98% were caused by thermal agents, particularly hot liquids. Most burns were second-degree burns (61.3%), reaching up to 25% of the BSA, and the most affected region was the trunk. Among the treatment modalities, 44% of the patients needed surgical intervention with debridement and grafting. Conclusion: Younger children are more prone to burns, especially in the home environment. A prepared and qualified team is of crucial importance for optimizing outcomes in these patients.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , História do Século XXI , Cirurgia Plástica , Perfil de Saúde , Queimaduras , Traumatismo Múltiplo , Inquéritos Epidemiológicos , Cirurgia Plástica/métodos , Cirurgia Plástica/estatística & dados numéricos , Queimaduras/cirurgia , Queimaduras/terapia , Traumatismo Múltiplo/cirurgia , Traumatismo Múltiplo/terapia , Inquéritos Epidemiológicos/métodos , Inquéritos Epidemiológicos/estatística & dados numéricos
19.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e45607, jan.-dez. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS (Américas), BDENF | ID: biblio-1099835

RESUMO

Objetivo: identificar o perfil do comportamento suicida entre estudantes de enfermagem de instituição privada de ensino superior do Distrito Federal. Métodos: estudo descritivo, mediante análise estatística, realizado com 1567 estudantes de enfermagem, em 2017. Foram utilizados um questionário sociodemográfico e acadêmico, a Escala de Ideação Suicida de Beck e Mini-Rastreamento de Transtornos Mentais. A pesquisa foi aprovada por Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: a maioria era adulto jovem, do sexo feminino e estudava no período noturno. Verificou-se que 181 (11,55%) estudantes já tinham tentado suicídio e os maiores índices foram apresentados no primeiro, terceiro e quarto semestres do curso. Destes, 36,5% apresentaram pensamentos depressivos, 33,7% sinais de depressão e desesperança e 56,4% permaneciam com ideação suicida. Conclusão: as tentativas de suicídio têm sua maior magnitude entre estudantes mais jovens, dos primeiros dois anos do curso, os quais revelaram índices expressivos para depressão, desesperança e ideação suicida.


Objective: to identify the profile of suicidal behavior among nursing students at a private higher education institution in the Federal District, Brazil. Methods: descriptive study, through statistical analysis, conducted with 1567 nursing students, in 2017. It was used a sociodemographic and academic questionnaire, Beck's Suicidal Ideation Scale and Mini-Screening of Mental Disorders. The research was approved by the Research Ethics Committee. Results: most respondents were young adults, female and night students One hundred and eithy-one students (11,55%) had already attempted suicide and the highest rates were presented in de first, third and fourth semesters of the course. Among them, 36,5% had depressive thoughts, 33,7% showed signs of depression and hopelessness and 56,4% remained with suicidal ideation. Conclusion: suicide attempts have their greatest magnitude among younger students, from the first two years of the course, which revealed expressive rates for depression, hopelessness and suicidal ideation.


Objetivo: identificar el perfil de comportamiento suicida entre estudiantes de enfermería en una institución privada de educación superior en Brasil. Métodos: estudio descriptivo, mediante análisis estadístico, realizado con 1567 estudiantes de enfermería, en 2017. Se utilizó cuestionario sociodemográfico y académico, Escala de ideación suicida de Beck y minidetección de trastornos mentales. La investigación fue aprobada por el Comité de Ética de Investigación. Resultados: la mayoría eran adultos jóvenes, mujeres y estudiavan por la noche; 181 (11,55%) estudiantes ya habían intentado suicidarse y las tasas más altas se presentaron en el primer, tercer y cuarto semestre del curso. De estos, 36,5% tenía pensamientos depresivos, 33,7% mostró signos de depresión y desesperanza y 56,4% permaneció con ideación suicida. Conclusión: los intentos de suicidio tienen su mayor magnitud entre los estudiantes más jóvenes, desde los primeros años del curso, que revelaron tasas expresivas de depresión, desesperanza e ideación suicida.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Estudantes de Enfermagem , Suicídio , Universidades , Perfil de Saúde , Ideação Suicida , Pesquisa , Comportamento , Brasil , Adolescente , Educação Superior , Adulto Jovem
20.
Rev. urug. enferm ; 14(2): 34-43, dic 2019.
Artigo em Português | LILACS (Américas), BDENF | ID: biblio-1051426

