Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 4 de 4
Filter
Add filters

Type of study
Document Type
Year range
1.
Hematology, Transfusion and Cell Therapy ; 42:536-536, 2020.
Article in Spanish | PMC | ID: covidwho-1385640

ABSTRACT

Objetivo: O presente estudo buscou analisar a suscetibilidade pela infecção por SARS-CoV-2 entre a tipagem sanguínea com base em estudos publicados. Introdução: O SARS-CoV-2 é um vírus pertencente à família dos Coronaviridae, tendo o RNA como seu material genético, que leva ao desenvolvimento da doença COVID-19. O novo coronavírus foi detectado pela primeira vez em dezembro de 2019 na cidade de Wuhan, China, tornando-se uma pandemia acometendo até agosto de 2020, 215 países. Neste sentido, a busca por entender os mecanismos e/ou suscetibilidade frente a infecção por este vírus, se tornou prioridade entre os pesquisadores do mundo, sugerindo então uma correlação entre o sistema ABO frente a infecção por SARS-CoV-2. Metodologia: Foi realizada uma revisão da literatura com base em artigos indexados nas plataformas: Pubmed e medRxiv, no ano de 2020. Ao final da aplicação dos critérios de exclusão para seleção dos artigos, foram selecionados 17 estudos. Resultados e discussões: Mesmo com a escassez de estudos, o que é justificável por se tratar de um novo vírus, as pesquisas apontam que o tipo A é o mais susceptível e o grupo O menos susceptível, todavia, a gravidade quanto ao risco de óbito está associado ao tipo AB. Até o presente momento não se sabe ao certo o porquê o SARS-CoV-2 é menos susceptível ao grupo O. Hipotetiza-se que o anti-A desse grupo é capaz de interferir na ligação entre a proteína Spike com o receptor da enzima conversora angiotensina 2 (ACE2), mecanismo este visto na infecção por SARS-CoV-1. Outro fato que pode ser considerado é em relação a neutralização que os anticorpos anti-A e/ou anti-B podem exercer em infecções virais semelhantemente visto nas infecções por HIV, que poderia neutralizar também o SARS-CoV-2. Conclusão: Em suma, nota-se que o tipo sanguíneo O apresenta uma menor suscetibilidade diante a infecção pelo novo coronavírus, porém, não há nenhum estudo que elucide de qual forma o SARS-CoV-2 se porta diante o grupo ABO, fazendo então a necessidade de pesquisas para esclarecer este processo.

3.
Hematology, Transfusion and Cell Therapy ; 42:525, 2020.
Article in Portuguese | ScienceDirect | ID: covidwho-893849
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL