Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 84
Filter
1.
Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc ; 30(3): 46-53, 18-jul-2022. graf
Article in Spanish | LILACS, BDENF | ID: biblio-1379490

ABSTRACT

Introducción: los procesos de evaluación educativa constituyen un elemento indispensable no solo para conocer la perspectiva del alumno hacia su educación sino también para el diseño de estrategias que mejoren la experiencia de los alumnos en el aula. A partir de la pandemia de COVID-19, la mayoría de los sistemas educativos en México pasaron a la educación en línea. La Escuela de Enfermería en Tijuana del Instituto Mexicano del Seguro Social (IMSS) aplicó esta misma estrategia, por lo que es necesario evaluar metodológicamente la satisfacción de los alumnos ante esta modalidad educativa. Objetivo: evaluar la satisfacción respecto a la educación en línea de una muestra de alumnos de enfermería ante la contingencia de COVID-19. Metodología: estudio cuantitativo, descriptivo transversal, con una muestra de 285 alumnos de la Escuela de Enfermería IMSS-UABC Tijuana. Se aplicó el Cuestionario de satisfacción de alumnos universitarios hacia la formación online, además de un cuestionario breve sobre tecnologías de la información y la comunicación. Resultados: de manera general los resultados fueron positivos en cuanto a satisfacción, con una media de 3.10, y hubo una mayor satisfacción en segundo y sexto semestre; la dimensión con mayor satisfacción fue la de profesor-tutor. Conclusiones: la satisfacción percibida por parte de los alumnos fue adecuada; sin embargo, factores como el no contar con dispositivos de acceso a internet pueden influir en la satisfacción percibida de la educación en línea.


Introduction: The educational evaluation processes constitute an essential element not only to know the perspective of the student towards his education but also is a basic tool for the design of strategies that improve the experience of the students in the classroom. From the start of COVID-19 pandemic onwards, most of the educational systems in Mexico switched to distance education. The Mexican Institute for Social Security's (IMSS, according to its initials in Spanish) Nursing School in Tijuana carried out this same strategy, which is why it was necessary to evaluate the satisfaction of the students in a methodological way in the presence of this new educational modality. Objective: To evaluate the satisfaction concerning online education of a sample of nursing students in the face of the COVID-19 contingency. Methodology: Quantitative, descriptive cross-sectional study, with a sample of 285 students from the IMSS-UABC Tijuana nursing school. The instrument called Satisfaction questionnaire of university students towards online training was administered, in addition to a brief questionnaire on technologies of information and communication. Results: In general, the results were reported as positive with regards to satisfaction with an average of 3.10, finding greater satisfaction in the second and sixth semesters. The teacher-tutor dimension was the one with the highest satisfaction. Conclusions: The satisfaction perceived by the students was appropriate; however, factors such as not having devices to access internet can influence the perceived satisfaction of online education.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Young Adult , Students, Nursing , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Education, Distance , Education, Nursing/methods , Schools, Nursing/trends , Cross-Sectional Studies , Surveys and Questionnaires , Information Technology/trends
3.
Rev. salud pública ; 21(3): e167280, mayo-jun. 2019. tab, graf
Article in Spanish, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1094403

ABSTRACT

RESUMEN Objetivo Identificar la prevalencia de consumo de sustancias estimulantes en la población estudiantil de la Universidad Latina de Costa Rica, sede San Pedro, y algunos factores asociados a estos hábitos. Materiales y Métodos La investigación es un estudio transversal de tipo observacional y analítico en la Universidad Latina de Costa Rica Sede San Pedro. Donde se utilizó como instrumento de recolección de información encuestas dirigidas a estudiantes de las diferentes carreras universitarias. El análisis estadístico se realizó con el software SPSS 19. Resultados La edad promedio de los estudiantes universitarios es de 20,6 años y las sustancias estimulantes de mayor consumo por parte de estos son las bebidas gaseosas y el café. Existe una diferencia significativa entre el consumo productos que contienen nicotina entre hombre y mujeres. Más del 50% de la población universitaria encuestada pertenece a carreras del área de ciencias de la salud. Conclusiones El sexo, el estado civil, el estado laboral, el nivel académico, la facultad en la que se estudia y la provincia de residencia, no son factores que influyan de en el consumo de sustancias estimulantes dentro de la población universitaria de la Universidad Latina de Costa Rica, siendo la única excepción el consumo de nicotina y su relación con el sexo del sujeto.


ABSTRACT Objective To identify the prevalence of stimulant use among the student population at the Universidad Latina de Costa Rica, San Pedro Campus, and some factors associated with these habits. Materials and Methods This is an analytical observational cross-sectional study conducted at the Universidad Latina de Costa Rica, San Pedro Campus. Surveys aimed at students of the different university careers were used as an instrument to collect information. The statistical analysis was carried out with SPSS 19 software. Results The average age of university students was 20.6 years, and the most commonly used stimulants were soft drinks and coffee. There is a significant difference among men and women regarding the consumption of nicotine-containing products. More than 50% of the university population surveyed was enrolled in Health Sciences programs. Conclusions Sex, marital status, work status, academic level, the faculty in which the students are enrolled, and the province of residence are not factors that influence the use of stimulants by the university population of the Universidad Latina de Costa Rica. The only exception was nicotine consumption and its relationship to the sex of the individual.


RESUMO: Objetivo Identificar a prevalência do consumo de substâncias estimulantes na população estudantil da Universidade Latina da Costa Rica, campus de San Pedro, e alguns fatores associados a esses hábitos. Materiais e métodos A pesquisa é um estudo transversal observacional e analítico da Universidade Latina da Costa Rica, campus de San Pedro. Onde pesquisas destinadas a estudantes de diferentes carreiras universitárias foram usadas como um instrumento para coletar informações. A análise estatística foi realizada com o software SPSS 19. Resultados A idade média dos estudantes universitários é de 20,6 anos e as substâncias estimulantes mais consumidas por eles são refrigerantes e café. Existe uma diferença significativa entre o consumo de produtos que contêm nicotina entre homens e mulheres. Mais de 50% da população universitária pesquisada pertence a carreiras na área das ciências da saúde. Conclusões Sexo, estado civil, emprego, nível acadêmico, escola em que é estudado e província de residência não são fatores que influenciam o consumo de substâncias estimulantes na população universitária da Universidade Latina de Costa Rica, a única exceção é o consumo de nicotina e sua relação com o sexo do sujeito.(AU)


Subject(s)
Humans , Health Profile , Caffeine/administration & dosage , Carbonated Beverages , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Nicotine/administration & dosage , Students/statistics & numerical data , Prevalence , Cross-Sectional Studies , Observational Study
4.
Hig. aliment ; 33(288/289): 380-384, abr.-maio 2019. tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1481960

ABSTRACT

Este estudo visou avaliar o grau de satisfação dos usuários com relação aos aspectos de higiene e material oferecidos por um serviço de alimentação coletiva, para tanto foi utilizado um questionário autoaplicado, com escala hedônica de sete pontos. Foram realizadas análises estatísticas como: média, desvio padrão, percentual e teste de Qui-Quadrado. Duas empresas foram avaliadas, pelos usuários, na prestação de Serviço de Alimentação. Para empresa A notou-se que dos sete itens usados para avaliar o tópico “Higiene e Material” três (balcão de distribuição, higiene do manipulador e higiene do ambiente físico) foram avaliados de forma satisfatória, enquanto os demais itens: bandejas e talheres, mesas e cadeiras, pias para a lavagem das mãos e higiene dos usuários, os entrevistados indicaram indiferença, com os maiores desvios padrões observados no módulo. Para os entrevistados na empresa B em todos os itens foi indicada muita satisfação, com percentuais de aprovação acima de 80%.


Subject(s)
Humans , Collective Feeding , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Food Hygiene/statistics & numerical data , Cooking and Eating Utensils , Food Services
5.
Hig. aliment ; 33(288/289): 539-543, abr.-maio 2019. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1481992

ABSTRACT

Atualmente, indivíduos buscam uma alimentação mais saudável, destacando-se, os alimentos orgânicos. O objetivo desse trabalho foi avaliar o conhecimento de produtos orgânicos dos moradores do Estado do Rio de Janeiro. Foi utilizado um questionário estruturado com 14 perguntas; on-line. Foram entrevistadas 147 pessoas, sendo 108 do sexo feminino e 39 do sexo masculino. Sobre o conhecimento de orgânicos, 133 pessoas responderam conhecer e consumir. Em relação a vantagem de consumir produtos orgânicos, 109 das respostas afirmaram consumir por não conter substâncias químicas nocivas. O estudo observou que o uso excessivo de pesticidas na produção de alimentos é uma das grandes preocupações, e o custo dos produtos o principal entrave para a sua compra.


Subject(s)
Humans , Food, Organic , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Surveys and Questionnaires , Chemical Compounds , Diet, Healthy
6.
Hig. aliment ; 33(288/289): 544-548, abr.-maio 2019. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1481993

ABSTRACT

Barras de cereais são uma opção de lanche rápido e saudável que podem contribuir para alimentação saudável. Esse trabalho teve como objetivo o desenvolvimento e avaliação sensorial de barras de cereais com alto teor de fibras. Foi desenvolvida barra de cereal, utilizando diferentes fontes de fibras (aveia, granola, Pysillium husk, semente de chia, linhaça dourada). Foi elaborada a tabela nutricional obrigatória e análise sensorial para avaliação da sua aceitação. A barra de cereal apresentou 3,3 g de fibras, o equivalente a 13,2% do valor diário recomendado. Esse teor é satisfatório quando comparado aos produtos convencionais disponíveis no mercado. A barrinha apresentou boa aceitação sensorial para todos os atributos avaliados, sendo, no entanto, necessário, melhorar o atributo textura, que obteve menores escores.


Subject(s)
Humans , Functional Food , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Dietary Fiber , Nutritive Value , Edible Grain , Snacks
7.
Hig. aliment ; 33(288/289): 589-593, abr.-maio 2019. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482002

ABSTRACT

O objetivo deste trabalho foi elaborar um biscoito funcional a base de melão com adição de amendoim. Para elaboração dos biscoitos inicialmente os ingredientes foram pesados, homogeneizados, modelados e a massa foi assada a 180 °C por 15 minutos. Logo após, foram resfriados à temperatura ambiente e submetidos à avaliação sensorial realizada na Universidade do Estado do Pará, campus VIII. Os resultados mostraram que o atributo aroma apresentou o maior índice de aceitabilidade com 82,5%, seguido por impressão global 80,6%, sabor com 78,9%, cor 71,4% e textura com 70,3% e que 47,5% dos provadores descreveram que certamente comprariam o biscoito. Conclui-se que é uma excelente alternativa para o mercado mundial por ser um produto palatável e que tem propriedades funcionais com elevado valor nutritivos que contribuem para a saúde humana.


Subject(s)
Humans , Arachis , Cookies , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Cucumis melo , Functional Food
8.
Hig. aliment ; 33(288/289): 594-598, abr.-maio 2019. ilus
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482003

ABSTRACT

O objetivo desse trabalho foi desenvolver uma formulação de iogurte líquido sabor açaí enriquecido com albumina e avaliar sua aceitação por meio da análise sensorial. O açaí caracteriza o produto com alto valor energético e a albumina como elevada concentração de proteínas e digestibilidade. A formulação foi definida e submetida ao teste de aceitação sensorial e ao teste de intenção de compra realizado por 81 julgadores não treinados. O iogurte obteve boa aceitação em todos os atributos avaliados, sendo que a aparência apresentou maior aceitação e a textura menor percentual em relação aos outros atributos. Conclui-se que o produto poderia ser comercializado, levando a acreditar que o desenvolvimento e aprimoramento deste novo produto seria uma boa alternativa a ser estudada por ser prático, além do sabor similar ao iogurte tradicional.


Subject(s)
Humans , Albumins , Food, Fortified , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Euterpe , Yogurt , Food, Formulated
9.
Hig. aliment ; 33(288/289): 599-603, abr.-maio 2019. tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482004

ABSTRACT

O Brasil é um dos maiores produtores de alimentos do mundo, mas há um desperdício desde a colheita até os centros de distribuição e durante o preparo. Os frutos adquiridos no fim da feira foram levados ao laboratório para higienização, despolpamento, as cacas foram secas, trituradas e peneiradas para obtenção da farinha e esta utilizadas na formulação dos cookies em diferentes concentrações. Os mesmos foram submetidos a análises físico-químicas, microbiológicas e sensoriais. Os resultados obtidos, pH variou 10,32 – 8,47, °brix 3,0. A aceitabilidade sensorial as formulações de 40% e 60% foram os mais aceitos pelos provadores. De acordo com os aspectos analisados o reaproveitamento da casca da manga na forma de farinha é viável, quanto à aceitabilidade do produto, além de agregar valor nutricional, aroma e o sabor natural do fruto.


Subject(s)
Humans , Food, Fortified/microbiology , Whole Utilization of Foods , Cookies , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Mangifera , 24454 , Chemical Phenomena
10.
Hig. aliment ; 33(288/289): 647-651, abr.-maio 2019. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482014

ABSTRACT

O aproveitamento de cascas tem se destacado na elaboração de novos produtos. Diante disto, o objetivo do trabalho foi produzir biscoitos enriquecidos com farinha da casca da pitaia e farinha de castanha de caju. Os ingredientes foram pesados, homogeneizados, modelados e a massa foi assada a 180 °C por 15 minutos, em que foram resfriados e submetidos à avaliação sensorial. O biscoito com farinha da casca da pitaia (M1) apresentou o maior índice de aceitabilidade para os atributos textura e aroma. Enquanto o biscoito com farinha da castanha de caju (M2) obteve maior aceitação para os atributos cor, sabor e impressão global. Conclui-se que a inclusão de farinha da casca de pitaia e farinha da castanha de caju são opções viáveis para produção de biscoitos, pois contribuem com as propriedades sensoriais e aceitabilidade dos produtos.


Subject(s)
Humans , Anacardium , Whole Utilization of Foods , Cookies , Cactaceae , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Food, Fortified
11.
Hig. aliment ; 33(288/289): 662-666, abr.-maio 2019. ilus
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482017

ABSTRACT

Foi desenvolvido no Laboratório de Desenvolvimento de Novos Produtos da Universidade Estadual de Feira de Santana um sorvete a base de aipim sem lactose saborizado com coco e maracujá, a Análise Sensorial foi realizada no Laboratório de Análise Sensorial de Alimentos (LASA) da mesma universidade, com 277 provadores não treinados. O objetivo deste trabalho foi analisar sensorialmente o sorvete à base de aipim sem lactose, principalmente para agregar valor comercial ao aipim criando um novo produto para servir de alternativa para os produtores e consumidores. De acordo com as análises dos resultados do teste realizado para os atributos, avaliação global e intenção de compra dos sorvetes os resultados obtidos foram de uma boa aceitação.


Subject(s)
Humans , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Manihot , Ice Cream , Cocos , Lactose Intolerance , Passiflora
12.
Hig. aliment ; 33(288/289): 667-670, abr.-maio 2019. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482018

ABSTRACT

Sorvete é uma sobremesa gelada à base de leite à qual é adicionada fruta ou outros ingredientes e sabores. O sorvete, a base de aipim sem lactose, foi desenvolvido visando um produto com alto valor nutricional, porque substitui a emulsão de gorduras e proteínas dos sorvetes tradicionais por uma base de aipim e o leite comum nos sorvetes foi substituído pelo leite sem lactose, sendo uma alternativa para consumidores intolerância à lactose. Preocupados com esse público alvo que possui esta restrição alimentar foi estudada de forma mais profunda uma receita saborosa, inovadora e sem presença da lactose, afinal, os intolerantes à lactose podem ter uma nova opção de sobremesa com maiores valores nutritivos do que os sorvetes convencionais. Dessa forma, foi realizada uma degustação com 52 pessoas e o sorvete foi aprovado sensorialmente para uma avaliação global e intenção de compra.


Subject(s)
Humans , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Manihot , Ice Cream , Lactose Intolerance
13.
Hig. aliment ; 33(288/289): 676-680, abr.-maio 2019. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482020

ABSTRACT

O inhame apresenta características funcionais e tecnológicas que o tornam útil na elaboração de produtos para grupos específicos, como os portadores de doença celíaca. O objetivo do presente foi estudar a farinha do inhame para a formulação de biscoito funcional isento de glúten. O mesmo foi elaborado a partir de uma receita sem glúten, com a utilização da farinha de inhame. Foi elaborada a ficha técnica e tabela nutricional. A análise microbiológica mostrou que os biscoitos estavam dentro dos padrões legais. A análise sensorial foi testada e aprovada nos quesitos de cor, aparência, textura e odor. A intenção de compra foi de 54%, devido ao sabor residual amargo. O resultado da avaliação global foi de 84%. O biscoito mostrou-se promissor, devendo ser trabalhado o aspecto sabor a fim de melhorar sua aceitabilidade e intenção de compra.