RESUMO

Este estudio analizó el perfil epidemiológico de la sífilis congénita en el estado de Bahía, Brasil, de 2007 a 2017. Esta es una investigación epidemiológica descriptiva con un enfoque cuantitativo. La recopilación de datos se realizó en septiembre de 2018 en el Sistema de Información y Notificación, disponible en el Departamento de Informática del Sistema Único de Salud de Brasil. Los datos se tabularon usando el software Microsoft Office Excel y Microsoft Office Word, y luego se analizaron usando estadísticas descriptivas usando cálculos de frecuencia absoluta y relativa. La sífilis congénita fue significativa en el estado de Bahía, con la notificación de 8,917 casos, con la región oriental 57.3% (n = 5,111) de los casos. Hubo un comportamiento creciente de casos entre 2010 y 2016, con una disminución en 2017. Con respecto al perfil de los casos, se encontró que 48.4% (n = 4,314) eran mujeres, 67.3% (n = 6,602 ) no blancos, 83.4% (n = 7,433) residentes urbanos y 93.6% (8,349) diagnosticados al sexto día de vida. Con respecto a las características maternas, el 35,2% (n = 3.134) declaró que la escuela primaria estaba incompleta, el 71,3% (n = 6.352) tenía atención prenatal y el 47,9% (n = 4.265) de las parejas no recibió tratamiento. . Se puede concluir que la sífilis congénita es un problema de salud pública en el estado de Bahía, que requiere que los gerentes y otros profesionales de la salud implementen acciones dirigidas a la prevención y el control de los casos.


This study analyzed the epidemiological profile of Congenital Syphilis in the State of Bahia, Brazil, from 2007 to 2017. This is a descriptive epidemiological investigation with a quantitative approach. Data collection was performed in September 2018 in the Information and Notification System, available from the Department of Informatics of the Brazilian Unifi ed Health System. Data were tabulated using Microsoft Office Excel and Microsoft Office Word software, and were then analyzed using descriptive statistics using absolute and relative frequency calculations. Congenital syphilis was significant in the state of Bahia, with the notification of 8,917 cases, with the eastern region 57.3% (n = 5,111) of the cases. There was an increasing behavior of cases between 2010 and 2016, with decline in 2017. Regarding the profile of the cases it was found that 48.4% (n = 4,314) were female, 67.3% (n = 6,602) non-white, 83.4% (n = 7,433) urban residents and 93.6% (8,349) diagnosed by the 6th day of life. Regarding maternal characteristics, 35.2% (n = 3,134) declared elementary school incomplete, 71.3% (n = 6,352) underwent prenatal care and 47.9% (n = 4,265) of partners did not receive treatment. It can be concluded that congenital syphilis is a public health problem in the state of Bahia, which requires managers and other health professionals to implement actions aimed at preventing and controlling cases.


Este estudo analisou o perfil epidemiológico da Sífilis Congênita no estado da Bahia, Brasil, no período de 2007 a 2017. Trata-se de uma investigação epidemiológica descritiva com abordagem quantitativa. A coleta de dados foi realizada em setembro de 2018 no Sistema de Informações e Agravos de Notificações, disponibilizado pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde do Brasil. Os dados foram tabulados no programa Microsoft Office Excel e Microsoft Office Word, e em seguida, foram analisados por meio da estatística descritiva, utilizando-se de cálculos de frequência absoluta e relativa. A Sífilis Congênita mostrou-se expressiva no estado da Bahia, com a notifi cação de 8.917 casos, tendo a região Leste 57,3% (n=5.111) dos casos. Houve um comportamento crescente de casos entre 2010 e 2016, com declínio no ano de 2017. Em relação ao perfil dos casos identificou-se que 48,4% (n=4.314) foram do sexo feminino, 67,3% (n=6.602) não brancos, 83,4% (n= 7.433) residentes de zona urbana e 93,6% (8.349) com diagnóstico até o 6º dia de vida. No que se refere às características maternas, 35,2% (n=3.134) declararam ensino fundamental incompleto, 71,3% (n=6.352) realizaram pré-natal e 47,9% (n=4.265) dos parceiros não realizaram tratamento. Conclui-se que a Sífilis Congênita consiste em um problema de Saúde Pública no estado da Bahia, o que exige por parte dos gestores e demais profissionais da área de saúde, a implementação de ações voltadas para a prevenção e controle dos casos.


Assuntos
Humanos , Cuidado Pré-Natal , Sífilis Congênita , Perfil de Saúde , Brasil , Fatores Epidemiológicos , Saúde Pública , Epidemiologia Descritiva , Interpretação Estatística de Dados , Estatísticas Sanitárias
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA