Your browser doesn't support javascript.
Fatores associados à atividade física insuficiente no lazer entre idosos / Factors associated with physical activity inleisure fail between elderly
Rev. bras. med. esporte ; 19(3): 191-195, maio-jun. 2013. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: lil-683311
Responsible library: BR1.1
RESUMO

INTRODUÇÃO:

As modificações estruturais e funcionais observa-das no envelhecimento, associadas ao sedentaris-mo, aceleram o declínio da capacidade funcional.

OBJETIVO:

Analisar os fatores associados à atividade física insuficiente no lazer entre idosos.

MÉTODOS:

Estudo transversal com amostra constituída de 562 indivíduos residentes no município de Feira de Santana, BA, 69,6% do sexo feminino e 30,4% do sexo masculino com média de idade de 68,93 ± 7,05 anos. Foi utilizado um formulário contendo informações sociodemográficas, doenças referidas e participação em atividades físicas no lazer. A participação em atividade física no lazer foi avaliada segundo autopercepção do tipo e da intensidade da atividade (leve moderada ou pesada). Para análise estatística, foi utilizada a técnica de regressão logística, com o cálculo das razões de prevalência, intervalo de confiança (95%) e nível de significância p≤0,05.

RESULTADOS:

Entre os indivíduos estudados, apenas 18,3% foram classificados como ativos no lazer. A população investigada apresenta uma elevada frequência de indivíduos inativos no lazer, principalmente entre as pessoas de baixa renda e entre aqueles com idades mais avançadas.

CONCLUSÃO:

Estes achados fomentam a discussão sobre a necessidade de implementação de políticas públicas de saúde e a criação de espaços de prática do lazer ativo destinados a população idosa no âmbito do SUS.
ABSTRACT

INTRODUCTION:

The structural and functional alterations seen in aging, associated with a sedentary lifestyle, accelarate the decline of functional ability.

OBJECTIVE:

The purpose of this study was to analyze the factors associated with insufficient physical activity during leisure time among older adults.

METHOD:

Cross sectional sample consisting of 562 individuals living in the city of Feira de Santana, 69.6% female and 30.4% male with a mean age of 68.93 ± 7.05 years. We used a questionnaire containing sociodemographic information, such diseases and participation in physical activity during leisure time. Participation in leisure physical activity was assessed by self-perception of the type and intensity of activity (mild moderate or heavy). For statistical analysis we used logistic regression, calculating the prevalence ratios, confidence intervals (95%) and significance level p ≤ 0.05.

RESULTS:

Among the subjects studied, only 18.3% were classified as active during leisure time. The investigated population has a high frequency of individuals inactive during leisure time, especially among low-income people and those with older ages.

CONCLUSION:

These findings encourage discussion of the need to implement public health policies and the creation of spaces for the practice of leisure activities for the elderly in the NHS.

Similar

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Full text: Available Index: LILACS (Americas) Type of study: Prevalence_studies Language: Portuguese Journal: Rev. bras. med. esporte Journal subject: Sports Medicine Year: 2013 Type: Article Affiliation country: Brazil Institution/Affiliation country: Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia/BR