Your browser doesn't support javascript.
Atividades físicas de lazer e transtornos mentais comuns em jovens de Feira de Santana, Bahia / Leisure physical activities and common mental disorders among young people in Feira de Santana, Bahia, Brazil
Rev. psiquiatr. Rio Gd. Sul ; 33(2): 98-102, 2011. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: lil-599958
Responsible library: BR1.1
RESUMO

INTRODUÇÃO:

Os transtornos mentais comuns (TMC) são transtornos comumente encontrados na população e resultam do estilo de vida moderno. As atividades físicas de lazer podem diminuir as tensões, evitando esses transtornos.

OBJETIVO:

Estimar a prevalência de TMCs em jovens que participam ou não de atividades físicas de lazer em Feira de Santana (BA).

MÉTODOS:

Estudo epidemiológico, de corte transversal, incluindo 3.597 indivíduos, entre os quais 1.400 jovens com idade entre 15 e 29 anos, residentes na zona urbana de Feira de Santana. As atividades físicas de lazer foram avaliadas por meio de um questionário estruturado que abordou frequência, tipo, motivo e esforço envolvido em cada atividade. O Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20) foi utilizado para avaliar os TMCs.

RESULTADOS:

A prevalência de TMC foi de 19,2 por cento entre os adolescentes-jovens (15-17 anos), 26,6 por cento entre os jovens-jovens (18-24 anos) e 27,8 por cento entre os jovens-adultos (25-29 anos). Quanto à avaliação das atividades de lazer, 89,9 por cento disseram que mantinham algum tipo de atividade, porém percebeu-se uma diminuição da prática de atividades físicas de lazer com o avançar da idade. Ao analisar a relação entre atividades físicas de lazer e TMC, foi verificada associação negativa (razão de prevalência 0,59, intervalo de confiança de 95 por cento 0,51-0,67).

CONCLUSÃO:

Nos programas de atenção a saúde devem ser incluídas ações que favoreçam a prática de atividades físicas de lazer, tendo em vista a contribuição do comportamento ativo na melhoria da saúde mental.
ABSTRACT

INTRODUCTION:

Common mental disorders (CMD) are disorders commonly found in the population. They are a consequence of modern lifestyle. Leisure physical activities can reduce tension and therefore help prevent CMDs.

OBJECTIVE:

To estimate the prevalence of CMDs among youths who engage and those who do not engage in leisure physical activities in Feira de Santana (BA), Brazil.

METHODS:

A cross-sectional, epidemiological study was conducted with 3,597 individuals, including 1,400 young people aged 15-29 years, living in the urban area of Feira de Santana. Leisure physical activities were assessed using a structured questionnaire covering the frequency, type, reason and effort involved in each activity. The Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20) was used to assess CMDs.

RESULTS:

The prevalence of CMD was 19.2 percent among adolescents (15-17 years old), 26.6 percent among youths (18-24 years), and 27.8 percent among young adults (25-29 years). In the assessment of leisure activities, 89.9 percent of the youths reported to regularly engage in some kind of activity; however, engagement in leisure physical activities was observed to reduce with age. A negative association was found between leisure physical activities and CMD (prevalence ratio 0.59, 95 percent confidence interval 0.51-0.67).

CONCLUSION:

Healthcare programs should include actions that encourage leisure physical activities, in view of the contribution of active behavior toward improving mental health.

Similar

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Full text: Available Index: LILACS (Americas) Type of study: Prevalence_studies Country/Region as subject: South America / Brazil Language: Portuguese Journal: Rev. psiquiatr. Rio Gd. Sul Journal subject: Psychiatry Year: 2011 Type: Article Affiliation country: Brazil Institution/Affiliation country: Universidade Estadual de Feira de Santana/BR / Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia/BR / Universidade Federal do Recôncavo Baiano/BR