Subject(s)
Humans , Cookies , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Diet, Gluten-Free , Dioscorea , Functional Food , Food Composition
14.
Hig. aliment ; 33(288/289): 687-691, abr.-maio 2019. ilus
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482022

ABSTRACT

O objetivo deste estudo foi avaliar a aceitação sensorial de variedades de aipim e obter o perfil sensorial dessas raízes colhidas em diferentes tempos de colheita. O aipim da variedade Eucalipto, colhido aos nove meses, apresentou o maior índice de aceitação (75%) e caracterizou-se pela textura “macia”, “pegajosa” e “cremosa”. A variedade Eucalipto manteve a mesma aceitação sensorial nos dois tempos de colheita (74,55%). A variedade BRS Brasil elevou sua aceitação de 52,08%, aos nove meses, para 75,93% aos 12 meses, possivelmente por apresentar os atributos “textura macia”, “textura pegajosa” e “textura cremosa”. O aipim da variedade BRS Saracura também foi mais aceito quando colhido aos 12 meses (75,44%), fato que pode ter sido influenciado pela ausência dos atributos “textura farinhenta” e “textura fibrosa”. Concluiu-se que idade da raiz influencia na qualidade sensorial do aipim cozido e que características como “dura”, “fibrosa” e “farinhenta” levam a uma menor aceitação do aipim cozido.


Subject(s)
Humans , Consumer Behavior/statistics & numerical data , 24444 , Time Factors , Manihot , Perception
15.
Hig. aliment ; 33(288/289): 692-696, abr.-maio 2019. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482023

ABSTRACT

A disponibilidade de produtos que atendam os consumidores com necessidades especiais e aqueles que preferem uma alimentação diferenciada tornam-se necessária devido à demanda crescente. Diante disso, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a aceitação sensorial de achocolatados com e sem lactose. A análise foi conduzida com 60 julgadores não treinados. Para isso, foram utilizadas as escalas hedônica e do ideal. De acordo com os resultados obtidos, as bebidas lácteas sabor chocolate com e sem lactose, obtiveram boa aceitação sensorial, tendo todos os atributos avaliados localizados e na região de aceitação da escala hedônica, entre as categorias “gostei ligeiramente” e gostei muito”. Contudo, a bebida láctea com lactose teve maior aceitação quanto aos atributos sabor chocolate, doçura e sabor de leite.


Subject(s)
Humans , Beverages , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Lactose/administration & dosage , Dairy Products , Lactose Intolerance
16.
Hig. aliment ; 33(288/289): 697-701, abr.-maio 2019. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482024

ABSTRACT

O sódio está presente na maioria dos produtos industrializados, e seu consumo em excesso pode trazer riscos à saúde. Assim, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a aceitação sensorial de biscoito de polvilho convencional e light (com redução de 50% de sódio). Para isso, foi realizada análise sensorial com 60 julgadores não treinados através de escala hedônica e do ideal estruturadas de 9 pontos. De acordo com os resultados obtidos, as amostras de biscoitos de polvilho (convencional e light) obtiveram boa aceitação sensorial, uma vez que os resultados variaram na região de aceitação da escala hedônica entre as categorias “gostei ligeiramente” e “gostei muito”. Contudo, os biscoitos de polvilho convencionais tiveram maior aceitação em relação as amostras light quanto aos termos crocância e sabor salgado.


Subject(s)
Humans , Cookies , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Diet, Sodium-Restricted , Caloric Restriction , Starch and Fecula
17.
Hig. aliment ; 33(288/289): 702-706, abr.-maio 2019. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482025

ABSTRACT

A cerveja é uma bebida de ampla produção e consumo no mundo, conhecida desde os tempos remotos em diversos países. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a aceitação sensorial de cervejas de duas marcas comercializadas na cidade de Imperatriz - MA. A análise sensorial foi conduzida com 60 julgadores não treinados, consumidores de cervejas. Para isso, foram utilizadas as escalas hedônica, do ideal e de intenção de compra. Para os dados de escala hedônica, todos os atributos encontraram-se na região de aceitação da escala, se localizando entre as categorias “gostei ligeiramente” e gostei muitíssimo”. Contudo, a marca B foi mais aceita, em virtude da melhor aparência apresentada. A marca A teve menor aceitação da cor, resultante da menor intensidade desse atributo.


