Your browser doesn't support javascript.
I Jogos mundiais dos povos indígenas: análise a partir do modelo dos múltiplos fluxos / First world indigenous games: analyses from the multiple streams framework
Licere (Online) ; 22(2): 500-523, junho.2019. ilus
Artigo em Português | LILACS (Américas) | ID: biblio-1022283
Biblioteca responsável: BR21.1
RESUMO
O estudo analisa a primeira edição dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas (JMPI), realizados em 2015, no Brasil, a partir de como procederam as discussões e as formulações das políticas voltadas a esse evento esportivo. De cunho qualitativo, o estudo utilizou do modelo de análise dos Múltiplos Fluxos que verifica os fatores que influenciam na formulação da agenda política, por meio da análise documental das leis e decretos nacionais que dispõem sobre o esporte voltado aos povos indígenas, bem como relatórios emitidos pelo Ministério do Esporte do Brasil, em parceria com a UNESCO. Os resultados apontam para a incorporação dos JMPI à agenda política a partir da convergência entre o fluxo de problemas, desenhado a partir da ausência de políticas públicas voltadas às demandas indígenas, da falta de valorização e de divulgação da cultura indigenista e do feedback dos Jogos dos Povos Indígenas Brasileiros; o fluxo das políticas, instaurado por meio de documentos internacionais publicados em defesa da cultura indígena e dos jogos tradicionais de diferentes povos; e, o fluxo da política, por meio das representações do Ministério do Esporte Brasileiro, do Comitê Intertribal e as lideranças estrangeiras, culminando na abertura da janela de oportunidade para a organização do evento esportivo.
ABSTRACT
The study examines the first edition of the World Indigenous Games, held in Brazil in 2015, based on how the discussions and formulations of the policies related to this sporting event proceeded. In a qualitative way, the study used the Multiple Streams framework, which verifies the factors that influence the formulation of the political agenda, through a documental analysis of national laws and decrees that regulate the sport focused on indigenous peoples, as well as reports issued by the Ministry of Sports (Brazil), in partnership with UNESCO. The results point to the incorporation of the World Indigenous Games into the political agenda based on the convergence between the problem stream, drawn from the absence of public policies focused on indigenous demands, lack of appreciation and dissemination of indigenous culture and feedback from the Brazilian Indigenous Games; the policy stream, established through international documents published in defense of indigenous culture and traditional games of different peoples; and the political stream, through the representations of the Brazilian Ministry of Sports, the Intertribal Committee and the foreign leadership, culminating in the opening of the "launch window" for the organization of the sporting event.
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: DisponíveL Índice: LILACS (Américas) Assunto principal: Formulação de Políticas / Política Pública / Esportes / Grupos Populacionais / Cultura Indígena / Transculturação / Direitos Humanos Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Licere (Online) Assunto da revista: Educação Física Ano de publicação: 2019 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual de Maringá/BR / Universidade Federal de Mato Grosso - Campus Universitário do Araguaia/BR