Your browser doesn't support javascript.
loading
Fadiga, esforço e desconforto vocal em professores após atividade letiva / Fatigue, effort and vocal discomfort in teachers after teaching activity
Porto, Vanessa Fernandes de Almeida; Bezerra, Thamires Teles; Zambon, Fabiana; Behlau, Mara.
  • Porto, Vanessa Fernandes de Almeida; Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas. Maceió. BR
  • Bezerra, Thamires Teles; Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas. Maceió. BR
  • Zambon, Fabiana; Centro de Estudos da Voz. São Paulo. BR
  • Behlau, Mara; Centro de Estudos da Voz. São Paulo. BR
CoDAS ; 33(4): e20200067, 2021. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1286108
Responsible library: BR1.1
RESUMO
RESUMO Objetivo Investigar a fadiga vocal e sua relação com a sensação de esforço fonatório e desconforto no trato vocal de professores após uma semana de atividade letiva. Método Estudo transversal, quantitativo, participando 40 professores com queixas de fadiga vocal. Procedimentos realizados no começo e final da semana, antes do início das aulas Índice de Fadiga Vocal-IFV, Escala Borg, Escala de Desconforto do Trato Vocal-EDTV e registro de voz para análise perceptivo-auditiva. Resultados Não houve mudanças no esforço fonatório e na frequência e intensidade do desconforto no trato vocal. Em relação ao IFV, nos domínios fadiga e limitação vocal e desconforto físico associado à voz, os professores iniciaram e terminaram a semana com valores compatíveis aos dos disfônicos. No domínio restrição vocal iniciaram a semana com valores compatíveis aos dos indivíduos vocalmente saudáveis e no final da semana tiveram escores compatíveis aos dos disfônicos. Na recuperação com repouso vocal os valores pré e pós foram abaixo da nota de corte, significando menor recuperação vocal. Quanto maior é a sensação de fadiga vocal, maior é a percepção de esforço fonatório; mais frequente é a sensação de aperto, secura, garganta dolorida, sensível e irritada, e mais intensas as sensações de desconforto no trato vocal aperto, secura, coceira, garganta sensível e irritada. Conclusão Professores percebem aumento de fadiga vocal, sem mudanças no esforço fonatório e desconforto de trato vocal após uma semana de aula. Quanto maior é a percepção de fadiga vocal, maior é a sensação de esforço e desconforto fonatório.
ABSTRACT
ABSTRACT Purpose Investigate vocal fatigue and its relationship with the sensation of phonatory effort and discomfort in the vocal tract of teachers after a week of activity. Methods Cross-sectional, quantitative study, involving 40 teachers with complaints of vocal fatigue. Procedures performed at the beginning and end of the week, before the classes start were Vocal Fatigue Index, Borg Scale, Vocal Tract Discomfort Scale, and voice recording for perceptual analysis. Results There were no changes in phonatory effort and in frequency and intensity of discomfort in vocal tract. In relation to the VFI, in the domains of fatigue and vocal limitation and physical discomfort associated with the voice, teachers started and ended the week with values compatible with dysphonia. In the vocal restriction domain, they started the week with values compatible with vocal healthy individuals and at the end of the week they had scores compatible with dysphonia. In recovery with vocal rest, the pre and post values were below the cut-off score, meaning less vocal recovery. The greater the sensation of vocal fatigue, the greater the perception of phonatory effort; more frequent is the sensation of tightness, dryness, sore, sensitive and irritated throat and more intense the sensations of discomfort in the vocal tract tightness, dryness, itching, sensitive and irritated throat. Conclusion Teachers perceive an increase in vocal fatigue, without changes in phonatory effort and vocal tract discomfort after one week of class. The greater the perception of vocal fatigue, the greater the sensation of effort and phonatory discomfort.
Subject(s)


Full text: Available Index: LILACS (Americas) Main subject: Voice / Voice Disorders / Dysphonia / Occupational Diseases Type of study: Prevalence study / Risk factors Limits: Humans Language: Portuguese Journal: CoDAS Journal subject: Audiology / Speech-Language Pathology Year: 2021 Type: Article Affiliation country: Brazil Institution/Affiliation country: Centro de Estudos da Voz/BR / Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas/BR

Similar

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Full text: Available Index: LILACS (Americas) Main subject: Voice / Voice Disorders / Dysphonia / Occupational Diseases Type of study: Prevalence study / Risk factors Limits: Humans Language: Portuguese Journal: CoDAS Journal subject: Audiology / Speech-Language Pathology Year: 2021 Type: Article Affiliation country: Brazil Institution/Affiliation country: Centro de Estudos da Voz/BR / Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas/BR