Subject(s)
Humans , Beer , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Registered Trademarks , Perception
18.
Hig. aliment ; 33(288/289): 707-710, abr.-maio 2019. graf, tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482026

ABSTRACT

O objetivo desse estudo foi avaliar a influência do ponto de colheita na qualidade sensorial e físico-química de abacaxi “FRF632”. Os frutos foram avaliados por 59 julgadores à cor, aroma, sabor, textura/firmeza, aceitação global e intenção de compra. Avaliou-se também a acidez titulável, o teor de sólidos solúveis e a relação sólidos solúveis/acidez titulável. Os consumidores gostaram dos frutos, com percentual de aprovação superior a 75% para todos os atributos. A doçura e a acidez dos frutos, nos estádios de maturação “amarelo” e “colorido”, foram consideradas ideias por um maior número de consumidores. Conclui-se que os consumidores preferiram consumir frutos colhidos nos estádios de maturação “colorido” e “amarelo”, pois os consideraram com melhor cor, sabor e aroma, doçura e acidez ideais, além de maior intenção de compra.


Subject(s)
Humans , Ananas/growth & development , Ananas/chemistry , Consumer Behavior/statistics & numerical data , 24444 , Time Factors , Chemical Phenomena , Fusarium , Perception
19.
Hig. aliment ; 33(288/289): 736-740, abr.-maio 2019. ilus
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482032

ABSTRACT

A industrialização trouxe consigo boas e más consequências. Com ela, o ritmo frenético devida associado ao modo de se alimentar, trouxe a necessidade de se estudar quais fatores determinam a decisão de compra de produtos industrializados. Este estudo tem como objetivo identificar os fatores que influenciam as mulheres na decisão de compra de alimentos para a sua casa. Trata-se de um estudo exploratório, descritivo e quantitativo, o qual utilizou dados secundários obtidos de um questionário semiestruturado, que contemplou renda familiar, nível de escolaridade e fatores determinantes na decisão de compra. Foi realizada avaliação do banco de dados no mês de outubro de 2018, em Fortaleza, Brasil, onde o projeto foi aprovado com o parecer do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade de Fortaleza, número 2.505.261. As participantes foram mulheres com idade mínima de dezoito anos, com pelo menos um filho entre um e doze anos e responsáveis pela compra de produtos alimentícios de suas casas. Participaram da pesquisa 101 mulheres. Os fatores que mais influenciaram as participantes foram qualidade, preço, sabor e valor nutritivo, sendo que as pessoas com maior renda e escolaridade priorizaram o valor nutritivo e a marca dos produtos, enquanto aqueles com menor escolaridade e renda priorizaram o preço e o sabor. Conclui-se que estratégias mais eficazes precisam ser estudadas para alertar aos consumidores quanto a compra de alimentos industrializados.


Subject(s)
Female , Humans , Industrialized Foods , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Food Preferences , Decision Making , Eating , Food Labeling
20.
Hig. aliment ; 33(288/289): 745-749, abr.-maio 2019. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482034

ABSTRACT

O consumo de condimentos é cada vez mais usual, principalmente no que diz respeito aos corantes naturais. O urucum faz parte desta categoria, porém poucos estudos são voltados a sua aceitabilidade e avaliação sensorial, com isso, objetivou-se avaliar marcas comerciais de coloríficos de urucum e o efeito da intensidade da cor e do aroma, e a aceitação dos atributos cor, aparência e aceitação global, além da atitude de compra e análise da embalagem. Foram analisadas 6 marcas comerciais por 63 julgadores consumidores de coloríficos. Os resultados demonstram que, houve variação das notas atribuídas pelos julgadores as marcas comerciais, e que a escolha dos julgadores é influenciada pelo tipo de embalagem utilizada no acondicionamento dos coloríficos.


Subject(s)
Humans , Bixaceae , Consumer Behavior/statistics & numerical data , Food Coloring Agents , Food Preferences , Food Packaging , Perception
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL