Your browser doesn't support javascript.
loading
Treinamento aeróbio previne alterações na vasodilatação dependente do endotélio em ratos diabéticos / Aerobic training prevents changes in endothelium-dependent vasodilation of diabetic rats
Mota, Marcelo Mendonça; Silva, Tharciano Luiz Teixeira Braga da; Barreto, André Sales; Fontes, Milene Tavares; Oliveira, Antonio Cesar Cabral de; Santos, Márcio Roberto Viana dos.
  • Mota, Marcelo Mendonça; Universidade Federal de Sergipe. Núcleo de Pós-Graduação em Medicina. Aracaju. BR
  • Silva, Tharciano Luiz Teixeira Braga da; Universidade Federal de Sergipe. Núcleo de Pós-Graduação em Medicina. Aracaju. BR
  • Barreto, André Sales; Universidade Federal de Sergipe. Núcleo de Pós-Graduação em Medicina. Aracaju. BR
  • Fontes, Milene Tavares; Universidade Federal de Sergipe. Núcleo de Pós-Graduação em Medicina. Aracaju. BR
  • Oliveira, Antonio Cesar Cabral de; Universidade Federal de Sergipe. Núcleo de Pós-Graduação em Medicina. Aracaju. BR
  • Santos, Márcio Roberto Viana dos; Universidade Federal de Sergipe. Núcleo de Pós-Graduação em Medicina. Aracaju. BR
Rev. educ. fis ; 24(3): 423-432, jul.-set. 2013. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-711176
Responsible library: BR1.1
RESUMO
O objetivo do presente estudo é verificar os efeitos do treinamento aeróbio sobre a reatividade vascular em artéria mesentérica de ratos diabéticos. Ratos Wistar foram divididos em três grupos controle sedentário (CS), diabético sedentário (DS) e diabético treinado (DT). Alterações na reatividade vascular foram avaliadas após a última sessão de treinamento, por meio da obtenção de curvas concentração-resposta. Os testes t de Student ou análise de variância (ANOVA) de duas-vias, seguida do pós-teste de Bonferroni, foram realizados para avaliar a significância das diferenças entre as médias. Foi observada uma redução dos relaxamentos induzidos por acetilcolina no grupo DS (79,7 ± 3,0 %), quando comparado ao CS (98,8 ± 3,0) e uma manutenção dos valores normais no grupo DT (100,1 ± 5,3 %). Os resultados sugerem que o treinamento aeróbio é capaz de proporcionar efeitos benéficos na função vascular de ratos diabéticos.
ABSTRACT
The aim of this study was to investigate the effects of aerobic training on the vascular reactivity in the mesenteric artery from diabetic rats. Wistar rats were divided into three groups sedentary control (SC), sedentary diabetic (SD) and trained diabetic (TD). Changes in vascular reactivity were assessed after the last training session by obtaining concentration-response curves. Student's t-test or two-way analysis of variance (ANOVA) followed by the Bonferroni post-test were performed to evaluate the significance of differences between means. A reduction was observed in the relaxation induced by acetylcholine in the SD group (79.7 ± 3.0%) compared to SC (98.8 ± 3.0%), and maintenance of normal values ​​in the TD group (100.1 ± 5.3%). The results suggest that exercise training can have beneficial effects on vascular function in diabetic rats.


Full text: Available Index: LILACS (Americas) Language: Portuguese Journal: Rev. educ. fis Journal subject: Sports Medicine Year: 2013 Type: Article Affiliation country: Brazil Institution/Affiliation country: Universidade Federal de Sergipe/BR

Similar

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Full text: Available Index: LILACS (Americas) Language: Portuguese Journal: Rev. educ. fis Journal subject: Sports Medicine Year: 2013 Type: Article Affiliation country: Brazil Institution/Affiliation country: Universidade Federal de Sergipe/BR